Infoprodutos: como criar, lançar e gerar renda extra

Investir em infoprodutos é uma excelente forma de gerar renda extra. Veja um conteúdo completo sobre como criar, lançar e ter sucesso.
6 minutos de leitura
6 minutos de leitura
Legos coloridos encaixados

Na era digital, os infoprodutos viraram febre, sobretudo com a disseminação da educação online. Em diferentes formatos e voltados para públicos distintos, os produtos digitais são uma alternativa interessante de aprendizado, mas também podem ser uma fonte de renda extra.

Ou seja, você pode complementar o seu salário e ter um respiro para investir, pagar suas dívidas ou criar uma reserva de emergência.

Ficou interessado?

Então, se liga neste conteúdo que preparamos para você e diversifique suas receitas.

O que são infoprodutos?

Os infoprodutos, também chamados “produtos digitais”, são materiais online que servem para educar um público-alvo específico.

Podem ser oferecidos em diferentes formatos, a exemplo de videoaulas, e-books (livros digitais), audiobooks (livros em áudio), podcasts, screencasts (vídeos tutoriais), infográficos, templates e mentoria online.

Vem daí o nome infoproduto: info de “informação” e produto no sentido de “conteúdo/mercadoria”. Assim, a ideia é transmitir conhecimento e rentabilizar em cima disso.

Também existem outras funcionalidades dos infoprodutos, como entreter, engajar e resolver problemas. Com tantas possibilidades, não faltam oportunidades para quem quer aprender ou empreender.

Ao aprender como criar um infoproduto, você abre espaço para uma fonte de renda extra que pode até se tornar a principal.

Como criar um infoproduto?

Não existe apenas uma maneira de criar um infoproduto — até porque são oferecidos em diversos formatos, como destacamos antes.

Uma boa dica para iniciar o desenvolvimento desse tipo de projeto é escolher um tema que você domine ou, ao menos, tenha uma predisposição grande para aprender.

Definir um público-alvo, estudar a concorrência e ter um espírito empreendedor também são elementos importantes para criar um infoproduto de sucesso.

Conhecendo os formatos e adequando suas habilidades a ele, fica mais fácil ter um produto digital pronto para o lançamento, sendo uma das etapas mais importantes.

Como lançar um infoproduto?

O início da divulgação de um infoproduto pode ser complicado, em especial se você não tem grande experiência com esse tipo de conteúdo. Muitas pessoas se perguntam qual é a melhor maneira de lançar os produtos digitais, mas, mais uma vez, não existe receita de bolo.

Veja uma sequência de ações que precisam estar previstas no seu planejamento:

  • Escolha do formato: quem está começando costuma optar pela combinação vídeo + e-book;
  • Certifique-se de que o seu conteúdo é original e de qualidade: o mercado de infoprodutos é bem competitivo, então você precisa se destacar da concorrência;
  • Tenha uma presença forte na web: leve tráfego para a sua página de vendas para conquistar e fidelizar clientes;
  • Obedeça ao timing correto: não entregue conteúdos desatualizados, incompletos e sem revisar muito bem antes;
  • Defina a melhor maneira de lançar: existem plataformas específicas de veiculação, campanhas em redes sociais e o recrutamento de afiliados.

Observe que trabalhar com infoprodutos exige que você tenha um site próprio, ainda que a venda do material não aconteça diretamente nele, mas a partir de outra plataforma. Então, é preciso desenvolver um site conforme você cria o produto digital.

Da mesma forma, técnicas de marketing digital são muito bem-vindas para preparar o lançamento. A recomendação é que faça deste artigo um ponto de partida: leia mais sobre infoprodutos, busque referências e inspirações.

Como vender infoprodutos?

Vinculação direta no site? Suporte nas redes sociais? Anúncios pagos? Marketing de influência? Afiliados? Ou o bom e velho boca a boca? Afinal, qual a melhor maneira de vender infoprodutos?

