Inadimplência: o que é, quais as consequências e como resolver

Inadimplência é o descumprimento de uma obrigação financeira. Veja quais são as consequências dessa situação e dicas para resolvê-la.
4 minutos de leitura
4 minutos de leitura
Imagem de calculadora sobre fundo verde-água

A inadimplência é um problema que afeta milhões de brasileiros e dificulta a conquista de uma vida financeira equilibrada.

De acordo com o “Mapa da inadimplência e renegociação de dívidas no Brasil”, publicado pelo Serasa, o Brasil tem 66,8 milhões de pessoas inadimplentes.

O valor total devido é de R$ 281,4 bilhões, portanto, cada indivíduo deve em média R$ 4.211.

Se você tem alguma conta atrasada, este texto pode ser muito útil para resolver suas pendências.

Continue a leitura e entenda como lidar com a inadimplência.

O que é inadimplência?

Inadimplência é o descumprimento de uma obrigação financeira, ou seja, a situação em que uma pessoa ou empresa deixa de pagar uma dívida e fica devedora.

Assim que passa a data de vencimento de uma conta, boleto ou fatura e o pagamento não é realizado, o responsável se torna inadimplente.

A partir desse ponto, o credor pode tomar diversas medidas para cobrar o valor devido, começando pela aplicação de multa e juros.

Se o débito continuar aberto, o devedor pode ter seu CPF ou CNPJ negativado nos órgãos de proteção ao crédito, como Serasa, SPC Brasil e Boa Vista — o famoso “nome sujo”.

Logo, a inadimplência tem vários níveis, começando no ato de não pagar uma dívida e chegando ao endividamento, superendividamento e incapacidade de quitar os débitos.

No contexto econômico, o índice de inadimplência de um país influencia na taxa de juros cobrada pelas instituições financeiras.

Afinal, quanto mais endividada uma população, maior é o risco que as empresas correm ao conceder crédito.

Qual é a diferença entre inadimplência e dívida?

Dívida é qualquer obrigação financeira assumida por uma pessoa ou empresa, enquanto a inadimplência é quando a dívida não é paga.

As dívidas fazem parte da nossa vida financeira e, muitas vezes, são necessárias para conquistar bens, investir no futuro e formar patrimônio.

Alguns exemplos são a fatura do cartão de crédito, assinaturas, parcelas de empréstimos, prestações de financiamentos, etc.

Se você usa o crédito com consciência, respeitando o limite de 30% do orçamento para dívidas, não há problema algum em se endividar temporariamente para alcançar metas.

O problema começa quando você atrasa uma obrigação financeira. A partir daí, é configurada a situação de inadimplência e seu bolso passa a correr riscos.

Qual a relação entre inadimplência e nome sujo?

A inadimplência é o que leva ao nome sujo, já que o credor pode enviar seu CPF ou CNPJ para os birôs de crédito assim que a dívida vence.

Normalmente, as empresas aguardam cerca de 30 dias a partir do atraso no pagamento para tomar essa atitude.

Isso porque, primeiro, elas tentam cobrar o cliente inadimplente de forma amigável para receber e manter o relacionamento. Se a dívida persiste, aí sim o credor não vê outra saída a não ser negativar o devedor.

Quando você tem seu CPF negativado, pode sofrer as seguintes consequências:

  • Não ter mais acesso a empréstimos e produtos como cartões de crédito (com exceção de instituições que trabalham com crédito para negativados, com juros bem mais altos);
  • Ter a renovação de matrícula negada em uma escola ou faculdade;
  • Não conseguir abrir uma conta corrente em uma instituição financeira;
  • Não poder participar de concursos para órgãos financeiros;
  • Ser reprovado em análises de crédito, como na locação de um imóvel ou contratação de um serviço.

Como resolver a inadimplência? 5 dicas

Se você quer sair da inadimplência, temos algumas dicas importantes.

1. Organize suas finanças

O primeiro passo para resolver a inadimplência é organizar suas finanças, partindo do quanto você ganha e quanto gasta por mês. Para isso, é importante registrar todas as suas despesas e cortar os gastos supérfluos.

Basicamente, você precisa gastar menos do que ganha e ter todos os custos detalhados no seu orçamento pessoal. Para facilitar sua organização, baixe nossa planilha de gastos mensais para controle financeiro.

Banner com cta para baixar planilha de gastos

2. Priorize o pagamento de dívidas

Quando você está inadimplente, o pagamento de dívidas é a prioridade zero nas suas finanças.

Então, todo dinheiro que sobrar deve ser direcionado para quitar os débitos e gastos precisam ser cortados para abater o saldo devedor.

Veja aqui quais contas pagar primeiro e como priorizar.

3. Negocie com os credores

A pessoa em situação de inadimplência pode e deve negociar com os credores para tentar condições melhores.

Você pode propor um valor mensal de prestação que consegue pagar, pedir para baixar os juros ou solicitar um prazo maior, por exemplo.

Com um acordo que cabe no seu bolso, fica muito mais fácil sair da inadimplência.

Leia também: Como negociar dívidas e quitá-las: um guia prático

4. Busque uma renda extra

Às vezes, por mais que você se organize, ainda falta dinheiro para pagar as dívidas atrasadas.

Nesse caso, a solução é buscar maneiras de conseguir uma renda extra, como vender ou revender produtos, trabalhar pela internet como freelancer ou fazer os famosos “bicos”.

Confira ideias do que vender e ganhar renda extra.

5. Troque dívidas caras por uma mais barata

Se você está endividado e vendo o débito se multiplicar devido aos juros, trocar a dívida cara por uma mais barata pode ser a solução.

Por exemplo, se você está devendo no cheque especial e no cartão de crédito, que têm juros altíssimos, talvez valha mais a pena fazer um empréstimo pessoal com juros menores e quitar essas dívidas.

Assim, você paga uma única parcela e se livra dos juros abusivos.

Entendeu o que é inadimplência e como sair dessa situação? Continue acompanhando os conteúdos do blog para conferir mais dicas para a sua vida financeira.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 5

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO
Minutos
Segundos