Como comprar carros usados com segurança? Confira dicas

Quer saber como comprar carros usados com segurança? Veja as dicas, entenda se vale mais a pena comprar usado ou novo e como economizar.
4 minutos de leitura
4 minutos de leitura
Duas mãos sobre documento com chaves de carros ao lado

Quem sabe como comprar carros usados com segurança evita contratempos e garante uma transação tranquila.

Depois de um período de queda, o mercado de veículos usados voltou a crescer, registrando em 2023 um aumento de 22,2% nas vendas em relação ao primeiro bimestre do ano anterior.

Esse pode ser o momento que você esperava para realizar o sonho de ter um veículo para chamar de seu. Porém, comprar um carro — principalmente usado — não é como comprar uma escova de dentes: quanto mais criteriosa for a sua decisão, menos riscos e decepções terá.

Avance na leitura e saiba como pautar a sua escolha!

Como comprar carros usados com segurança?

Preços mais baixos, boas condições de pagamento e veículos em ótimo estado são alguns dos motivos que levam as pessoas a buscarem carros usados.

No entanto, é preciso se cercar de cuidados na hora da compra, já que o mercado está cheio de pessoas agindo de má fé. Veja, por exemplo, o que acontece no golpe do falso intermediário.

Há também fraudes como a do carro fantasma, do consórcio inexistente e da falsa venda consignada, entre outras.

Confira o que fazer para garantir uma compra justa e não cair em uma roubada.

Considere suas necessidades

A exemplo de toda compra que exige um grande envolvimento, a de um carro deve ser orientada por um objetivo.

Ter um carro é uma responsabilidade, já que é preciso arcar com o custo de combustíveis, documentos, seguro e manutenção.

É como ter uma família, ainda mais para quem pretende trabalhar com o carro. Por isso, antes de comprar, vale definir um motivo que seja justo o bastante para evitar o arrependimento.

Carro gera gastos, lembre-se sempre disso.

Aproveite e veja quanto custa manter um carro por mês ou ano no Brasil.

Se possível, compre de particulares

Certamente a maioria das concessionárias são idôneas, mas, em geral, elas trabalham com preços acima do mercado para manter suas margens de lucro.

Uma saída é buscar a compra diretamente com particulares, ou seja, pessoas como você, mas que decidiram vender o próprio carro.

Importante: ao comprar de particulares, procure sempre saber qual o motivo da venda.

Dependendo da justificativa, pode ser que a pessoa esteja tentando passar uma “bomba”.

Inspecione minuciosamente

Você vê o anúncio no site e se anima ao constatar que aquele carro com que sempre sonhou está ali, aparentemente em ótimo estado e a um preço bastante atraente.

Claro que é possível encontrar carros nessas condições que são “quentes”, mas, em se tratando de venda de veículos, as aparências podem enganar.

Por isso, jamais feche negócio sem fazer antes uma inspeção cuidadosa em todo o veículo.

Concentre-se em verificar o estado dos seguintes aspectos:

  • Motor: veja se não há “gatilhos”, peças soltas ou ruídos estranhos;
  • Lataria: veja se não há remendos, massas ou arranhões. Verifique também o número do chassi;
  • Parte elétrica: confira o funcionamento de todas as luzes e se o carro liga normalmente;
  • Freios e embreagem: atenção a eventuais ruídos ou se os pedais estão pesados ou leves demais ao serem acionados.

Peça para fazer um teste de direção

Não há como comprar carros usados com segurança sem fazer antes um teste

Ao fazer isso, tente rodar com o veículo em todas as marchas (inclusive de ré), testando-o no máximo de condições possíveis.

Em alguns casos, o carro tem problemas mecânicos graves que só podem ser detectados se o veículo for colocado em movimento.

Olho vivo para não deixar nada passar!

Conte com ajuda de um profissional

Outro golpe aplicado com relativa frequência é a venda de carros que passaram por enchentes.

Trata-se de um negócio extremamente arriscado, já que, nesse caso, é bem possível que o carro já tenha sofrido perda total, porém foi disfarçado para a venda.

Só depois da compra é que o cliente vai se dar conta de que adquiriu um veículo condenado.

Uma maneira de detectar isso é contar com a ajuda de um mecânico profissional, que poderá avaliar o veículo e detectar se se trata de um carro que deu “PT”.

Pesquise a credibilidade da concessionária

Como já destacamos, a maioria das concessionárias de usados são idôneas e dignas de crédito.

Porém, infelizmente existe uma minoria que trabalha de maneira desonesta, algumas inclusive servindo de fachada para aplicar golpes, como o da falsa venda consignada.

Assim, jamais compre com uma empresa da qual não tenha referências. Dê preferência para aquelas em que alguém de confiança tenha comprado antes.

Pesquise em fóruns de defesa do consumidor e verifique no Reclame Aqui a reputação da concessionária.

Verifique a documentação

Nunca compre um carro cujo documento não esteja em nome da pessoa ou da concessionária.

Veículos em nome de terceiros são provavelmente roubados ou estão sendo usados em algum tipo de golpe.

Se houver IPVA em atraso, negocie com o proprietário o abatimento desse valor no preço do veículo, considerando eventuais gastos que você possa ter com a vistoria.

Negocie tendo a tabela FIPE como referência

A principal referência de preços para veículos usados no Brasil é a tabela FIPE.

Portanto, se você não tem ideia de quanto vale um carro fabricado em um certo ano, é por ela que você deverá se orientar ao negociar.

Em cima do valor que consta lá, você poderá pedir possíveis reduções no preço, considerando o estado do veículo, seguros, opcionais e outros critérios.

Comprar carro usado ou novo, o que vale mais a pena?

A partir do que vimos, o primeiro fator a ser considerado é a sua própria necessidade e, em cima disso, a sua disponibilidade financeira para comprar e manter um veículo.

O carro 0 km mais barato do Brasil, o Renault Kwid, custa R$ 68.190, quase o mesmo preço de um Honda Civic ano 2013, um sedan muito mais potente, confortável e espaçoso — porém, um carro zero provavelmente dará menos custos de manutenção.

Coloque tudo isso na balança e decida sempre com a razão, nunca com o coração.

Dicas para economizar e comprar o seu carro

Vimos que há como comprar carros usados com segurança, mas como juntar o dinheiro necessário para isso?

Lembre-se de que grandes conquistas requerem sacrifícios proporcionais. Por isso, planeje-se e vá em busca dos seus sonhos!

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 3.8 / 5. Número de votos: 32

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO
Minutos
Segundos