Ter um cartão internacional deixou de ser um luxo e se tornou uma necessidade no mercado atual. Afinal, comprar em lojas virtuais do exterior já faz parte da rotina dos brasileiros.

Além disso, nada mais prático do que poder usar o mesmo cartão para fazer compras, sacar dinheiro e fazer pagamentos durante viagens a outros países.

Neste artigo, vamos explicar como funciona o cartão internacional, quais são os tipos e por que você deve ter um.

Continue lendo e entenda a importância desse meio de pagamento na sua vida financeira.

O que é cartão internacional?

Cartão internacional é um meio de pagamento que permite realizar compras, saques e pagamentos no exterior. Ele pode ter a função débito e/ou crédito, da mesma maneira que os cartões nacionais.

Na prática, o funcionamento também é o mesmo: você passa ou aproxima o cartão em uma maquininha para fazer compras em estabelecimentos físicos ou utiliza dados como número, data de validade e código de segurança para fazer compras em lojas virtuais.

Além disso, também pode realizar saques em redes bancárias autorizadas. A diferença é que, com o cartão internacional, todas essas operações podem ser feitas em qualquer lugar do mundo, fora do território nacional.

Isso é possível porque esse tipo de cartão realiza uma conversão automática de acordo com o câmbio, lançando os valores na sua fatura ou debitando da sua conta em reais uma compra que pode ser feita em dólar, euro ou outra moeda estrangeira.

Assim, você consegue utilizar o mesmo cartão de crédito ou débito no Brasil e em outros países.

Vantagens do cartão internacional

Ter um cartão internacional proporciona uma série de vantagens para o consumidor moderno.

Confira as principais.

Poder fazer compras em sites internacionais

A principal vantagem de ter um cartão internacional é, naturalmente, poder comprar em lojas do exterior sem precisar se preocupar com as burocracias do câmbio.

Hoje, o mercado está totalmente globalizado e é possível comprar em lojas de qualquer país pela internet sem sair de casa.

Prova disso é o sucesso de grandes empresas e marketplaces estrangeiros como AliExpress, Alibaba, Shein e Shopee, que se tornaram febre entre os brasileiros.

Dessa forma, com um cartão internacional você consegue comprar em lojas online do exterior como se estivesse comprando no Brasil.

Os próprios sites já fazem a conversão e mostram o valor da compra em reais, da mesma forma que será lançado na fatura do seu cartão de crédito.

Então, tudo o que você precisa fazer é colocar os produtos no carrinho, fazer o pagamento com seu cartão internacional e aguardar a entrega do pedido.

Lembrando que a cotação da moeda utilizada para a operação de câmbio é aquela referente à data da sua compra.

Isso porque, até 2020, as operadoras de cartão cobravam a taxa de câmbio referente à data do fechamento da fatura — o que tornava as compras internacionais menos previsíveis em relação ao valor.

Desde 1º de março de 2020, porém, o Banco Central estabeleceu que a conversão de gastos com cartão de crédito no exterior deve ser feita com base na data da compra do cliente.

Praticidade em viagens

Além da praticidade em comprar pela internet, o cartão internacional também agiliza as compras no exterior durante as viagens.

Afinal, o meio de pagamento evita que você precise sacar e trocar dinheiro para a viagem, reduzindo riscos de assaltos e furtos.

Além disso, é muito mais conveniente usar o cartão de crédito para fazer suas compras em outros países.

Taxas competitivas

Antigamente, as taxas dos cartões internacionais eram altíssimas, o que os tornava restritos a um público de alta renda.

Hoje, esses meios de pagamentos estãomuito mais acessíveise cobram tarifas bem próximas às dos cartões nacionais, dependendo do tipo de cartão.

Existem até mesmo opções sem anuidade, mensalidade ou cobranças de taxas — como o cartão Neon. Logo, acaba valendo a pena optar pelo cartão internacional em vez do cartão nacional para ampliar as possibilidades de uso por um custo muito próximo.

Programa de recompensas atrativo

De modo geral, os programas de recompensas dos cartões de crédito internacionais são mais vantajosos do que os dos nacionais.

Muitos deles oferecem milhas que podem ser convertidas em passagens aéreas e pontos que podem ser trocados por diversos produtos e serviços de parceiros.

Desta forma, o cartão internacional proporciona mais benefícios conforme é utilizado.

Limite mais alto

Outra tendência é que o limite de crédito dos cartões internacionais seja mais alto.

Afinal, a possibilidade de comprar em qualquer lugar do mundo pressupõe gastos superiores, o que acaba sendo uma vantagem para quem precisa de mais crédito.

Leia também: Como aumentar o limite do cartão de crédito? 10 dicas

Tipos de cartão internacional

Existem dois principais tipos de cartão internacional: o tradicional (pós-pago) e o pré-pago.

Confira as diferenças entre eles.

Cartão de crédito internacional

O cartão de crédito internacional funciona na modalidade pós-pago, ou seja, você compra primeiro e paga depois.

No caso, você realiza as compras durante o mês e paga somente após o fechamento da fatura, respeitando a data de vencimento do cartão.

Lembrando que, na maioria dos cartões, você pode escolher a data de vencimento e fechamento da fatura para ficarem compatíveis com o recebimento da sua renda.

Além disso, o cartão de crédito internacional também permite que você parcele suas compras de acordo com o parcelamento oferecido pelo lojista.

Já o limite de crédito do cartão é definido considerando diversos critérios analisados pela instituição financeira emissora, como renda, hábitos financeiros, Score do CPF, etc.

Cartão de débito internacional

O cartão de débito internacional é utilizado somente para compras à vista e saques em qualquer lugar do mundo.

Ele é associado a uma conta bancária (tradicional ou digital) e todos os pagamentos são debitados do saldo desta conta. Dessa forma, é a melhor opção para manter o controle de gastos no exterior.

Cartão pré-pago internacional

O cartão pré-pago internacional também funciona somente para pagamentos à vista e, diferentemente do cartão de débito, precisa ser recarregado.

Geralmente, ele não está associado a uma conta bancária e o consumidor deve fazer as recargas em pontos específicos ou por meio de apps.

Assim, o saldo do cartão pode ser usado para fazer compras, pagamentos e, em alguns casos, saques no exterior. Quando o saldo acaba, é preciso fazer uma nova recarga para continuar usando o cartão.

Cartão múltiplo internacional

O cartão múltiplo internacional possui ambas as funções que acabamos de conhecer, (crédito e débito) no mesmo meio de pagamento.

O consumidor pode escolher qual função utilizar no momento do pagamento em qualquer lugar do mundo.

3 perguntas e respostas sobre o cartão internacional

1. Como funciona o IOF no cartão internacional?

Atualmente, o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) cobrado nas compras com cartão internacional é de 6,38% no Brasil.

No caso, essa alíquota é aplicada sobre o valor da compra em real para definir o valor da cobrança. Então, por exemplo, se você fizer uma compra internacional no valor de R$ 100, deverá pagar R$ 6,38 de IOF.

Esse valor é adicionado ao total da compra e lançado na sua fatura, no caso do cartão de crédito, ou debitado da sua conta, no caso do cartão de débito.

2. Como saber se meu cartão é internacional?

Para saber se seu cartão é internacional, basta verificar se ele tem o termo “Internacional” ou “International” impresso. De modo geral, essa informação está no verso do cartão.

Além disso, se o cartão for nacional, é provável que tenha o aviso “Valid only in Brazil” (“Válido apenas no Brasi”l) em algum ponto.

3. Existe cartão internacional grátis?

Sim, já existem opções de cartões internacionais que não cobram anuidade ou taxas de seus usuários.

Um deles é o cartão Neon, que combina a praticidade do débito com a característica única do pré-pago, como veremos a seguir.

Como fazer cartão internacional?

Atualmente, você consegue fazer um cartão internacional em poucos passos pela internet. Na maioria das instituições, o cadastro érealizado online e você recebe o cartão em poucos dias na sua casa.

Durante o processo, são solicitados dados como nome completo, CPF, endereço, renda atual e envio de documento digital com foto.

No caso do cartão de crédito, é preciso passar por uma análise de crédito para aprovação e definição do limite concedido, o que leva um pouco mais de tempo.

Já o cartão de débito costuma exigir a abertura de uma conta associada, que também pode ser feita online.

Cartão internacional Neon

Se você procura um cartão internacional prático, gratuito e sem risco de endividamento, a melhor opção é o cartão de débito internacional Neon.

Com ele, o saldo do seu cartão é o mesmo da sua conta digital, da mesma maneira que um cartão pré-pago (mas sem a necessidade de recargas).

Funciona assim: quando você coloca dinheiro na conta Neon, recebe de graça seu cartão físico internacional de débito. Assim, o saldo do cartão é igual ao da conta, ajudando no controle das suas finanças.

Além disso, o cartão não tem nenhuma taxa nem cheque especial e é possível fazer portabilidade de salário para garantir saldo todos os meses.

Aqui explicamos tudo sobre o cartão internacional Neon.

Gostou de conhecer melhor o cartão internacional e suas vantagens? Então peça agora seu cartão e comece a fazer suas compras no exterior.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.