Golpe do presente falso: como funciona + dicas para se proteger

Você conhece o golpe do presente falso? Entenda como funciona, veja dicas para não cair e saiba proteger seus dados contra os criminosos.
3 minutos de leitura
3 minutos de leitura
Ponto de exclamação amarelo em frente a fundo azul

Com as recentes adaptações tecnológicas, o golpe do presente falso se tornou um grande perigo para a população — e uma dor de cabeça para as autoridades.

Comunicados de segurança têm sido emitidos por todo país em vista do crescente número de vítimas deste tipo de fraude.

O golpe pode envolver inúmeras variações de abordagens, mas existe um padrão comum. 

Entenda agora como funciona a fraude do presente falso e confira dicas para se proteger eficientemente.

O que é o golpe do presente falso?

O golpe do presente falso é a estratégia pela qual os criminosos convencem a vítima a fazer o pagamento indevido de taxas para liberar um pretenso “presente” surpresa.

No entanto, os sistemas utilizados para quitar o valor cobrado são fraudulentos: os dados bancários da pessoa são roubados e o pagamento real é feito em um valor muito acima do esperado. Existem golpes de R$ 7 mil ou mais.

Como funciona o golpe do presente falso?

Em primeiro lugar, a vítima recebe uma ligação telefônica, mensagem por WhatsApp ou e-mail avisando que foi selecionada para receber um presente surpresa de determinada empresa.

Os criminosos utilizam artifícios com o intuito de forjar autenticidade, como informar alguns dados pessoais da vítima para transmitir falsa segurança.

Contudo, a pessoa se depara posteriormente com a cobrança do frete de entrega ou alguma outra taxa inesperada para a liberação do presente. 

Para piorar, o entregador exige que o pagamento seja feito obrigatoriamente com o cartão de crédito, sendo que a maquininha é fraudada para roubar os dados bancários da vítima.

Em caso de golpes virtuais, o esquema não muda muito: é recebida uma solicitação digital para incluir os dados do cartão em determinada plataforma ou mesmo fazer um Pix para a conta dos criminosos.

Por fim, com os dados bancários obtidos, são feitos pagamentos em valores muito acima do informado.

5 dicas para não cair no golpe do presente

A boa notícia é que existem maneiras de evitar o golpe do presente falso.

Siga nossas dicas e proteja seu cartão dos criminosos.

1. Desconfie de presentes aleatórios ou exagerados

Sejamos sinceros: existem ofertas que simplesmente são boas demais para ser verdade, principalmente se você não se inscreveu em nenhum sorteio.

Celulares e televisões gratuitos? Certamente tem algo de errado aí.

Vale lembrar que também é preciso estar atento aos presentes menores e teoricamente “inofensivos”, como pequenas caixas de doces e bombons.

2. Não pague taxa de entregas não solicitadas

Como regra geral, recomenda-se evitar o pagamento de cobranças de frete ou tarifas aleatórias para encomendas que você não pediu.

3. Nunca compartilhe dados bancários com estranhos

Não conhecer o remetente é um sinal vermelho para não passar dados confidenciais que possam comprometer sua segurança financeira.

Seja extremamente cauteloso e recuse-se a pagar as taxas se a “loja” não quiser compartilhar essa informação com você.

4. Entre em contato com o lojista

Ao verificar a autenticidade da oferta, você reduz consideravelmente as chances de cair em um golpe.

Utilize os canais de comunicação oficiais para esclarecimento de todas as suas dúvidas, assim você não se arrisca a obter informações incorretas.

5. Mantenha-se atualizado dos tipos de golpes

Por fim, mas não menos importante: é preciso estar atento às abordagens de golpes que estão sendo utilizadas. 

Fique por dentro dos demais conteúdos do Blog Neon e esteja por dentro das melhores medidas protetivas para seu dinheiro.

Como proteger os dados do seu cartão?

Além do golpe do presente falso, proteger bem seu cartão é indispensável para não cair em armadilhas como a fraude do cartão clonado

Confira agora algumas sugestões para garantir a segurança dos seus dados bancários:

  • Evite utilizar seu cartão em estabelecimentos suspeitos, principalmente se a maquininha apresentar aparência duvidosa;
  • Sempre confirme os dados informados na tela das maquininhas, evitando digitar sua senha em caso de valores divergentes ou caso note a aproximação de alguém;
  • Memorize o Código de Verificação (CVV) e apagá-lo do verso do dispositivo;
  • Para compras online, utilize o cartão virtual, uma vez que o CVV é renovado periodicamente;
  • Evite emprestar seu cartão de crédito para terceiros.

Com a crescente versatilidade dos golpes aplicados, é preciso sempre prestar muita atenção às boas práticas de segurança de seus dados bancários.

Coloque em prática as nossas dicas e evite dores de cabeça com fraudes e golpes!

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 12

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO
Minutos
Segundos