IOF no cartão de crédito: o que é, como funciona e qual o valor?

Você sabe como funciona a cobrança de IOF no cartão de crédito? Entenda quando é preciso pagar, quais são os valores e como calcular.
3 minutos de leitura
3 minutos de leitura
Mulher segurando cartão de crédito em uma mão e celular em outra

O IOF no cartão de crédito é um imposto que vem registrado na sua fatura quando você faz transações que envolvem empréstimo e câmbio.

Sua incidência mais conhecida é nas compras internacionais, já que é preciso pagar o tributo em todas as transações com moeda estrangeira.

Você também precisa pagar IOF quando atrasa o pagamento da sua fatura, parcela o valor devido ou escolhe pagar o mínimo, por exemplo.

Então, continue a leitura para saber quando é preciso recolher esse imposto e quanto vai custar.

O que é IOF no cartão de crédito?

IOF no cartão de crédito é o Imposto sobre Operações Financeiras, um tributo cobrado na fatura em algumas situações específicas.

A situação mais comum em que você paga esse imposto é nas compras internacionais, mas ele também incide sobre operações de crédito como pagamento parcial e parcelamento do valor devido à operadora.

Além disso, o IOF é cobrado em empréstimos, financiamentos, transações de câmbio, seguros e resgates de investimentos.

Para o governo, esse imposto funciona como um regulador da economia e também como um termômetro para medir as movimentações financeiras no país.

Para os cidadãos, é mais um tributo que pode ser cobrado sobre diversas transações e que precisa entrar no planejamento financeiro pessoal para ser administrado com eficiência.

Leia também: Planejamento tributário pessoal: 6 passos para aprimorar

Como funciona o IOF do cartão de crédito?

É importante saber, primeiramente, quando o IOF do cartão de crédito não é cobrado: nas compras nacionais à vista ou parceladas e no pagamento normal da fatura (valor total e dentro do prazo).

Ou seja, no uso comum do seu cartão, você não precisa se preocupar com esse tributo.

No entanto, o IOF é cobrado nas seguintes transações:

  • Compras internacionais: o imposto é aplicado ao valor convertido em reais;
  • Pagamento da fatura com atraso: o valor devido entra em crédito rotativo e é cobrado IOF + juros do cartão no período de atraso;
  • Parcelamento da fatura: é cobrado o IOF + juros praticados pelo cartão sobre o valor parcelado;
  • Pagamento parcial ou mínimo: o valor restante da fatura entra em crédito rotativo e é cobrado IOF + juros do cartão referente ao período;
  • Compras acima do limite: para cartões que oferece o limite elástico, as compras que ultrapassam o valor definido sofrem incidência do IOF;
  • Saques: ao sacar dinheiro com o cartão de crédito, você está tomando dinheiro emprestado e também paga IOF.

Ou seja: toda vez que há uma compra internacional envolvida ou o uso do crédito, você precisa pagar o IOF.

Qual o valor do IOF no cartão de crédito?

O valor do IOF no cartão de crédito varia conforme a operação realizada.

Nas operações de parcelamento, saques e crédito rotativo que vimos acima, o valor do imposto fica entre 0,38% e 3,38%.

Já no caso das compras internacionais, o valor é fixo para todo o país: 4,38% em 2024.

Mas temos uma ótima notícia: o governo decidiu zerar o IOF cambial até 2029, reduzindo um ponto percentual a cada dia 2 de janeiro.

Primeiro, será zerado o imposto para compras internacionais no cartão de crédito e no débito, em lojas virtuais e físicas.

Depois, a isenção passará a valer também para a compra de moeda estrangeira à vista no Brasil e para transferências internacionais.

Veja como vai ficar o IOF do cartão de crédito para compras internacionais nos próximos anos, até ser totalmente zerado:

AnoValor do IOF
20244,38% 
20253,38% 
20262,38% 
20271,38% 
20280,38% 
20290

Como pagar IOF?

Você não precisa se preocupar em pagar o IOF no cartão de crédito porque ele já vem lançado na sua fatura. Assim, no momento em que você paga o cartão, já está recolhendo os impostos devidos.

Somente empresas precisam se preocupar em recolher o IOF em guias específicas para esse fim, que são pagas ao Governo Federal.

Como calcular o IOF do cartão de crédito?

Você deve calcular o IOF do cartão de crédito aplicando a alíquota cobrada pela operadora ao valor devido.

Por exemplo, se você parcelou uma fatura no valor de R$ 1 mil e precisa pagar 0,38% do IOF, a conta é muito simples:

  • IOF = R$ 1.000 x 0,38%;
  • IOF = R$ 3,80.

Nesse caso, você pagaria R$ 3,80 só de IOF, sem contar outros encargos como a taxa de juros do cartão.

Agora, no caso de compras internacionais, basta multiplicar o valor da compra por 4,38% (alíquota de 2024) para saber quanto você vai pagar de IOF.

Por exemplo, imagine que você fez uma compra em um site de moda do exterior e o valor total foi de R$ 450, já com o frete.

Nesse caso, o cálculo fica assim:

  • IOF = R$ 450 x 4,38%;
  • IOF = R$ 19,71.

Logo, o custo total dessa compra será de R$ 469,71 em 2024.

Entendeu o que é IOF no cartão de crédito e como calcular? Veja também 5 dicas para ser aprovado no cartão de crédito Neon.

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 22

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO