Quanto ganha um juiz? Quais os requisitos e como se tornar um?

Quer saber quanto ganha um juiz? Veja médias, o que é preciso para entrar na profissão e quanto custa o estudo necessário para ser um.
3 minutos de leitura
3 minutos de leitura
Juíza segurando martelo em tribunal

Se você quer seguir carreira atuando na aplicação das leis, na resolução de conflitos e na garantia dos direitos e deveres e defesa da justiça, ficará satisfeito ao saber quanto ganha um juiz.

A profissão requer muito estudo e dedicação, mas traz recompensas financeiras que fazem o esforço valer a pena, além da realização profissional.

Os salários podem aumentar à medida que se avança no magistrado e conforme a esfera de atuação (regional ou federal).

Se o assunto interessa, avance na leitura para descobrir quanto ganha um juiz, o que preciso para ser um e como se preparar.

Quanto ganha um juiz?

Em termos de média salarial, o quanto ganha um juiz foca em torno dos R$ 42 mil, segundo levantamento do site Glassdoor.

Embora o limite máximo a ser pago um servidor público seja balizado pelo teto dos ministros do STF, que é de R$ 41,6 mil, muitos juízes acumulam rendimentos bem superiores a esse valor.

Algumas dessas remunerações superam os R$ 100 mil mensais.

Para isso, soma-se ao salário benefícios como diárias, ajudas de custo (auxílio-moradia, saúde, pré-escola, alimentação…), adicional por tempo de serviço, licença prêmio resgatada em dinheiro, férias e 13º, dentre outros.

Há muitos fatores que influenciam nos vencimentos de um juiz, como a instância de atuação (estadual, federal), a jurisdição (trabalho, eleitoral, militar) e o estado de atuação, por exemplo.

Na esfera estadual, um juiz de direito pode ter um salário inicial de R$ 22 mil, sendo que a média gira em torno de R$ 35 mil mensais — já um desembargador pode ter vencimentos de R$ 37,5 mil.

O quanto ganha um juiz federal oscila conforme o estado onde atua, com salários entre R$ 34 mil e R$ 43 mil.

Já um juiz do trabalho, que também é de jurisdição federal, tem vencimentos na casa dos R$ 36 mil, enquanto um juiz auditor estadual da justiça militar recebe em média R$ 33,5 mil.

Já ministros do Superior Tribunal Militar, de Justiça e do Trabalho têm remuneração média de R$ 39,4 mil nos dois primeiros casos e R$ 37,8 mil no último.

O que preciso para ser juiz?

Como vimos, o quanto ganha um juiz pode ser um grande incentivo para seguir a carreira, mas para chegar lá é preciso atender a vários requisitos como formação, aprovação em concurso e tempo de experiência.

Graduação

A primeira coisa para se tornar um juiz é conquistar um diploma em Direito.

A faculdade leva cinco anos e pode ter mensalidades de até R$ 6 mil, embora você possa buscar auxílios como FIES, ProUni ou ser aprovado em uma instituição pública.

Experiência

Além da formação, você precisa ter no mínimo três anos de atuação jurídica comprovada.

Como atividade jurídica, entende-se:

  • Aquela que só pode ser exercida por um bacharel em Direito;
  • Advocacia;
  • Cargos, empregos e funções de conhecimento jurídico;
  • Conciliador junto ao Judiciário;
  • Mediação ou arbitragem em litígios.

Para cada uma delas, há critérios mínimos de tempo (carga horária e quantidade de anos) e participação anual.

Importante destacar que para exercer a função de advogado, é preciso antes ser aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Ainda, estágios realizados durante a graduação não podem ser considerados atividades jurídicas.

Concurso

Por fim, é preciso ser aprovado em um concurso público de Magistrado a nível estadual ou federal.

Todos os candidatos devem ser brasileiros e estar com as obrigações militares e eleitorais em dia e não ter antecedentes criminais.

A partir daí, você construirá uma carreira, começando como juiz substituto para tornar-se vitalício após um determinado tempo e, depois, pode buscar promoção para desembargador ou ministro de tribunais superiores.

A cada degrau, aumenta o quanto ganha um juiz.

Como se tornar juiz?

Existem alguns passos a serem seguidos para se tornar um juiz:

  • Ingressar em uma faculdade de Direito e se formar;
  • Ganhar experiência em atividades jurídicas por pelo menos três anos;
  • Ficar de olho nos concursos públicos e estudar muito, mesmo antes de as inscrições abrirem;
  • Não desistir no primeiro concurso;
  • Ser aprovado em um concurso de magistratura.

Aproveite e confira outros artigos sobre salários de profissões:

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 3.8 / 5. Número de votos: 10

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO