Os objetivos financeiros definem o propósito do seu dinheiro e ajudam você a realizar seus sonhos. Eles indicam onde você quer chegar, em quanto tempo e quanto vai custar cada realização, tornando qualquer meta possível na sua vida financeira.

Sem eles, fica difícil poupar e pensar no futuro, pois precisamos enxergar o amanhã para manter nosso foco em economizar dinheiro.

Neste artigo, vamos ajudar você a traçar seus objetivos financeiros e dar o destino certo ao seu dinheiro a partir dos seguintes tópicos:

Continue lendo e comece a se planejar agora mesmo.

O que são objetivos financeiros?

Objetivos financeiros são metas que envolvem o uso do dinheiro na sua vida, seja para comprar um bem material, investir em uma experiência ou alcançar um determinado patrimônio.

Por exemplo, se você pretende fazer uma viagem daqui a alguns meses, esse pode ser considerado um objetivo de curto prazo. Já a compra de um veículo daqui a 1 ano é uma meta de médio prazo, enquanto a conquista da independência financeira em 15 anos é um propósito de longo prazo.

Todos esses exemplos se encaixam no conceito de objetivos financeiros, que são formas de planejar efetivamente o que você quer alcançar com o seu dinheiro, em quanto tempo e de que forma.

Isso significa ir além do planejamento básico do seu orçamento pessoal, como decidir quanto gastar no supermercado ou se vale a pena parcelar uma compra no shopping.

Quando falamos em objetivos financeiros, nos referimos a aspirações maiores, que dão sentido ao ato de juntar dinheiro na sua vida.

Importância de objetivos para as finanças

Os objetivos financeiros funcionam como guias que direcionam suas finanças para os rumos certos. Quando você tem esses propósitos claros, sabe exatamente onde quer chegar na sua vida financeira e o quanto precisa economizar para isso.

Do contrário, a falta de objetivos é um dos motivos pelos quais as pessoas têm tanta dificuldade para guardar dinheiro e ir atrás de seus sonhos.

Se alguém perguntasse hoje quanto dinheiro você gostaria de ter, o que você responderia? “Muito”, “o máximo possível” e “o suficiente para viver bem” são exemplos de respostas vagas que não motivam ninguém a perseguir metas financeiras.

Para você ficar realmente engajado nas suas economias e investimentos, é preciso ter objetivos bem definidos. Assim, você se lembrará todos os dias do que está buscando e terá o foco necessário para poupar dinheiro e investir para o futuro.

Exemplos de objetivos financeiros

Existem vários tipos de objetivos financeiros que variam de acordo com o prazo estabelecido.

Veja abaixo alguns exemplos.

Objetivos de curto prazo

Objetivos de médio prazo

Objetivos de longo prazo

●     Quitar uma dívida como um empréstimo ou financiamento;

 

 

●     Fazer uma viagem nas férias;

●     Trocar eletrodomésticos e móveis;

●     Comprar um celular novo;

●     Fazer um curso;

●     Renovar o guarda-roupa;

●     Decorar a casa;

●     Fazer um upgrade no computador ou notebook.

●     Trocar de carro ou comprar um zero km;

 

 

●     Fazer uma reforma na casa;

●     Mudar de casa;

●     Fazer uma viagem mais longa (ou até mesmo tirar um ano sabático);

●     Começar uma nova graduação ou pós-graduação;

●     Fazer um curso no exterior;

●     Abrir uma empresa;

●     Fazer um intercâmbio.

●     Comprar um ou vários imóveis;

 

 

●     Alcançar a independência financeira;

●     Aposentar-se com uma renda passiva;

●     Mudar para outro país;

●     Pagar a faculdade dos filhos.

Como definir objetivos financeiros

Se você não sabe como definir seus objetivos financeiros, vamos ajudar com algumas dicas básicas. Confira por onde começar.

Defina prioridades

Afinal, o que é mais importante para você no quesito “coisas que o dinheiro pode comprar”? Comece pensando nessa questão e separando um tempo apenas para listar seus desejos.

É provável que a lista fique bastante longa, mas a ideia é justamente ter uma visão abrangente dos seus objetivos para conseguir definir prioridades.

Obviamente, nós não podemos comprar tudo o que queremos, pois o dinheiro, na grande maioria das vezes, é limitado. Então, priorize as metas que façam realmente sentido na sua vida e que caibam no seu bolso.

Determine prazos

Todo objetivo financeiro precisa de um prazo para ser alcançado — do contrário, é pouco provável que você o atinja. Assim, o próximo passo é organizar suas metas de acordo com o período necessário para atingi-las (curto, médio ou longo prazo).

Por exemplo, você pode ter como principais objetivos poupar dinheiro para trocar de celular daqui a 3 meses, trocar de carro daqui a 1 ano e comprar uma casa daqui a 5 anos — tudo depende das suas prioridades definidas anteriormente.

Tenha tudo calculado

Além de saber quando você quer realizar seus objetivos, você precisa saber exatamente quanto eles vão custar. Isso porque uma meta financeira só funciona se você tiver números em mente.

Veja alguns exemplos de como concretizar seus objetivos em valores:

  • quitar uma dívida de R$ 2 mil em 3 meses;
  • comprar um celular de R$ 3 mil em 5 meses;
  • poupar R$ 30 mil para trocar de carro dando o atual de entrada no próximo ano;
  • juntar uma entrada de R$ 100 mil para comprar um imóvel até 2025;
  • formar um patrimônio de R$ 1 milhão para viver de renda passiva até 2030.

Defina quanto poupar por mês

Por fim, a forma mais eficiente de atingir seus objetivos financeiros é definir um valor mensal que deverá ser poupado, distribuindo esse montante entre as suas metas.

Por exemplo, supondo que você tenha as três primeiras metas do exemplo anterior, você pode começar juntando os R$ 2 mil para quitar a dívida por 3 meses, logo em seguida começar a juntar o dinheiro do celular e, após 5 meses, iniciar a poupança para o carro.

Como atingir seus objetivos financeiros?

Separamos aqui algumas dicas fundamentais para você conseguir atingir seus objetivos financeiros, sejam eles quais forem. Confira!

Livre-se das dívidas

É impossível pensar em atingir objetivos financeiros se você tem dívidas pendentes. Por isso, a primeira meta de todas deve ser a quitação dos débitos, para então você começar a poupar dinheiro para seus propósitos reais.

Isso porque, se você deixar as pendências rolarem, os juros vão aumentar os valores cada vez mais e agravar seu endividamento.

Aproveite e veja aqui como negociar as suas dívidas.

Organize seu orçamento

A organização financeira pessoal é imprescindível para atingir seus objetivos em qualquer prazo. Isso significa ter um controle estruturado dos seus ganhos e gastos mensais, assim como um orçamento pré-definido para todas as suas despesas.

Experimente usar nossa planilha de gastos gratuita para acompanhar cada entrada e saída da sua conta de forma rápida e simplificada. Baixe a sua agora mesmo!

BAIXAR PLANILHA DE GASTOS

Poupe todo mês

A única forma de alcançar objetivos financeiros é poupar uma quantia todo mês de forma consistente. Com o método dos potes e o método 50-30-20, por exemplo, você define porcentagens da sua renda para guardar mensalmente, as quais variam entre 10% e 20%.

Obviamente, quanto mais você conseguir poupar, mais rapidamente irá alcançar suas metas.

Invista seu dinheiro

Além de guardar o dinheiro, é importante fazer investimentos para manter seu poder de compra e multiplicar a quantia aplicada. Afinal, por que você deixaria seu dinheiro parado perdendo valor se tem a opção de investi-lo e obter rendimentos?

Hoje, você conta com várias opções com diferentes graus de risco e rentabilidades para deixar seu dinheiro investido em curto, médio e longo prazo.

Aqui explicamos o passo a passo sobre como aprender a investir.

Mantenha o foco

Por fim, é importante manter o foco nas suas metas a qualquer custo. Para isso, você pode usar estímulos visuais como um quadro no seu home office ou mesmo um painel no Pinterest com fotos dos lugares que você quer conhecer, do veículo que quer comprar ou da casa na qual deseja morar.

Outra ideia é compartilhar suas metas com pessoas próximas para elas também ajudarem a manter sua motivação. O importante é ter seus objetivos à vista e estar sempre engajado nas economias para atingi-los.

Erros que atrapalham a sua jornada financeira

Para fechar, vamos conferir os erros que você deve evitar se quiser atingir seus objetivos financeiros com louvor:

  • fuja das compras por impulso que priorizam o imediatismo e comprometem seu futuro;
  • evite o consumismo excessivo para aliviar a ansiedade (em vez disso, planeje todas as suas compras);
  • não deixe suas metas para depois, pois cada dia sem economizar torna seus objetivos mais distantes;
  • evite dívidas de longo prazo que impactam sua renda por muitos anos e são um obstáculo para suas metas;
  • cuidado com o uso indevido do crédito, que pode inviabilizar suas metas quando ultrapassa 30% da sua renda em parcelas e prestações.

Entendeu o que são objetivos financeiros e por que você precisa deles na sua vida financeira? Contas para a gente nos comentários se você já tem suas metas definidas ou se vai começar esse projeto agora.