Casamento na praia: guia completo com custos e dicas

Pensando em fazer um casamento na praia? Veja como organizar em 8 passos, faça uma estimativa de custos e prepare o grande dia!
6 minutos de leitura
6 minutos de leitura
Altar e mesas montados na praia

Seu sonho é fazer um casamento na praia? Depois deste texto, você estará mais próximo dessa realização!

A boa notícia é que as cerimônias com o pé na areia já estão sendo regularizadas em cidades litorâneas. Dessa forma, você só precisa de uma autorização da prefeitura para planejar um lindo casamento à beira-mar.

Se você não sabe por onde começar, acompanhe até o fim nosso artigo com todas as dicas de como organizar essa cerimônia, levantar os custos e se preparar para o grande dia.

Vamos à leitura?

Tem como fazer um casamento na praia?

Sim, é perfeitamente possível fazer um casamento na praia nas cidades litorâneas que permitem essa prática. Para isso, os noivos precisam ir até a prefeitura do município e solicitar uma autorização para utilizar o espaço público para esse fim.

Então, são estabelecidas algumas regras para a realização do evento, além da cobrança de taxas.

A cidade de Guarujá/SP, por exemplo, regulamentou o casamento nas praias em 2021. Desde então, as cerimônias podem ser realizadas nas praias das Astúrias, Enseada, Guaiúba, Pernambuco, Perequê e Tombo.

Entre as regras estabelecidas pela prefeitura, estão o limite de horário (7h às 19h para o evento todo), proibição da realização da festa durante a alta temporada e cobrança de taxa de pouco mais de R$ 2 mil pelo uso do espaço.

Então, se você sempre achou romântico o casamento na praia, saiba que esse sonho pode ser realizado e que não é tão complicado quanto parece.

A única questão é que você terá que fazer um planejamento adaptado para o local, que é totalmente diferente daquele colocado em prática para eventos em salões.

Aproveite e confira um guia completo sobre quanto custa um casamento.

Como organizar um casamento na praia em 8 dicas

O casamento na praia exige um planejamento específico, com várias etapas.

Confira um passo a passo para se organizar:

1. Planeje com antecedência

Assim como em qualquer grande evento social, o casamento na praia precisa ser planejado com bastante antecedência.

O ideal é definir a data da cerimônia um ano antes e intensificar os preparativos conforme o evento se aproxima.

Além disso, é fundamental verificar qual o tempo de antecedência mínimo para a solicitação de autorização à prefeitura.

No Guarujá, por exemplo, é preciso solicitar a licença no mínimo 45 dias antes da realização do casamento.

2. Garanta a autorização

Um dos pontos mais importantes para a realização do casamento na praia é ter a autorização do município para realizar o evento.

Então, antes de começar a pensar nos detalhes da festa, vá até a prefeitura e informe-se sobre todas as regras e custos para esse tipo de ocasião.

A partir dessas informações, você pode começar a planejar o casamento, pois terá uma noção do que é permitido ou proibido, do tamanho limite da festa, do espaço que pode ser usado, etc.

3. Defina o tamanho e estrutura da festa

Definir o tamanho da festa significa decidir quantos convidados serão recebidos para, então, planejar a estrutura necessária para o evento.

No caso do Guarujá, que estamos usando como exemplo, os casamentos na praia podem ser realizados com até 100 convidados. No entanto, é possível fazer cerimônias maiores ou menores, dependendo do local.

Para acomodar os convidados, você pode pensar em uma estrutura pé na areia, com tendas, pergolados e bangalôs, por exemplo.

Se quiser algo mais confortável, também é possível escolher um local fechado em frente à praia ou um ponto mais recuado.

Atenção: em algumas praias, não é permitido utilizar estruturas de vidro e certos tipos de tecidos, por exemplo, o que aumenta a necessidade de atenção no planejamento estrutural.

4. Tenha atenção ao clima

O clima é um dos pontos de atenção na hora de planejar um casamento na praia.

Naturalmente, você deve buscar um período do ano com menor incidência de chuvas, pois uma tempestade acaba com o evento e uma leve garoa já pode ser bastante incômoda para os convidados.

Você pode escolher meses mais secos como agosto e setembro, que também não são tão quentes e podem ter um clima mais confortável, dependendo da região — no sul do país, esta época ainda pode ter temperaturas muito baixas.

Outra dica é ficar de olho na previsão do tempo quando o evento estiver se aproximando e ter certa flexibilidade para mudar a data em função do clima, se for necessário.

5. Escolha um horário adequado

Ninguém merece ficar torrando no sol para acompanhar um casamento na praia, certo?

Por isso, procure fazer a cerimônia no fim da tarde, quando o sol já está mais fraco e os convidados podem ficar mais confortáveis.

Também não é indicado realizar a festa no horário entre 10h e 16h, devido aos ventos fortes que costumam soprar na praia nessa faixa.

6. Prefira refeições leves

Um casamento na praia pede refeições mais leves e que combinem com o ambiente.

Por isso, aposte em frutos do mar e carnes brancas como proteína e abuse de saladas, drinks frescos, frutas e doces gelados.

Não é indicado optar por comidas pesadas como massas com queijos e carnes gordurosas, por exemplo.

7. Prepare os convidados

Os convidados precisam ser avisados com antecedência sobre o casamento na praia e preparados para a ocasião.

É importante recomendar roupas leves, indicar que não usem sapatos com salto fino (que não servem para andar na areia) e informar sobre os trâmites da cerimônia.

8. Contrate uma assessoria

Por fim, é recomendável que você contrate uma assessoria especializada para lidar com todos os detalhes da cerimônia e evitar dor de cabeça.

Um detalhe importante é que a praia é um local de livre acesso público, ou seja, pessoas de fora podem circular pelo evento e até acabar entrando na festa como “penetras”.

Por isso, é importante contar com assessores experientes que possam ajudar a organizar o evento e evitar problemas no dia do seu casamento.

Vai casar no civil? Veja quanto custa e quais os requisitos.

Como é o vestido para casamento na praia?

O vestido de casamento na praia precisa ser mais leve e fluido para combinar com o clima quente e a vibe da natureza ao redor.

Os modelos de alcinha e tomara-que-caia são muito bem-vindos, principalmente se forem acompanhados de saias esvoaçantes.

Convém evitar muitas pedrarias, rendas e adornos que podem pesar o visual, afastando a ideia litorânea.

No cabelo, não é indicado usar o tradicional véu, que tem um ar muito clássico para a praia — melhor apostar em tiaras de flores e enfeites mais delicados.

Já o penteado pode ser mais despojado, com parte do cabelo solto em ondas ou até mesmo completamente solto com uma finalização adequada.

E os convidados? O que vestir em um casamento na praia?

Os convidados devem ser orientados a vestir roupas mais leves, a gosto dos noivos.

As mulheres podem usar vestidos acima do joelho e os homens podem apostar em tecidos de algodão e linho, que são mais frescos.

Em casamentos mais informais, até mesmo uma combinação de camisa de botões e bermuda caem bem.

Como decorar um casamento na praia?

A decoração de um casamento na praia pode seguir uma linha mais rústica, com elementos naturais e terrosos.

Você pode abusar de flores delicadas e arranjos com plantas, que tornam o ambiente mais vivo e em harmonia com a natureza. Também podem ser usados elementos em vime, como cestos e jogos americanos.

Já pensou em colocar os convites dentro de garrafas com rolhas, como aquelas que são jogadas ao mar nas histórias de náufragos?

Você ainda pode disponibilizar chinelos personalizados para que os convidados fiquem mais à vontade na hora da festa.

Quanto custa um casamento na praia?

O preço de um casamento na praia varia de acordo com o tamanho do evento.

Pensando em um evento pequeno somente para familiares e amigos mais próximos, é possível organizar uma cerimônia a partir de R$ 20 mil.

No entanto, o valor pode ultrapassar facilmente os R$ 100 mil, dependendo do número de convidados, pratos e atrações planejadas.

Veja alguns exemplos de custos que devem ser levantados:

  • Taxa de uso do espaço cobrada pela prefeitura;
  • Custos com a parte estrutural (cobertura, cadeiras, mesas, etc.);
  • Decoração (flores, velas, tapetes, enfeites de mesa, etc.);
  • Buffet (alimentação e bebidas);
  • Contratação de sacerdote ou mestre de cerimônia;
  • Contratação de músicos;
  • Contratação de serviço de limpeza e atendimento;
  • Contratação de segurança;
  • Contratação de equipe audiovisual (vídeo e fotografia);
  • Aluguel ou compra de vestido de noiva, terno do noivo e trajes de daminhas e pajens;
  • Aluguel de gerador de energia elétrica e equipamentos de som;
  • Alianças;
  • Criação, impressão e envio de convites;
  • Lembrancinha de casamento.

Ao listar todos esses custos, você terá uma ideia do orçamento total do seu casamento na praia.

Dicas de organização financeira para fazer um casamento na praia

Agora que você sabe como fazer um casamento na praia, siga nossas dicas de organização financeira para não ficar com o orçamento apertado:

  • Use uma planilha de gastos mensais para organizar suas contas antes do casamento;
  • Comece a juntar o dinheiro para o casamento com bastante antecedência, separando um valor fixo mensal no momento do recebimento do seu salário;
  • Tenha uma reserva de emergência preparada para qualquer imprevisto;
  • Aprenda a investir o dinheiro do casamento para multiplicar sua verba até a data programada;
  • Procure economizar dinheiro antes da cerimônia, priorizando os gastos essenciais.

Que tal guardar o dinheiro para seu casamento na Neon?

Casar exige bastante organização e planejamento financeiro, mas você pode contar com a Neon para guardar dinheiro no melhor CDB para o seu dinheiro crescer, o CDB Neon! Aqui você tem segurança reforçada para o seu dinheiro e o melhor rendimento do mercado: até 113% do CDI (muito mais do que a poupança).

Além disso, você pode guardar a partir de R$ 1 e pode resgatar o dinheiro a qualquer momento.

O CDB Neon é tão seguro quanto a poupança e bem melhor que outros investimentos por aí. Para começar a investir você só precisa de R$ 1 e um sonho, e o sonho você já tem, certo?

Vem transformar o seu casamento em realidade!

Telas Do Investimento Criado No Cdb Neon No App

E então, tirou todas as suas dúvidas sobre o casamento na praia? Continue acompanhando o blog Neon para aprender mais sobre temas que impactam o seu bolso.

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 12

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO