Planejamento de metas: como fazer e concretizar seus sonhos?

O planejamento de metas pessoais deve ser feito adequado à sua realidade para garantir que os seus sonhos serão alcançados. Veja como fazer.
8 minutos de leitura
8 minutos de leitura
Mão escrevendo em calendário com datas marcadas

Você já tem um planejamento de metas ou não sabe direito o que esperar do amanhã? É normal se sentir perdido às vezes, mas é preciso ter um plano para se manter focado nos seus objetivos.

Ou seja, seguir um caminho direcionado para ter boas conquistas no futuro.

Um estudo (em inglês) de pesquisadores da Universidade de Scranton (EUA), divulgado no Harvard Business Review, aponta que somente 19% persistem nos objetivos a que se propõem nos dois anos seguintes. 

E todos sabemos que planejar é essencial, seja para viajar no próximo fim de semana, para conquistar o emprego dos seus sonhos ou para viver uma aposentadoria confortável.

Por isso, vamos ajudá-lo a fazer um planejamento de metas de curto, médio e longo prazo.

Continue lendo e aprenda a organizar sua vida financeira, pessoal e profissional.

O que é um planejamento de metas?

Um planejamento de metas é uma ferramenta que o ajuda a organizar sua vida pessoal e profissional para alcançar o que você deseja.

Ele pode ter a forma de um documento, um quadro, uma lista, uma planilha ou o que funcionar melhor para você. O importante é que seja um registro que contenha os passos que você vai seguir.

Podemos pensar no planejamento como uma espécie de roteiro que guia as ações no caminho certo, mirando sempre nas metas que queremos alcançar na vida.

Essas metas podem ser:

  • Conquistar um aumento de salário;
  • Alcançar um determinado cargo na carreira;
  • Comprar um imóvel;
  • Abrir um negócio;
  • Criar uma família;
  • Viajar pelo mundo;
  • Investir no desenvolvimento pessoal e profissional;
  • Qualquer outro plano de curto, médio ou longo prazo.

Com tantos sonhos e projetos, nem sempre conseguimos nos organizar e focar no que importa. Consequentemente, deixamos os planos apenas em nossa mente.

E o que acontece? A tendência é que eles se percam entre os pensamentos do dia a dia. Porém, é possível reverter isso. É o que você vai descobrir nos próximos tópicos. 

Importância do planejamento de metas pessoais

Provavelmente você já se sentiu “estagnado” em algum momento da vida. Nessas ocasiões, você fica sem saber direito o que está buscando e conta com o fantasma da baixa produtividade à espreita.

Saiba que esses são sintomas da falta de planejamento de metas. Ter um plano serve como uma referência para manter você focado nos objetivos mais importantes, principalmente nos momentos de dúvida, desânimo ou indecisão.

Antes de tudo, vale fazer uma distinção entre objetivos e metas. Os objetivos têm relação com o seu propósito e são mais abrangentes. Eles são os sonhos que você deseja alcançar.

Então, enquanto o sonho é um desejo, as metas são tarefas específicas que você vai fazer para atingir os objetivos. 

São as ações que você desempenha no dia a dia tendo em vista o objetivo. Essas tarefas têm prazos e precisam estar bem definidas no seu planejamento.

Benefícios do planejamento pessoal de metas

Um planejamento de metas é importante também porque gera uma série de benefícios para a sua vida.

Veja quais são os principais:

Senso de direção

Quando você tem metas, tem um senso de direção durante sua jornada, para que você saiba em que vai despender esforços. 

Elas são um guia para você não se sentir estático e para saber exatamente aonde quer chegar. 

Satisfação pessoal

Embora as metas tragam mais desafios à vida, elas também lhe proporcionam mais satisfação pessoal, porque você terá uma visão mais tangível do seu potencial. 

Motivação

Ter metas vai ajudá-lo a se sentir mais motivado. 

Você sentirá vontade de estar realizado e isso o impulsiona com sentimentos positivos que vão contribuir para superar obstáculos e progredir diariamente.  

Ter controle do futuro

As metas o ajudam a ter um melhor controle do futuro, pois você não vai caminhar sem rumo ou seguir um fluxo sem direção. 

Planejamento de metas para diferentes prazos

Na hora de fazer seu planejamento de metas, é importante saber separar os planos de curto, médio e longo prazo.

Veja quais são as características de cada um.

Planos de curto prazo

Os planos de curto prazo são aqueles que você pretende realizar em menos de um ano, às vezes em poucos meses ou até semanas.

Estes são alguns exemplos em diferentes áreas da vida:

  • Fazer um curso para melhorar sua qualificação e conquistar um emprego;
  • Organizar seu orçamento e fazer uma reserva de emergência;
  • Fazer uma pequena reforma ou renovar a mobília;
  • Adotar hábitos alimentares mais saudáveis;
  • Começar a praticar exercícios físicos.

Planos de médio prazo

Já os planos de médio prazo costumam ser realizados em um período de um a cinco anos.

Veja alguns exemplos:

Planos de longo prazo

Por fim, os planos de longo prazo têm um horizonte acima de cinco anos para serem realizados.

Estes são os exemplos mais comuns:

  • Alcançar um alto cargo ou se tornar referência na profissão;
  • Comprar um imóvel;
  • Alcançar a independência financeira;
  • Pagar a faculdade dos filhos;
  • Poupar recursos para a aposentadoria;
  • Mudar de país.

Como definir metas para o seu planejamento?

Você já definiu alguma meta para sua vida que não conseguiu alcançar? 

Um dos motivos pelos quais grande parte das pessoas não consegue atingir os objetivos é porque não formulam metas corretamente. 

Ou seja, não têm uma atitude proativa sobre as etapas que precisam ser cumpridas para alcançar algo maior. É como se essas pessoas vissem a estrada a partir de um ponto cego, levando a ações inconsistentes ao longo do tempo. 

Para definir suas metas, você pode antes se fazer algumas perguntas

  • Por que você busca esse objetivo?
  • O que você gostaria de alcançar?
  • Quão importante é para você?
  • O que deseja mudar na sua vida?
  • Do que você estaria disposto a desistir?
  • Você está disposto a mudar?
  • Há outras pessoas envolvidas?
  • Onde quero estar?
  • Quanto tempo vou me dedicar diariamente?

Uma dica é anotar as respostas em um papel ou em uma planilha para consultá-las sempre que perceber que suas ações não o estão levando ao seu objetivo. 

Metas SMART

Na área de planejamento, utiliza-se um conceito chamado “Metas SMART”, facilmente explicado pelo significado do acrônimo:

  • Específicas (Specific): metas práticas e específicas que indicam claramente o que você deve fazer;
  • Mensuráveis (Measurable): metas que permitem mensurar o progresso a cada dia;
  • Alcançáveis (Attainable): metas realistas e possíveis de serem atingidas na sua situação atual;
  • Relevantes (Relevant): metas relevantes para seu contexto atual, com grande potencial de melhorar sua vida;
  • Temporais (Timed): metas com prazos definidos para mantê-lo focado.

Seguindo esses critérios, fica mais fácil definir metas que você realmente pode alcançar nas suas condições atuais e acompanhar de perto sua evolução.

Lembrando que as metas são desdobramentos de um objetivo maior da sua vida. 

Por exemplo, se você tem o objetivo de conquistar uma posição de referência na profissão, vai precisar desdobrar esse plano de longo prazo em várias metas menores ao longo dos anos, como fazer cursos, conquistar promoções e realizar projetos.

Da mesma forma, um plano de independência financeira precisa ser dividido em metas como ter uma reserva de emergência, poupar dinheiro todo mês, investir, entre outros passos.

Ferramentas para planejamento de metas

Existem várias ferramentas que podem ajudar a organizar e dar forma ao seu planejamento de metas.

Confira algumas das mais usadas:

Quadro de planejamento

O quadro de planejamento (ou quadro planejador) é uma das ferramentas mais simples e eficientes para registrar suas metas e ações

No mercado, você encontra quadros mensais e anuais com espaço para anotar ou colar post-its como você quiser. A vantagem é que as informações ficam sempre à vista e o ajudam a lembrar das metas constantemente. 

Por outro lado, por ser um quadro físico e estático, também é mais limitado e não tem os recursos de gestão e de organização que as ferramentas digitais oferecem.

Planner

O planner funciona como um caderno de metas no qual você anota seus objetivos, sonhos, projetos, estratégias e ações necessárias para chegar aonde deseja.

Existem vários modelos de planner digitais que podem ser baixados para usar no computador ou impressos, e ainda os tradicionais cadernos físicos. 

Dependendo do modelo, há espaço de sobra para o planejamento diário, semanal, mensal, semestral e anual.

Apps de planejamento

Para agilizar seu planejamento de metas, existem diversos aplicativos e plataformas que colocam a tecnologia a serviço da sua organização pessoal.

O Trello, por exemplo, é uma excelente versão digital do quadro planejador e ajuda a gerenciar suas tarefas em quadros, listas e cartões dinâmicos.

Você também pode usar o clássico Google Agenda para se planejar diariamente e traçar suas metas de médio prazo.

Outro app útil é o Todoist, que permite organizar a vida e o trabalho em listas de tarefas e projetos de curto, médio e longo prazo.

5W2H

A ferramenta 5W2H tem como referência o modelo Toyota de produção e costuma ser utilizada para fins de planejamento estratégico nas empresas. No entanto, pode ser adaptada para objetivos pessoais. 

No 5W2H, você responde uma lista de perguntas para ter clareza de diferentes cenários. Funciona também como um controle para o cumprimento de prazos e de responsabilidades.

Para colocar em prática, o 5W2H se desdobra em: 

  • What: o que precisa ser feito?
  • Why: por que preciso fazer essa tarefa?
  • Who: quem deve realizar?
  • Where: onde será executado o plano?
  • When: quando deve ser realizado?
  • How: como será encaminhado?
  • How much: qual será o custo?

Você pode reformular as respostas ao longo do tempo, caso haja necessidade de ajustes. 

Notion

O Notion é uma plataforma online que permite a criação de um espaço de trabalho no qual você pode organizar de diferentes formas as metas.

Funciona com estrutura de blocos. Você pode inserir imagens, vídeos, textos, checklists, marcadores, entre outros recursos. 

Muitas pessoas criam planners de organização para cada área da vida nessa ferramenta. Ou seja, planners para trabalho, tarefas do dia a dia, viagens, saúde ou estudos

É uma ferramenta de produtividade interessante e gratuita que possui milhões de usuários em todo o mundo. 

Como fazer um plano de metas em 8 passos

Fazer seu planejamento de metas é mais simples do que parece, desde que você siga os passos certos.

Veja como organizar o seu agora!

1. Tenha objetivos claros

Como vimos, antes das metas vêm os objetivos, propósitos maiores para alcançar na sua vida. Eles são poucos e definem quem você é e o que busca na vida pessoal e profissional.

Alguns exemplos são:

  • Conquistar o equilíbrio entre vida pessoal e profissional;
  • Ter um negócio que contribua com a humanidade;
  • Construir uma grande família.

2. Crie metas inteligentes

O próximo passo é usar os critérios SMART que você já aprendeu para definir metas alcançáveis e relevantes para sua vida.

Lembre-se de dividir as metas entre as de curto, médio e longo prazo, começando sempre pelas mais próximas do momento atual. 

Elas devem estar alinhadas aos objetivos, funcionando como pequenos passos necessários para alcançar grandes propósitos.

3. Foque no que é mais importante

As metas permitem que você tenha foco no que é mais relevante. Para isso, é indispensável defini-las com antecedência, para evitar que você utilize seu tempo fazendo algo que não levará ao seu objetivo. 

Além disso, ter foco facilita a tomada de decisão. Quando você sabe o que quer alcançar, pode decidir mais facilmente sobre o que priorizar e como proceder em relação às diferentes tarefas. 

4. Estime custos

Você pode estimar os custos em sua vida pessoal e profissional de acordo com a regra 50/30/20

O intuito é fazer uma divisão do mês em três partes, para ter um bom controle financeiro e não incorrer em dívidas.

Essa regra prevê que:

  • 50% da sua renda líquida mensal precisa ter como destino os gastos fixos; 
  • 30% são voltados para gastos variáveis;
  • 20% devem ser alocados para uma reserva financeira ou poupança, para a concretização de objetivos futuros.

5. Defina prazos, tarefas e métricas

As metas só vão funcionar se você definir um prazo para cada uma e cumpri-lo rigorosamente. Para facilitar, você pode subdividir as metas em pequenas tarefas, criando um plano de ação bem detalhado.

Além disso, as metas devem ter suas métricas correspondentes, que servem para medir o progresso até sua realização.

Veja um exemplo de como ficaria:

Objetivo: alcançar a independência financeira

Meta 1 (curto prazo): controlar o orçamento em três meses

Meta 2 (médio prazo): criar uma reserva de emergência em dois anos

  • Tarefa 1: poupar 20% do salário todo mês;
  • Tarefa 2: investir a reserva no CDB Neon.

Meta 3 (longo prazo): montar uma carteira de investimentos diversificada e aplicar por 20 anos

No caso, a métrica da Meta 1 pode ser o saldo positivo no orçamento mensal, enquanto a da Meta 2 é o status da reserva de emergência.

6. Coloque seu plano em ação em prática

Com o planejamento de metas pronto e as tarefas claras, você já pode colocar seu plano em ação.

Se você tiver definido as metas corretamente, será fácil acompanhar sua evolução e se manter focado no plano original.

7. Tenha o apoio da tecnologia

Sabemos que a tecnologia facilita as nossas vidas e permite otimizar a execução de tarefas de forma organizada. Ela influencia a velocidade com que inovamos e estimula a aprendizagem constante com erros e acertos. 

Acredita-se que Thomas Edison tenha errado mais de mil vezes até que conseguisse inventar a lâmpada elétrica no final do século XIX.

Muitos anos se passaram e podemos hoje desfrutar vastas possibilidades no universo tecnológico que contribuem para a produtividade, a organização e para o cumprimento de metas e objetivos. 

8. Avalie e revise continuamente

Se a vida muda o tempo todo, por que seu planejamento de metas continuaria sempre igual? 

Conforme você for se deparando com mudanças e novas perspectivas, terá que revisar seu plano original e fazer as adaptações necessárias.

O importante é nunca parar de se planejar e perseguir suas metas até alcançar o sucesso do jeito que sonhou.

Então, está pronto para construir o seu planejamento de metas? Aproveite para conhecer também detalhes sobre o planejamento financeiro pessoal.

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 12

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO