Saber como guardar dinheiro na adolescência parece complicado em uma fase tão impulsiva, mas é uma tendência que começa a crescer no Brasil. Você sabia que mais de 6 mil crianças e adolescentes investem na bolsa de valores por meio de contas de responsáveis?

É o que diz um levantamento da B3, deixando claro que o jovem cada vez mais pensa no futuro e no seu planejamento financeiro pessoal.

Outra pesquisa feita por uma instituição financeira mostra que os jovens que recebem mesada em datas fixas poupam cinco vezes mais em comparação aos que recebem dinheiro de forma esporádica.

Ou seja: a adolescência é, sim, um período importante para aprender a poupar e investir seu dinheiro.

Continue lendo e entenda como desenvolver a educação financeira nesta fase da vida para realizar seus sonhos.

Como guardar dinheiro na adolescência?

Guardar dinheiro na adolescência pode parecer desafiador, mas é uma excelente maneira de ter uma vida financeira equilibrada no futuro e alcançar seus objetivos.

Veja dicas para começar a colocar em prática desde já.

1. Defina seus sonhos

O primeiro passo para aprender como guardar dinheiro na adolescência é definir quais sonhos você quer realizar e quais serão os recursos financeiros necessários.

Afinal, são nossos objetivos que nos motivam a seguir em frente e manter a disciplina para organizar a vida financeira.

Sem esses propósitos, nenhum adolescente (ou mesmo adulto) consegue poupar dinheiro, pois os desejos imediatos sempre falam mais alto do que a necessidade de guardar.

Com isso em mente, defina metas de curto, médio e longo prazo, tais como:

  • Comprar um celular novo no próximo ano;
  • Trocar de computador em dois anos;
  • Fazer uma viagem internacional nas férias;
  • Fazer um intercâmbio em três anos;
  • Comprar um carro ao completar 18 anos;
  • Morar sozinho em cinco anos;
  • Comprar um imóvel daqui 10 anos.

Não tenha medo de traçar objetivos ambiciosos, pois tudo é possível quando você se planeja e poupa com regularidade.

2. Poupe uma parte do que ganha

Uma regra essencial da vida financeira saudável é sempre poupar uma parte de tudo o que você ganha.

Isso significa, obviamente, que você deve gastar menos do que o dinheiro disponível — uma lição que deve ser levada para toda a vida.

O ideal é poupar pelo menos 20% da mesada e outros ganhos todo mês.

Só assim você conseguirá juntar dinheiro para alcançar seus objetivos e evitar o temido endividamento no futuro.

3. Controle o consumismo

A adolescência é um momento da vida em que sentimos muita necessidade de consumir, seja para realizar desejos pessoais, demonstrar status ou ser aceito em um grupo, por exemplo.

No entanto, o consumismo excessivo é o inimigo número 1 da saúde financeira. Por isso, você deve fugir de armadilhas como compras por impulso, ofertas irresistíveis e produtos da moda que ultrapassam seu orçamento.

O segredo é pensar em como essa escolha errada de hoje pode afetar seus objetivos, tornando suas metas cada vez mais distantes.

Dessa forma, você consegue se controlar e ainda constrói uma personalidade mais autônoma, evitando a dependência da opinião dos outros.

4. Economize com criatividade

Criatividade é algo que não falta para os adolescentes. Então, quando o assunto é economizar dinheiro, explore ao máximo essa habilidade e procure alternativas para gastar o mínimo possível nos seus momentos de lazer e hobbies.

Vale fazer aquele “rateio” com os amigos para comprar comes e bebes, preferir festas em casa, aproveitar a meia entrada estudantil, buscar eventos gratuitos na cidade, ficar de olho em promoções nas suas lojas preferidas, etc.

Aproveite e veja sugestões do que fazer no tempo livre para se divertir sem gastar muito.

5. Tenha um amigo e parceiro de economia

A adolescência também é um período em que queremos estar junto com os amigos em todas as missões da vida. Assim, por que não trazer o assunto finanças para a amizade?

A dica é ter um amigo ou amiga de confiança para compartilhar suas metas financeiras, dividir experiências e falar sobre dinheiro.

Essa pessoa também pode se tornar uma “guardiã” do seu dinheiro, alertando você quando estiver prestes a fazer uma compra por impulso e prejudicar seus objetivos.

Em dupla fica mais fácil cumprir as metas de economia.

6. Comece a investir dinheiro

Após aprender como guardar dinheiro na adolescência, você precisa dar o próximo passo: começar a investir essa quantia.

Em vez de deixar sua grana parada, você consegue multiplicar esse montante a longo prazo e fazê-lo trabalhar pelos seus objetivos. Isso é fundamental para aumentar sua reserva financeira, proteger seu poder de compra e pensar em objetivos nos próximos anos.

