Quanto custa manter um carro por mês ou ano no Brasil?

Sabe quanto custa manter um carro no Brasil e quais os gastos envolvidos? Confira neste artigo com direito a cálculos e dicas de economia.
5 minutos de leitura
5 minutos de leitura
xx-custos-para-manter-carro

Você sabe quanto custa manter um carro no Brasil e quais são os gastos envolvidos? Esse é um cálculo essencial para decidir se vale a pena comprar um veículo ou continuar tendo esse meio de transporte próprio.

Além do preço de aquisição, o carro traz custos como manutenção, impostos, combustível, estacionamento, depreciação, entre outros que podem ficar ocultos e pesar no orçamento.

Por isso, é melhor você continuar lendo nosso artigo para descobrir quanto custa manter um carro e se é uma boa ideia ter um.

Vamos lá?

Por que calcular quanto custa manter um carro?

Calcular quanto custa manter um carro é um passo essencial para decidir se vale a pena adquirir um veículo próprio, além de ser importante para quem já possui um automóvel e precisa colocar os gastos na ponta do lápis.

Afinal, existem muitos custos que podem passar despercebidos no dia a dia ou são difíceis de prever.

Para quem vai comprar um carro, o valor anunciado pela concessionária ou proprietário é apenas o primeiro gasto que deve ser considerado.

Assim que o veículo chega, começam os custos com manutenção, estacionamento, combustível, impostos, seguro, lavagem, entre outros.

Para quem já tem um veículo, é preciso entender qual o impacto desses gastos no orçamento para decidir se compensa continuar mantendo esse bem.

Em ambos os casos, você precisa fazer um cálculo considerando todos os gastos que um veículo gera — dos mais comuns aos eventuais.

É o que vamos conferir nos próximos tópicos.

Quanto custa ter um carro, afinal?

Se você está se perguntando quanto custa ter um carro, o primeiro passo é entender que o valor da compra é só o primeiro gasto necessário.

Se pensarmos em um carro zero quilômetro, por exemplo, o modelo mais simples não sai por menos de R$ 60 milatualmente no Brasil.

É o caso do Fiati Mobi Trekking, considerado o carro mais barato do país, que saiu por pouco mais de R$ 62 mil em 2022. Já o mercado de usados tem preços mais convidativos, que podem começar lá pelos R$ 10 mil para os veículos mais antigos.

No entanto, é preciso levar uma série de outros aspectos em conta ao comprar um carro, pois, muitas vezes, mais barato não significa mais econômico.

Por exemplo, um carro mais antigo que faz 7 km/l e gera muito mais custos de manutenção vai sair mais caro do que um carro mais moderno que faz 12 km/l e exige menos reparos.

Por outro lado, também é preciso considerar o IPVA, que fica mais caro à medida que sobe o preço do automóvel, pois corresponde a uma porcentagem do valor do veículo na tabela Fipe. Esse imposto varia entre 2% e 4% do total, dependendo do estado.

Além disso, é preciso pesquisar o valor do seguro, que depende do modelo do veículo e do perfil do motorista.

Outro ponto importante é que os financiamentos de veículos têm altos juros e encargos, que fazem você pagar dois carros para levar um. Então, se o carro for financiado, a parcela precisa entrar nos custos mensais.

Por isso, é importante conhecer o mercado de automóveis antes de adquirir um carro e reservar uma parcela do seu orçamento exclusivamente para os gastos do veículo.

Quanto se deve ganhar para comprar um carro?

Para entender quanto se deve ganhar para comprar um carro, vamos usar o método 50-30-20 de distribuição de orçamento, seguindo as regras abaixo:

  • 50% para gastos essenciais: metade do seu dinheiro deve ser direcionado aos gastos essenciais da vida (aqueles que não são opcionais), como aluguel, contas, supermercado, plano de saúde, etc.;
  • 30% para gastos supérfluos: um terço da renda pode ser gasto com produtos e serviços que não são totalmente necessários, como uma roupa nova, um jantar no restaurante, uma ida ao cinema, uma viagem, entre outros;
  • 20% para dívidas e investimentos: o restante da renda deve ser destinado aos objetivos financeiros, que podem ser investimentos e/ou dívidas, dependendo da sua situação.

Nesse caso, os gastos com o veículo devem entrar nos 50% de custos essenciais.

Logo, todos os seus gastos essenciais (aluguel, condomínio, contas, etc.) somados aos custos com o carro (incluindo a parcela, se for financiado) devem caber na metade do seu salário.

Se for preciso ultrapassar esse limite com os gastos do veículo, é sinal de que o automóvel não é compatível com seu poder de compra e pode pesar no orçamento.

Banner Com Cta Para Baixar Planilha De Gastos

Quais são os gastos com carro?

Se você quer saber quanto custa manter um carro, deve considerar os seguintes gastos:

  • Se for comprado à vista, o valor de mercado do veículo;
  • Se for financiado, os custos totais do financiamento, incluindo parcela, juros e encargos;
  • Combustível;
  • Impostos e taxas (IPVA, licenciamento, etc.);
  • Revisões e manutenções periódicas;
  • Seguro;
  • Estacionamento;
  • Lavagem;
  • Depreciação (valor do veículo perdido ao longo dos anos devido à desvalorização natural do bem).

Quanto custa manter um carro por mês?

Manter um carro popular no Brasil custa, em média, de R$ 1 mil a R$ 3 mil por mês. Esse é apenas um valor aproximado, pois o custo varia conforme a inflação, situação do mercado automotivo e preço dos combustíveis, por exemplo.

Para você ter uma ideia, ter um Hyundai HB20 1.0 (um dos carros mais vendidos do seu ano) em 2021 no Brasil custava R$ 1,7 milpor mês, segundo cálculos feitos pelo UOL.

Esse valor inclui IPVA, seguro automotivo, combustível para rodar 1,2 mil km por mês (faz 13,5 km/l), manutenção e revisões.

Isso porque se trata de um carro zero quilômetro, logo, o custo de manutenção é muito menor do que o de um usado.

Em outra simulação, também feita pelo UOL, estes eram os valores mensais de manutenção de alguns carros em 2020:

  • Ford Ka SE 1.0: R$ 1.125,81
  • Volkswagen T-Cross Comfortline 1.0 TSI: R$ 1.466,30
  • Toyota Corolla XEi: R$ 1.587,31.

Porém, com a inflação dos combustíveis vivida em 2022, um carro com valor de R$ 70 mil, como um Honda Civic usado, chega a ter um custo mensal de R$ 3.844, segundo pesquisa realizada pelo consultor automotivo Leandro Mattera.

Quanto custa manter um carro por ano?

Com base nos valores que vimos acima, podemos concluir que manter um carro popular custa entre R$ 12 mil e R$ 40 mil ao ano.

Nos exemplos mencionados, manter um Hyundai HB20 1.0 custa cerca de R$ 20,4 mil por ano, enquanto um Honda Civic pode custar R$ 46,1 mil por ano.

Como calcular o custo de manutenção de um veículo?

Para calcular o custo de manutenção de um veículo, siga as dicas abaixo:

  • Verifique quantos quilômetros o carro faz com um litro de combustível para calcular o gasto com álcool ou gasolina;
  • Cheque as condições de itens que precisam ser trocados com frequência, como óleo, filtros, mangueiras, pneus, amortecedores, etc.;
  • Verifique a situação (e os custos) da suspensão e do alinhamento/balanceamento;
  • Confira regularmente a depreciação do veículo, acompanhando os preços na tabela FIPE;
  • Considere o valor do seguro específico para o automóvel.

Como economizar no custo mensal do carro?

Se você quer economizar com o carro para continuar mantendo esse meio de transporte próprio, siga as dicas abaixo.

Economize combustível

São várias as medidas que você pode tomar para economizar combustível, tais como:

  • Abastecer somente em postos confiáveis;
  • Evitar peso desnecessário no carro;
  • Manter os pneus calibrados;
  • Acelerar e frear gradualmente.

Procure estacionamentos mais baratos

Na hora de estacionar, prefira locais mais baratos em vez dos mais próximos ao seu ponto de desembarque.

Se possível, utilize a zona azul ou procure por uma vaga na rua para economizar com estacionamento.

Compre peças pela internet

Comprar peças de reposição automotivas pela internet sai mais barato do que adquiri-las diretamente na mecânica.

Ao fazer isso, você economiza e só paga a mão de obra na manutenção do veículo.

Peça nota fiscal e abata do IPVA

Alguns estados oferecem desconto no IPVA para quem pede nota fiscal em suas compras do dia a dia.

É o caso do programa Nota Fiscal Paulista, de São Paulo: basta que o veículo esteja no nome da pessoa cadastrada no programa do governo que o desconto é concedido. Então pesquise se há alguma promoção equivalente no seu estado e economize.

Entendeu quanto custa manter um carro e se vale a pena manter esse meio de transporte? Temos outros conteúdos relacionados ao assunto que podem te interessar:

Continue de olho nos nossos artigos e confira mais dicas para economizar no dia a dia e manter um padrão de vida equivalente aos seus ganhos.

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 34

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO