O que vender no inverno? Dicas para manter o negócio aquecido

Quer saber o que vender no inverno? Veja sugestões de produtos e comidas que fazem sucesso e dicas para aumentar as vendas.
5 minutos de leitura
5 minutos de leitura
Casacos coloridos pendurados em loja

Você sabe o que vender no inverno para alavancar seus resultados nas baixas temperaturas?

Quando o frio chega, traz várias oportunidades de produtos e serviços que fazem sucesso com os clientes e decolam seu faturamento.

Seja qual for o seu segmento, fique de olho nas dicas deste artigo para saber o que vender no inverno e como aproveitar ao máximo essa temporada.

Vamos lá?

O que vender no inverno? Dicas de produtos que vendem bem no frio

Não sabe quais são os serviços e produtos de inverno ideais para aumentar seu faturamento?

Confira nossas dicas:

1. Roupa térmica

Quando o clima começa a esfriar, o consumidor precisa renovar o guarda-roupas para se proteger das baixas temperaturas.

Uma solução prática para se aquecer sem precisar gastar muito é a roupa térmica, que pode ser usada como uma segunda pele por baixo de outras peças.

Você pode vender conjuntos de camiseta de manga longa e legging, tanto masculinas quanto femininas, em tecidos térmicos que garantem a proteção contra o frio.

2. Botas

Ainda no setor de moda, as botas são campeãs de venda no inverno.

Você pode vender vários modelos diferentes, como coturnos, galochas, botas “over the knee” (acima do joelho), botas de cano curto, western, etc.

Lembre-se de conferir as tendências da coleção outono/inverno da estação para garantir suas vendas.

3.  Pantufas

Outro calçado que vende muito durante o inverno é a pantufa.

Além de macia e confortável, existem versões coloridas que trazem diversão e estilo para os dias frios.

Dica: monte ofertas com combos de pantufas e meias de estampas temáticas, como Star Wars, heróis da Marvel ou princesas da Disney. 

Essa é uma forma estratégica de aumentar o ticket médio das suas vendas.

Veja como criar promoções de inverno!

4. Lençol térmico

No setor de cama, mesa e banho, o lençol térmico é um sucesso de vendas no inverno.

O produto é elétrico e vem com controle multitemperaturas, permitindo que o consumidor aqueça a cama antes de se deitar.

Além disso, o lençol térmico também é indicado para pessoas que têm problemas de circulação e extremidades frias.

5. Hidratante labial

Quem nunca sofreu com os lábios rachados em dias muito frios?

Por isso, se você trabalha com cosméticos e está pensando no que vender no inverno, uma ideia de grande potencial é comercializar hidratantes labiais.

Atualmente, os produtos mais vendidos são chamados de “lip balms” e estão disponíveis em várias cores, prometendo hidratação e beleza ao mesmo tempo.

6. Torneira elétrica

Ninguém gosta de lavar louça no frio e encarar a água gelada, certo

Por isso, você pode apostar na torneira elétrica para aumentar suas vendas durante o inverno.

Existem várias versões do produto, desde as mais econômicas até as mais avançadas, com diversas opções de temperaturas.

A grande vantagem é que a torneira elétrica dispensa a necessidade de um aquecedor central, o que seria um problema, afinal, isso não é comum nos lares brasileiros.

7. Aquecedor portátil

Na maior parte do país, as casas são projetadas para serem frescas nos dias de calor.

Assim, quando chega o inverno, é comum que os ambientes fiquem gelados.

É por isso que os aquecedores portáteis são uma excelente ideia para incluir no seu catálogo de vendas.

Esse tipo de aquecedor é muito prático e fácil de usar, servindo para deixar o quarto e sala bem quentinhos e aconchegantes.

A procura é tanta que é comum que o estoque se esgote nas épocas de frente fria.

8. Aluguel de casas de temporada

Nossa última dica vai para quem mora em regiões turísticas: o aluguel de casas, cabanas e chalés é uma das formas de movimentar boas quantias durante os meses de inverno.

Além da hospedagem, você pode oferecer no pacote serviços diferenciados, como massagem com pedras quentes e escalda-pés.

Quer saber mais?

Confira o vídeo com 5 ideias do que vender no frio:

O que vender de comida no inverno?

O setor de alimentação e bebidas é um dos que mais cresce durante o inverno.

Se você trabalha nessa área, confira nossas dicas de comes e bebes que vendem muito na estação mais fria.

Sopas e caldos

Em primeiro lugar, a venda de sopas e caldos é uma tradição de inverno.

Ofereça tanto sabores clássicos, como caldo verde e sopa de legumes, quanto as versões mais exóticas com sabores fortes, como chili e curry.

Pamonha, curau e milho cozido

O período de colheita do milho-verde garante estoque suficiente para diversas receitas deliciosas

Veja algumas sugestões:

  • Pamonha tradicional
  • Pamonha sabor Romeu e Julieta
  • Pamonha com recheio de chocolate
  • Curau
  • Milho cortado ou na espiga, com manteiga temperada.

Bolos e tortas quentes

Uma fatia de bolo quentinho é irresistível, não é?

Por isso, vale a pena caprichar nas opções do cardápio, incluindo as famosas versões de festa junina, como o bolo de milho e fubá com queijo.

As tortas doces também são uma excelente opção, principalmente a de maçã com canela.

Massas

Espaguete com molho carbonara, lasanha de quatro queijos, nhoque à bolonhesa, ravioli de nozes… a lista de massas para vender vai longe.

Você pode incluir também no cardápio a versão congelada para os clientes fãs de praticidade.

Lanches

Vender lanches, como hambúrguer e cachorro-quente, é também um clássico das festas de São João.

Além de oferecer vários sabores, inclua acompanhamentos, como purê de batata e molhos quentes.

Bebidas quentes

Não tenha dúvidas: as bebidas típicas de inverno fazem sempre muito sucesso.

Algumas opções são:

  • Chocolate quente
  • Cappuccino tradicional ou com chantilly
  • Quentão
  • Vinho quente
  • Chá de maçã com canela
  • Choconhaque.

Confira outras dicas do que vender nas festas juninas!

5 dicas para aumentar as vendas no inverno

Agora que você sabe o que vender no inverno, veja nossas dicas para aproveitar ao máximo o aumento das vendas.

1. Prepare seu estoque de inverno

Seja qual for o seu segmento, é importante preparar seu estoque de inverno com antecedência, buscando produtos que tenham a ver com a estação.

Se você tem um restaurante, por exemplo, pense em um cardápio voltado para os dias frios.

Se você tem uma loja de roupas femininas, busque o melhor da coleção outono/inverno para surpreender suas clientes.

2. Distribua um brinde de inverno

Todo cliente adora um brinde, principalmente se tiver tudo a ver com o clima.

Então, pense em itens baratos que você pode distribuir para encantar os clientes, como canecas personalizadas, cachecóis, toucas, luvas, cumbucas e até uma sobremesa especial para o frio, por exemplo.

Se quiser, você pode criar uma promoção do tipo “nas compras acima de R$ X, leve um brinde especial de inverno”.

3. Ofereça descontos

Outra dica importante é oferecer descontos para seus clientes no inverno.

Você pode trabalhar com descontos nos produtos com maior giro ou aplicar a tática de descontos progressivos (5% na primeira unidade, 10% na segunda, 15% na terceira, etc.).

Os cupons de desconto para a próxima compra também são muito efetivos para aumentar a recompra e o ticket médio.

Como dar desconto em porcentagem: veja 4 ideias + dicas.

4. Ofereça diversos meios de pagamento

Os consumidores querem praticidade na hora de pagar e podem aumentar seu ticket médio quando há mais opções de pagamento.

Então, ofereça formas de pagamento como cartões de débito e crédito, dinheiro, Pix e boleto bancário, por exemplo.

5. Capriche no atendimento

Por fim, além de saber o que vender no inverno, é preciso oferecer um atendimento de qualidade para conquistar e fidelizar seus clientes.

Então, pense na experiência do consumidor e supra suas necessidades dele com excelência, oferecendo diversos canais de atendimento (chat, WhatsApp, telefone, etc) e dando atenção especial ao pós-venda.

Veja nosso guia completo de como aumentar as vendas.

Como abrir um MEI para vender no inverno?

A formalização do CNPJ é o primeiro passo para garantir o crescimento das lojas. 

Além da regularização do faturamento com a Receita Federal, o vendedor recebe autorização para emitir NF-e e NFS-e, transmitindo mais credibilidade e profissionalismo aos clientes.

Atualmente, a categoria empresarial do MEI é a que mais chama atenção dos empreendedores brasileiros, por conta da baixa carga de impostos.

A abertura do CNPJ MEI é super fácil e 100% digital, além de ser gratuita.

Para abrir seu MEI em poucos minutos pelo celular, use o app gratuito MEI Fácil por Neon:

  • Baixe o app na Google Play ou App Store
  • Faça o login com a conta gov.br
  • Inclua seus dados pessoais
  • Preencha os dados da nova empresa
  • Inclua uma opção principal de atividade autorizada para MEI e até 15 CNAEs secundários
  • Revise as informações e conclua o cadastro.

Seu CNPJ MEI será emitido automaticamente!

Para consultar seu CCMEI, basta clicar na opção disponível no próprio app da MEI Fácil por Neon.

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.1 / 5. Número de votos: 7

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.
Logo Neon Azul