Como os menores de 18 anos não podem contratar serviços bancários, é importante conversar com seus pais para ele abrirem uma conta para você e iniciarem seus investimentos.

A conta Neon, por exemplo, não tem mensalidade e oferece o CDB Neon, um investimento de renda fixa seguro e de alta liquidez que rende mais que a poupança.

Isso também ajuda a família a falar de dinheiro sem tabu e trabalhar a educação financeira dentro de casa.

Veja aqui como aprender a investir do zero e multiplicar seu dinheiro.

Como guardar dinheiro todo mês?

Ficou difícil guardar dinheiro todo mês na adolescência?

Confira nossas dicas para não falhar nunca.

Comece montando uma reserva de emergência

O primeiro passo do planejamento financeiro é guardar uma quantia para imprevistos, a chamada “reserva de emergência”.

Na vida adulta, ela serve para cobrir custos fixos em caso de emergências como a perda do emprego ou uma urgência médica que impossibilite o trabalho, por exemplo. Na adolescência, esse pode ser um valor simbólico que deve ser sua primeira meta de economia.

Por exemplo, você pode fixar o objetivo de poupar R$ 500 e deixar esse dinheiro reservado para imprevistos.

Essa é uma forma de guardar dinheiro todo mês e ter a satisfação de alcançar sua primeira meta financeira, que será uma motivação e tanto para continuar no caminho certo.

Para te ajudar nessa jornada, você pode baixar o nosso e-book gratuito com tudo o que você precisa saber a respeito da reserva de emergência:

banner com cta para baixar e-book reserva de emergência

Aumente a porcentagem poupada gradualmente

Se estiver muito difícil poupar 20% dos seus ganhos todo mês, você pode começar devagar e ir aumentando essa porcentagem gradualmente.

Experimente começar com 5% e, com o passar dos meses, aumentar para 10%, 15%, até chegar aos 20% almejados.

O importante é ter esse percentual como meta e transformá-lo em um padrão na sua organização financeira pessoal.

Você também pode começar um desafio para guardar dinheiro com recorrência, como o Desafio das 52 Semanas.

Use uma planilha de gastos

Dificilmente você conseguirá se organizar para poupar se fizer todas as contas de cabeça.

Por isso, use nossa planilha de gastos gratuita cheia de recursos para facilitar sua vida financeira. Com ela você poderá registrar tudo o que ganha e gasta, anotar as datas das movimentações, inserir os investimentos que você faz, quanto eles rendem e muito mais!

Tudo de maneira simples, com gráficos e fácil de manusear para você controlar as suas finanças e ter cada vez mais poder sobre o dinheiro.

BAIXAR PLANILHA COMPLETA

Por que guardar dinheiro quando adolescente?

Guardar dinheiro na adolescência é essencial para ter uma vida financeira saudável, equilibrada e próspera na vida adulta.

Afinal, é nessa fase que podemos adquirir mais conhecimento sobre finanças e, ao mesmo tempo, ter suporte da família para organizar nosso orçamento pessoal e atingir nossos objetivos.

É como uma preparação para a vida adulta, quando teremos nossa própria fonte de renda para administrar e muito mais responsabilidade sobre nossas escolhas financeiras.

Além disso, do ponto de vista dos investimentos, quanto mais cedo começarmos a investir, melhor. Afinal, o tempo é aliado da rentabilidade e, além disso, precisamos amadurecer nossos conhecimentos e estratégias do mercado financeiro para aumentar nossos ganhos.

E como ganhar dinheiro na adolescência?

É muito provável que a mesada não seja suficiente para alcançar seus objetivos ao guardar dinheiro na adolescência.

Por isso, vale seguir algumas dicas de como para conseguir uma renda extra:

  • Trabalhar em uma empresa como jovem aprendiz (modalidade permitida a partir dos 14 anos);
  • Fazer trabalhos freelancer na internet em áreas como design, marketing, TI e redação;
  • Pegar “bicos” de dog walker, babá, jardinagem, aulas particulares, etc.;
  • Fazer algo para vender na escola, como doces, salgados e café;
  • Produzir e monetizar conteúdo online, seja por meio de um blog ou redes sociais — uma das formas preferidas de ganhar dinheiro na adolescência;
  • Vender itens usados como roupas, sapatos, acessórios, eletrônicos, etc.

Os artigos abaixo podem te interessar para aprender a ganhar dinheiro na adolescência:

E então, está pronto para guardar dinheiro na adolescência e realizar seus maiores sonhos? Continue acompanhando os conteúdos da Neon para cuidar bem do seu bolso desde cedo.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.