Quer saber como ganhar dinheiro sendo estudante e começar a planejar seu futuro desde já?

Reunimos diferentes ideias para ajudar você a desenvolver uma atividade rentável, seja durante o ensino fundamental, ensino médio ou ensino superior.

São dicas simples e práticas que dão dinheiro e não atrapalham os estudos, ajudando você a conquistar sua saúde financeira desde cedo.

Então, continue a leitura e aproveite nossas dicas de como ganhar dinheiro sendo estudante.

Tem como ganhar dinheiro sendo estudante?

Sim, tem como ganhar dinheiro sendo estudante, seja no ensino fundamental, médio ou superior. Não estamos falando de uma renda alta ou equivalente à de um salário de um profissional já formado, evidentemente.

No entanto, existem caminhos para ganhar valores compatíveis com a realidade do estudante, desde que haja dedicação a uma atividade rentável durante os anos de estudo.

Também é importante ressaltar que essa atividade não pode atrapalhar os estudos e consumir muitas horas do dia do estudante.

Provavelmente você se lembra de algum aluno que era conhecido por vender doces, salgados, cosméticos ou outro produto em sala de aula. Esse é apenas um exemplo de como um estudante pode ganhar dinheiro sem isso interferir negativamente em sua rotina de estudos.

Veja também 10 dicas sobre como economizar dinheiro sendo estudante.

7 opções de renda extra para estudantes

Se você não sabe como ganhar dinheiro sendo estudante, temos 7 ideias para ajudar no início dessa jornada.

Confira.

1. Revenda de produtos

Uma das formas mais simples de aprender como ganhar dinheiro sendo estudante é investir na revenda de produtos.

Existem várias empresas que trabalham com vendas diretas, como fabricantes de cosméticos, lojas de roupas, lojas de perfumes, etc.

São dois os modelos mais comuns de parceria com essas empresas:

  • Venda consignada: a empresa cede o catálogo e os produtos para revenda, e você ganha uma comissão conforme seu desempenho, podendo devolver os itens que não tiveram saída;
  • Venda direta: você compra os produtos com desconto e revende com uma margem de lucro, geralmente por meio de um catálogo.

No entanto, vale ressaltar que a maioria das empresas que trabalham com esses modelos de venda exigem que o estudante tenha no mínimo 18 anos para se cadastrar como revendedor.

2. Empreendedorismo

O empreendedorismo não tem idade e pode começar bem cedo, ainda no ensino fundamental. É o caso de crianças e jovens que começam a vender brigadeiros, trufas, figurinhas e qualquer acessório que esteja em alta na escola.

Se você sabe cozinhar bem, por exemplo, a alimentação é um dos ramos mais lucrativos para começar suas vendas.

Além disso, a escola ou faculdade é um ótimo lugar para vender doces e salgados, pois todos buscam alternativas à cantina e a vontade de experimentar sempre bate.

Caso não queira colocar a mão na massa, você ainda pode vender produtos feitos pelos pais e negociar uma comissão.

Além de ser uma ótima forma de ganhar dinheiro sendo estudante, ainda é um aprendizado valioso de empreendedorismo que você pode levar para a vida toda.

Leia também: 7 histórias de empreendedores de sucesso para te inspirar

3. Estágio

O contrato de estágio é uma opção para estudantes do ensino médio, ensino técnico e ensino superior no Brasil.

Nessa modalidade de trabalho, você ganha uma bolsa-auxílio e tem uma carga horária limite de 30 horas semanais ou 6 horas diárias.

Para estudantes da educação especial e anos finais do ensino fundamental (educação de jovens e adultos), o limite é de 4 horas diárias e 20 horas semanais.

No caso, o estágio não caracteriza nenhum tipo de vínculo empregatício, e as únicas obrigações da empresa são fornecer auxílio-transporte para estágios não obrigatórios, garantir um ambiente de trabalho adequado e enviar relatórios de atividades do estagiário.

De acordo com a Pesquisa Nacional de Bolsa-Auxílio feita pelo Nube, o valor médio da bolsa concedida aos estagiários no Brasil é de R$ 1.052,94.

4. Trabalho como jovem aprendiz

Também existe uma outra modalidade de trabalho remunerado que pode ser exercida por jovens de 14 a 24 anos, o jovem aprendiz.

No Brasil, empresas de médio e grande porte são obrigadas a contratar jovens aprendizes para capacitá-los, em uma proporção que varia entre 5% e 15% do quadro de funcionários.

De acordo com o site Vagas.com, a remuneração média do jovem aprendiz no país é de R$ 1.189, sendo que as bolsas variam entre R$ 653 e R$ 1.581.

Logo, entrar nessa categoria em uma empresa é uma oportunidade de ganhar dinheiro sendo estudante e aprender uma profissão.

5. Serviços autônomos

Os serviços autônomos são uma opção interessante para ganhar dinheiro sendo estudante sem atrapalhar os horários de estudo.

Você pode, por exemplo, cobrar para digitar, revisar e formatar trabalhos escolares e acadêmicos.

Há ainda quem cobre para resolver burocracias da vida estudantil, quando é possível enviar terceiros à secretaria ou centro acadêmico.

Outra forma de prestar serviços é fazendo “bicos”, como quando alguém precisa de ajuda para cuidar de uma criança, cortar a grama, limpar um salão depois de uma festa, etc.

6. Artesanato e criação

Se você trabalha com artesanato ou algum tipo de atividade criativa, saiba que essa é uma das melhores maneiras de ganhar dinheiro sendo estudante e ainda desenvolver seu potencial.

Veja algumas ideias para lucrar com seus talentos:

  • Vender peças de tricô e crochê, caso você saiba costurar;
  • Vender produtos personalizados como camisetas com estampas exclusivas, canecas personalizadas, lenços bordados, etc.;
  • Prestar serviços de fotografia para eventos e pessoas, caso você domine a câmera;
  • Prestar serviços de design como cartões de visita, flyers, convites de eventos sociais, etc.;
  • Prestar serviços de edição de vídeos de eventos e celebrações;
  • Vender ilustrações exclusivas;
  • Vender quadros com suas pinturas.

7. Aulas particulares

Por fim, uma atividade que sempre rende algum dinheiro no período escolar é a tutoria particular.

Você pode oferecer aulas particulares de reforço das matérias que mais domina, por exemplo, ou de idiomas, caso tenha nível avançado em inglês, espanhol e outras línguas.

Nesse caso, é importante ter domínio completo do conteúdo e estudar um pouco de didática para conseguir repassar seu conhecimento — e cobrar por isso.

Confira também 6 dicas sobre como guardar dinheiro desde a adolescência.

Bônus: dicas para diferentes perfis de estudante

Agora que você sabe como ganhar dinheiro sendo estudante, confira algumas dicas voltadas a períodos específicos da vida escolar.

Como ganhar dinheiro no Ensino Fundamental

O ensino fundamental é um período mais restrito para ganhar dinheiro, visto que você não pode trabalhar para empresas (exceto se já tiver 14 anos e quiser ser menor aprendiz).

Nesse caso, o foco deve estar nas atividades de empreendedorismo e serviços autônomos que mencionamos anteriormente.

Ressaltando que devem ser atividades leves, que não tomam muitas horas diárias e não entram em conflito com os estudos.

A melhor opção costuma ser vender produtos em sala de aula, e prestar pequenos serviços para colegas e parentes — importante consultar as regras da instituição caso queira vender produtos em sala.

Como ganhar dinheiro sendo estudante do Ensino Médio

No ensino médio, vem a possibilidade de se tornar jovem aprendiz a partir dos 14 anos e, dos 16 em diante, estagiário.

Logo, você pode começar a pensar em trabalhar em empresas, não apenas para ganhar dinheiro sendo estudante, mas também para aprender uma profissão e se desenvolver na área de atuação que deseja para o seu futuro.

Como também é uma época mais movimentada socialmente, você tem a chance de fazer muitos contatos para expandir a venda de produtos e a prestação de serviços. Então, se você já tem um pequeno negócio próprio, esse é o momento de investir ainda mais nas vendas.

Como ganhar um dinheiro extra na faculdade

Na faculdade, o estágio se torna uma experiência essencial para ganhar dinheiro sendo estudante de forma mais estável e garantir a aprendizagem necessária para exercer sua profissão.

Nesta fase, você já pode tratar sua bolsa-auxílio como um salário e começar a gerenciar seu dinheiro para aprender sobre organização financeira.

Também é o momento em que muitos jovens começam a contribuir em casa e lidar com boletos. Por isso, foque em fontes de renda mais estáveis e ligadas à sua profissão.

Se você for empreendedor, é o momento de consolidar sua marca e começar a pensar em formalizar um negócio aos 18 anos.

Veja aqui a importância de estudar sobre educação financeira desde cedo.

Como planejar o futuro com o dinheiro que juntar

Agora que você sabe como ganhar dinheiro sendo estudante, chegou a hora de aprender a se planejar financeiramente para o futuro.

Confira nossas dicas.

Trace objetivos

O primeiro passo para juntar dinheiro é traçar objetivos financeiros de curto, médio e longo prazo.

Alguns exemplos são trocar de celular, juntar uma entrada de um carro, pagar uma faculdade, fazer um intercâmbio, etc.

Evite as dívidas

Na fase de estudos, o melhor é evitar pendências e preferir sempre as compras no débito em vez do crédito. Dessa forma, você previne a inadimplência desde cedo.

Contudo, caso acabe fazendo alguma dívida, o ideal é que caiba no seu orçamento e não ultrapasse 30% da sua renda mensal.

Comece a organizar o orçamento

Um orçamento pessoal organizado é a base da saúde financeira no futuro.

Para começar, você pode abrir uma conta digital gratuita como a Neon, que oferece um cartão de crédito, investimentos e um app para controlar seu dinheiro em tempo real— tudo sem taxas e sem burocracia.

Depois, baixe a planilha de gastos mensais para acompanhar de perto suas receitas e despesas.

Banner com cta para baixar planilha de gastos

Viu como é possível ganhar dinheiro sendo estudante e planejar seu futuro? Continue de olho nos nossos artigos e confira mais dicas para economizar em qualquer fase da vida.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.