A verdade é que, quanto mais diversificadas forem as suas estratégias e maior for o conhecimento do seu público-alvo, maiores serão suas chances de rentabilizar.

É claro que, se você estiver começando na comercialização de produtos digitais, provavelmente não terá capital para investir em todas as opções. Porém, é importante conhecer todas as alternativas que existem.

Quem dá os primeiros passos nesse mercado geralmente escolhe trabalhar com uma rede de afiliados, como explicamos a seguir.

Onde vender infoprodutos como afiliado?

Não há dúvidas de que vender infoprodutos como afiliado é uma das maneiras mais comuns e eficazes. Mas você sabe o que é afiliado dentro desse contexto?

Um afiliado de produtos digitais é aquele que se vincula a uma plataforma de infoprodutos e começa a comercializar itens disponíveis nela.

Quer um exemplo? Imagine o afiliado como alguém que se cadastra na plataforma onde seu e-book é vendido. Então, recebe um link exclusivo para compra e passa a divulgá-lo em diversos canais, tendo direito a uma comissão por cada venda que acontece por meio desse link.

Esse sistema de parceria funciona muito bem e um dos segredos para dar certo é escolher bem a plataforma na qual seu infoproduto será divulgado e vendido.

Conheça as principais a seguir.

Hotmart

A Hotmart é a plataforma mais conhecida para a venda de infoprodutos como afiliado e com mais clientes na América Latina.

Além da autoridade da marca, que oferece credibilidade aos seus produtos, conta com um sistema para hospedagem intuitivo, e mais uma série de gráficos e insights que podem ajudar a potencializar suas vendas.

Monetizze

A Monetizze também é uma pioneira no mercado de infoprodutos.

Entre as suas principais vantagens estão a fácil integração às plataformas de marketing digital e uma área de membros que permite a gestão de conteúdo completa.

Eduzz

A Eduzz também é uma plataforma queridinha dos usuários.

Conta com serviços como Recuperação de Vendas Perdidas (RVP) e a possibilidade de antecipar receitas, inclusive em campanhas ativas.

Pela Nutror, ferramenta gratuita da plataforma, é possível organizar toda a estrutura de seus cursos online de maneira profissional.

Udemy

A Udemy possui abrangência mundial, o que significa que você pode pensar em um público-alvo mais amplo. Além disso, conta com recursos de cupom de descontos para você poder diversificar suas ações.

Indicada para a criação de cursos digitais, é mais uma boa opção para aumentar seus ganhos.

HeroSpark

A HeroSpark é indicada para quem está começando no ramo graças à possibilidade de contar com suporte técnico para infoprodutos criados do zero.

Na plataforma é possível criar a sua própria rede de afiliados para potencializar suas vendas em um sistema robusto repleto de ferramentas.

Kiwify

A plataforma Kiwify conta com diversos recursos interessantes, como sistema de coprodução ilimitado (convide quantas pessoas quiser para produzir e dividir seus lucros) e modalidade de recorrência (assinatura por cartão de crédito).

Como escolher a plataforma ideal?

Após conhecer as opções e analisar o mercado, considere os seguintes fatores para escolher a plataforma ideal para vender infoprodutos:

  • Cobertura: além de produtos digitais, algumas plataformas suportam também mercadorias físicas;
  • Custos comerciais: porcentagem cedida à plataforma a cada venda realizada ou ao valor total dela;
  • Prazo de resgate: quanto tempo você pode sacar o valor arrecadado nas transações;
  • Valor mínimo de resgate: além do prazo, ficar atento para ver a existência ou não de um saldo mínimo para resgatar.

Não deixe de checar a reputação das plataformas na internet e com outras pessoas. Conversar com outros vendedores e observar sites/fóruns de defesa do consumidor são cuidados importantes nesse sentido.

9 ideias de infoprodutos para vender

Já citamos antes alguns formatos de produtos digitais que você pode criar e agora é o momento de conhecer detalhes sobre eles.

Acompanhe!

1. E-book

Talvez o infoproduto mais conhecido e praticado de todos. Para ter sucesso com esse conteúdo, é importante que texto e imagens conversem entre si.

Ou seja, o design tem um papel essencial para ser atrativo e performar bem.

2. Audiobook

É uma variação do e-book, só que com uma versão em áudio.

Além de ser uma alternativa de consumo, a modalidade também exerce um papel inclusivo de acessibilidade, possibilitando que pessoas com deficiência possam desfrutar de um produto personalizado.

3. Whitepapers

Pode ser considerado uma categoria dentro do e-book.

No entanto, por ser um material mais denso e de caráter tecnicista, surge como um infoproduto distinto.

4. Cursos online

Junto com o e-book, é um dos produtos digitais mais conhecidos.

Nos cursos online, é possível ensinar de tudo um pouco, passando por mentorias, videoaulas e muito mais.

5. Podcast

Outro queridinho dos consumidores, o podcast nada mais é do que um programa de rádio disponibilizado em plataformas alternativas e com um conteúdo diferente.

Outra febre dentro dessa área são os videocasts, que repetem o formato de áudio, mas também inclui imagens.

6. Templates

O desenvolvimento de templates (modelos pré-definidos para a criação de layouts) é um infoproduto que exige senso estético, noção de arquitetura da informação e princípios do design.

Existem múltiplas plataformas para você comercializar seus templates e garantir um dinheiro extra.

7. Games

Talvez um dos infoprodutos mais antigos do mercado.

Com grande foco no entretenimento, os jogos online também podem ter um viés educativo e ser um facilitador de processos com o gaming (como soluções digitais corporativas para recrutamento, análises de desempenho, entre outras).

8. Infográficos

Solução criada para facilitar a leitura e a interpretação de dados complexos.

Além disso, ajuda a trazer um impacto visual para questões estatísticas relevantes.

9. Ferramentas digitais

Aplicativos de todas as naturezas e outros tipos de softwares entram na categoria de ferramentas digitais.

Por ser um infoproduto complexo, exige um maior tempo de desenvolvimento, mas o retorno financeiro também tende a ser mais elevado.

5 dicas para aumentar as vendas de infoprodutos

Formato escolhido?

Veja como aumentar suas vendas com estas dicas.

1. Faça você mesmo (FVM)

Ainda que você não tenha pleno conhecimento sobre o conteúdo ou o formato de seu infoproduto, é possível encontrar tutoriais para se especializar.

Basta ter tempo livre para aprender, sede por conhecimento e, é claro, muita resiliência.

2. Dividir também é multiplicar

Prazos apertados para a entrega da sua solução digital?

Talvez seja interessante buscar parceiros para atender a demanda. Afinal, tempo é dinheiro.

3. Modo perpétuo vs. Modo lançamento

Existem, basicamente, duas formas de vender infoprodutos: o modo perpétuo e o lançamento.

O primeiro é mais focado nas dores e necessidades do cliente, além de disponibilizar os conteúdos a todo tempo.

Já o modo lançamento se vale de gatilhos mentais como escassez, por exemplo. Isso acontece porque você abre o carrinho de compras apenas em momentos específicos do ano, gerando ansiedade no público.

4. Atualização permanente

A era da informação possui uma característica marcante: o dinamismo.

Por isso, procure deixar seus infoprodutos sempre atualizados e, sempre que possível, lançar novas versões.

5. Quem não é visto, não é lembrado

A máxima do marketing também vale para os infoprodutos, sobretudo, para quem está começando.

A dica é investir em campanhas digitais (Google, Facebook e Youtube Ads) para gerar mais tráfego às suas soluções.

E aí, gostou do artigo? Aproveite para descobrir 30 ideias sobre como ganhar dinheiro na internet.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 14

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.
NEON LOGO
Minutos
Segundos