IOF em compra internacional: qual a alíquota e como calcular?

Você sabe como funciona e como calcular o IOF em compra internacional? Entenda as contas e veja como o imposto será zerado até 2029.
3 minutos de leitura
3 minutos de leitura
Caderno amarelo com sigla IOF na capa em frente a fundo verde-água

O IOF em compra internacional é um imposto que você precisa pagar toda vez que faz uma compra em um site ou aplicativo estrangeiro.

Com certeza, você já deve ter visto uma cobrança de IOF na sua fatura do cartão de crédito ou extrato bancário.

Felizmente, esse imposto será zerado nas operações cambiais até 2029, como veremos neste artigo.

Continue a leitura para saber qual é o valor do IOF em compra internacional, como calcular e quando o imposto será extinto.

O que é IOF em compra internacional?

IOF em compra internacional é o Imposto sobre Operações Financeiras cobrado nas transações feitas em sites estrangeiros.

Toda vez que você compra um produto em um site do exterior, esse tributo é adicionado ao valor da transação.

Além disso, o IOF é cobrado em várias outras operações financeiras, como empréstimos, financiamentos, cheque especial, câmbio, seguros e investimentos.

Exemplos de compras internacionais com aplicação de IOF

Qualquer compra realizada em um site ou aplicativo internacional tem incidência de IOF.

Veja alguns exemplos:

  • Compras em marketplaces internacionais, como AliExpress, Alibaba e Ebay
  • Compras em sites de moda internacionais, como Shein
  • Compras de vendedores internacionais em marketplaces, como Amazon, Mercado Livre e Shopee.

Qual o valor do IOF em compras internacionais?

Em 2024, o valor do IOF em compras internacionais é de 4,38%.

No ano anterior, o valor era de 5,38%, mas o governo se comprometeu a reduzir gradualmente a cobrança até zerar o imposto em 2029.

Dessa forma, o IOF será reduzido em 1% a cada ano, seguindo o cronograma abaixo:

  • 2024 — 4,38%
  • 2025 — 3,38%
  • 2026 — 2,38%
  • 2027 — 1,38%
  • 2028 — 0,38%
  • 2029 — zero (fim do IOF cambial).

Portanto, em 2029, não haverá mais cobrança de IOF em compras internacionais, assim como em transferências internacionais e saques no exterior.

Essa medida é uma das obrigações que o Brasil deve cumprir para aderir aos Códigos de Liberalização de Movimentação de Capitais e de Operações Invisíveis, que são requisitos para entrar na Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

Como calcular o IOF em uma compra internacional?

Para calcular o IOF em uma compra internacional, basta adicionar a alíquota vigente ao valor total da transação, incluindo o frete.

Vamos supor que você faça uma compra em um site do exterior no valor de R$ 150 mais um frete de R$ 25.

Então, para calcular o IOF, é só multiplicar o valor total da compra (R$ 175) pelo IOF atual, de 4,38%.

Veja como fica:

  • IOF = alíquota vigente x valor da compra
  • IOF = 4,38% x R$ 150
  • IOF = R$ 7,66.

Logo, é só somar o valor de IOF de R$ 7,66 para chegar ao valor final da compra: R$ 182,66.

Veja como ficaria o valor dessa mesma compra com a redução gradual do IOF até 2029:

AnoValor do IOFValor final da compra de R$ 175
20253,38% — R$ 5,91R$ 180,91
20262,38% — R$ 4,16R$ 179,16
20271,38% — R$ 2,41R$ 177,41
20280,38% — R$ 0,66R$ 175,66
20290R$ 175

Tem como não pagar IOF em compra internacional?

Não, não existe nenhuma maneira legalizada de evitar o pagamento do IOF em compras internacionais.

Até porque o tributo é adicionado automaticamente à fatura do cartão de crédito ou ao valor do Pix — ou, ainda, debitado automaticamente da conta bancária nas operações de débito.

Como vimos, esse imposto só será extinto a partir de 2029.

Até lá, será obrigatório pagar o IOF em compras internacionais e diversas outras operações cambiais.

Lembrando que somente o IOF cambial será descontinuado — a cobrança do imposto em outras transações, como operações de crédito, continua normalmente.

Outras operações com cobrança de IOF

Além das compras internacionais, o IOF é cobrado nas seguintes operações financeiras:

  • Contratação de empréstimos e financiamentos
  • Uso do crédito rotativo, no caso de atraso no pagamento da fatura do cartão de crédito ou pagamento de valor mínimo ou parcial
  • Uso de qualquer valor do cheque especial
  • Parcelamento de fatura de cartão de crédito
  • Saques com cartão de crédito
  • Retirada de investimentos com menos de 30 dias de aplicação
  • Pagamento de prêmio de seguro
  • Operações de câmbio com moeda estrangeira.

Entendeu o que é IOF em compra internacional e como calcular esse tributo?

Aproveite e conheça o cartão de crédito Neon, com anuidade gratuita, Viracrédito, cashback e limite elástico!

Em breve, você poderá fazer compras internacionais com ele sem pagar IOF!

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO