Atualizado em 11 de março de 2022

Nos últimos meses, os brasileiros estão enfrentando uma série de aumentos de preços, como dos alimentos, conta de luz e também da gasolina, diesel e gás. Por isso, é mais importante do que nunca conhecer alternativas para economizar combustível.  

Notícias divulgadas no dia 10 de março de 2022 mostram que um novo aumento de preços de gasolina, diesel e gás de cozinha já entram em vigor no dia 11. A última atualização dos preços dos combustíveis foi realizada há quase dois meses, exatamente no dia 11 de janeiro, enquanto o GLP foi reajustado pela última vez em outubro de 2021.

O valor médio nacional do litro da gasolina foi de R$ 6,57 para R$ 7,02, o que representa um aumento de 18,8%. Já o diesel foi de R$ 3,61 para R$ 4,51, um aumento de 24,9%, enquanto o gás de cozinha teve um reajuste de 16,1%.

É claro que os preços oscilam muito em diferentes estados do Brasil, mas é fato que o combustível, assim como o diesel e o gás de cozinha estão pesando no orçamento de todos.

Falando especificamente do combustível, separamos algumas dicas sobre como economizar com ele para te ajudar a manter a sua vida financeira no azul.

Importante lembrar que tudo o que mostraremos aqui está diretamente relacionado ao nível de economia que você precisa fazer no fim do mês e também ao seu planejamento financeiro.

Caso você ainda não tenha uma, temos uma planilha de gastos gratuita para você começar a organizar as contas já!

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

Agora vamos ver como economizar combustível? Continue lendo!

10 dicas para economizar combustível

1. Mantenha os pneus devidamente calibrados

Quando os pneus estão calibrados com a pressão ideal (nem mais, nem menos), o carro roda melhor no asfalto e é necessário menos combustível para fazê-lo andar.

Se você não sabe qual é a pressão correta, basta procurar pela informação no manual do carro, ou até mesmo em alguns carros, na porta do carro lado do motorista vem escrito a calibragem do pneu.

Mas por que isso interfere no consumo de combustível? Simples: quando os pneus estão murchos, o atrito com o chão é maior, então é preciso mais força para movimentar o veículo.

Verifique semanalmente se os pneus estão com a calibração correta. Caso o peso do carro mude (em viagens, por exemplo), também é importante fazer essa checagem.

2. Não force o motor

Você tem o “pé pesado” quando dirige? Pois saiba que a aceleração incorreta força o motor e gasta mais combustível. Então, faça o possível para dirigir com mais tranquilidade, acelerando e freando com suavidade.

Isso ajuda não apenas a economizar combustível, como também a preservar o motor do carro.

3. Evite os horários de pico

No trânsito, a frenagem e aceleração constantes exigem mais do carro e, por consequência, mais combustível. Por esse motivo, evite utilizar o veículo em horários de pico, caso você tenha essa possibilidade.

Além de gastar menos combustível, você ainda passa por menos estresse e chega mais rápido ao seu destino.

4. Não leve mais peso do que o necessário

Se você costuma levar a sua vida para cima e para baixo no carro, está na hora de rever isso. Pode até parecer bobagem, considerando que algumas coisas não são tão pesadas assim, mas isso faz diferença para o desempenho do veículo no trânsito e para o consumo de combustível também.

Faça uma limpa no carro inteiro, do porta-luvas ao porta-malas. Além de deixar o carro mais leve, também vai facilitar na hora de lavá-lo.

5. Troque as marchas corretamente

Quando o motor do carro faz um barulho muito alto na aceleração, isso indica que ele está sendo forçado e não está na marcha adequada. Também é preciso tomar cuidado para o carro não ficar trepidando ou “engasgando”.

Para evitar que tudo isso aconteça, fique atento para fazer as trocas de marcha na hora certa, ouça o seu motor e esteja atento ao trânsito para não ter que mudar as marchas de forma abrupta, o que também não é bom para o veículo.

6. Abasteça em lugares confiáveis

A escolha do posto de combustível é determinante para economizar combustível, principalmente para não correr o risco de comprar combustível adulterado.

Não adianta optar por um posto “mais barato” e não conhecer a procedência do combustível que estão colocando no seu carro. Caso seja um produto inadequado, isso vai pesar no seu bolso e ainda existe o risco de o motor ser prejudicado.

7. Planeje e pesquise onde abastecer

Falando em escolher postos confiáveis para abastecer, outra dica é se planejar e pesquisar qual é o melhor lugar. Se você deixa para abastecer quando o seu carro já está nas últimas, é muito provável que pague um valor mais caro de combustível.

Faça uma pesquisa de postos próximos ao trajeto que você já faz diariamente para saber onde tem combustível mais barato, veja se há promoções, e troque informações com familiares e colegas que também andam de carro.

Mas não deixe para fazer isso quando o veículo já estiver andando na reserva, viu? Com planejamento, fica mais fácil economizar combustível.

8. Mantenha a revisão do veículo em dia

Sabia que seu carro pode estar consumindo mais combustível do que deveria por alguma falha mecânica? Pois é.

Além de ser indispensável para a sua segurança, ter o carro com a revisão em dia te ajudará a identificar se há algum problema que pode estar afetando o consumo de combustível. Fique atento e cuide do seu carro com carinho.

Leia também: Carro por assinatura, leasing ou próprio: qual deles compensa mais?

9. Negocie seus benefícios com a empresa

Apesar de esta dica não estar diretamente relacionada à economia de combustível em si, isso pode te ajudar a organizar melhor o seu orçamento.

Se sua empresa fornece vale-transporte aos funcionários, pergunte se o benefício pode ser revertido em auxílio combustível.

Algumas empresas permitem que os funcionários escolham qual dos dois benefícios é mais adequado, já que alguns preferem utilizar o transporte público, enquanto outros optam pelo carro. Então, acione o departamento de recursos humanos e veja se é possível fazer essa troca.

10. Use menos o carro

Por fim, essa não deixa de ser uma dica válida caso esteja inviável arcar com os aumentos recorrentes no preço do combustível.

Além disso, se a sua situação financeira é crítica e você precisa urgentemente economizar dinheiro, não tem jeito, muito provavelmente vai precisar deixar o carro na garagem por mais dias durante a semana.

A conta dependerá do seu orçamento e do seu dia a dia. Você precisa pegar quantos transportes públicos até o trabalho? Quanto isso dá por mês? Quanto tempo você passará no transporte? A empresa que você trabalha disponibiliza vale-transporte? Se você é estudante, tem o benefício de transporte estudantil?

Liste todas essas informações em um papel e veja os prós e contras. Lembre-se de que, neste momento, você precisa muito economizar, então o conforto precisará ficar em segundo plano, pelo menos por alguns dias.

Gostou das dicas sobre como economizar combustível? Você também pode gostar do artigo “Qual vale mais a pena: carro ou Uber? Veja como escolher”.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.