Com o uso de agendas de papel ou de aplicativos modernos, o planejamento semanal pode ser feito de inúmeras maneiras, garantindo maior produtividade para seu dia a dia.

E os benefícios da organização se estendem para todas as áreas da vida, auxiliando a direcionar desde sonhos profissionais até mudanças de hábitos de saúde.

O segredo para um bom planejamento, contudo, é manter flexibilidade e leveza, evitando regras rigorosas demais.

Para isso, é preciso estar por dentro de alguns truques práticos de gerenciamento de tempo.

A seguir, listamos as principais dicas para você fazer o seu planejamento semanal de maneira tranquila e eficaz, sem passar nervoso com metas absurdas!

Por que fazer um planejamento semanal?

Sejamos sinceros: administrar o excesso de tarefas cotidianas pode ser muito desafiador, não é mesmo?

De compromissos familiares a entregas urgentes no trabalho, o que não faltam são demandas que exigem nossa atenção e energia.

Nesse contexto, uma das estratégias mais eficientes para o bom gerenciamento de tempo é o planejamento em que conseguimos agrupar nossas atividades por blocos.

Ao escrever e organizar as tarefas, auxiliamos nosso cérebro a visualizar de maneira mais concreta as demandas abstratas.

Por isso, estamos falando de um processo que proporciona não somente uma representação física das obrigações, mas também facilita a compreensão efetiva das responsabilidades. 

Veja a seguir algumas das vantagens práticas do planejamento semanal:

  • Definição de metas e objetivos mais realistas, impulsionando a produtividade
  • Equilíbrio entre vida pessoal e profissional, respeitando os momentos de descanso do corpo e da mente
  • Maior praticidade na mudança de hábitos de saúde, como praticar mais exercícios, para facilitar a manutenção da consistência das atividades
  • Concretização de sonhos e projetos pessoais, como comprar um imóvel ou um carro
  • Menos entregas de “última hora”, levando à redução do estresse por pressão
  • Gerenciamento de crises mais efetivo, uma vez que o cronograma de atividades é flexível o suficiente para acomodar imprevistos
  • Tomada de decisões mais assertivas, evitando o excesso de tarefas e a consequente sobrecarga emocional
  • Fim do desperdício de tempo com retrabalhos.

Em resumo, o planejamento semanal bem elaborado pode ser uma eficiente ferramenta para o desenvolvimento profissional e para a promoção do bem-estar.

Como planejar a semana?

Em primeiro lugar, saiba que tabelas de atividades rigorosas e pesadas demais surtem o efeito contrário: diante da sobrecarga, nossa natural tendência é a de não seguir o cronograma proposto.

Por isso, para fazer um planejamento semanal adequado, seja cuidadoso e leve em consideração seus próprios limites.

Confira agora 5 passos para organizar a semana de forma eficaz.

1. Defina metas realistas

Como mencionamos, manter os pés no chão é fundamental para criar planos de fato realizáveis.

Para isso, leve em consideração seu ritmo de trabalho e a estimativa de entrega diária

E mais: ao distribuir as tarefas, é importante considerar o período do dia em que você se sente mais produtivo. 

Por exemplo, se você se sente mais concentrado à noite, deixe para esse horário as atividades que exigem maior esforço mental.

Saiba mais como planejar suas metas!

2. Defina um dia da semana para planejar

No começo, você perceberá que pode ser desafiador manter o hábito de se planejar.

Uma dica para não se esquecer é fixar um dia específico para planejar a semana seguinte.

Por exemplo, no fim da tarde de sexta-feira, você pode realizar o balanço das entregas da semana e também preparar o cronograma da próxima.

3. Liste todas as atividades

Conforme a metodologia de produtividade pessoal Getting Things Done (GTD), listar todas as atividades auxilia a filtrar as que realmente são necessárias.

Segundo o criador da GTD, David Allen, a primeira lista de tarefas deve ser feita de forma livre, incluindo até mesmo os pequenos compromissos.

Em um segundo momento, é preciso realizar uma “filtragem” dos itens, classificando-os por nível de urgência.

Inclusive, você poderá reparar que muitas das atividades nem mesmo exigem alguma ação sua, podendo ser excluídas do planejamento semanal.

Dentre as atividades prioritárias, realize primeiro as mais rápidas, deixando para ao longo da semana as que exigem maior esforço e que dependem de outras pessoas também.

4. Inclua pausas para descanso

Sim, é importante que você fixe na sua agenda os horários para descanso

Por mais simples que pareça, sabemos que as pausas podem ser negligenciadas em meio à correria do dia a dia. 

Como resultado da falta de respiro, você rapidamente poderá se sentir sobrecarregado, impactando negativamente na sua qualidade de vida e produtividade no trabalho.

E isso vale tanto para quem trabalha presencialmente quanto para os funcionários de home office. 

Dica: você pode aliar às pausas alguns exercícios de alongamento, de forma a evitar dores no corpo por conta das horas de trabalho.

5. Use a tecnologia a seu favor

Ainda que você prefira agendas e cadernos físicos para anotar seus compromissos, saiba que existem recursos tecnológicos que podem facilitar seu controle semanal de atividades. 

De quadros de tarefas online a planilhas interativas, escolha a ferramenta mais prática! 

Para ajudá-lo a se inspirar, listamos a seguir os aplicativos digitais mais recomendados para fazer planejamento semanal.

Trello

O Trello é uma plataforma online que usa a metodologia Kanban de gerenciamento de atividades. 

Você pode agrupar suas atividades semanais conforme o status de “a executar”, “em andamento” e “tarefa concluída”, por exemplo. 

Por ser visualmente personalizável, o Trello é uma ferramenta que se adapta às necessidades de cada situação, tornando o dia a dia de todos muito mais produtivo.

Google Agenda

O Google Agenda é um recurso disponível para contas pessoais e profissionais, permitindo a inclusão de lembretes de aniversário a horários de videoconferências. 

A sincronização com as demais plataformas da bigtech, como o drive de armazenamento, torna esse app muito prático para todos os momentos.

Planner Pro

Com versões gratuitas e premium, o Planner Pro é um aplicativo reconhecido pela sua interface intuitiva e descontraída.

Os layouts podem ser personalizados de maneira prática, permitindo que o usuário realize adaptações conforme a utilização do planner.

Por exemplo, o Planner Pro é um recurso muito utilizado por quem pretende elaborar um planejamento semanal focado em aspectos financeiros.

Como fazer um planejamento semanal financeiro?

Se você está precisando colocar em ordem suas finanças pessoais, saiba que com um bom planejamento pessoal financeiro isso é possível.

Veja algumas dicas que vão ajudar você a quitar dívidas, juntar dinheiro e até mesmo criar boas carteiras de investimento:

  • Mapeie suas despesas e registre-as em uma planilha mensal
  • Identifique oportunidades para reduzir gastos desnecessários
  • Elabore um plano para quitar as pendências financeiras mais urgentes
  • Renegocie dívidas que estão além de sua capacidade de pagamento
  • Economize e junte o dinheiro em uma reserva financeira.

Uma forma prática de economizar dinheiro aos poucos é usar o Desafio das 52 semanas:, em que você começa com R$ 1 e pode chegar a economizar R$ 6.890 se conseguir cumprir com a meta estabelecida.

Se você gostou dessas dicas, compartilhe.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.