Comprovante de renda: para que serve e o que pode ser usado?

Você conhece a importância do comprovante de renda e quais documentos servem para atestar a situação financeira? Veja o que pode ser usado.
4 minutos de leitura
4 minutos de leitura
Homem segurando celular em uma mão e papel em outra

O comprovante de renda é um documento essencial para atestar sua situação financeira quando é exigido.

Para isso, é possível usar qualquer demonstrativo de pagamento, a declaração do IR, contratos de prestação de serviços, recibos e até extratos bancários.

Neste artigo, você vai entender quais documentos servem como comprovante de renda de acordo com o seu perfil e ocupação.

Continue lendo e saiba como comprovar seus rendimentos!

O que é comprovante de renda?

Comprovante de renda é um documento que atesta os rendimentos de uma pessoa e, consequentemente, seu poder de compra e sua capacidade financeira.

Ele é exigido em diversas operações de crédito e serviços bancários, ou em qualquer outra situação em que seja necessário comprovar uma renda específica.

No caso, pode ser necessário provar a capacidade de arcar com alguma obrigação financeira ou até mesmo atestar uma situação de pobreza, como no caso da comprovação de renda para participar de programas sociais.

No comprovante de renda, podem constar rendimentos fixos, como salário e benefício do INSS, e também rendimentos variáveis, como pagamentos por serviços freelancer, rendimentos de aplicações financeiras e comissões.

Para que serve o comprovante de renda?

O comprovante de renda é exigido para comprovação de rendimentos e da situação financeira em várias situações.

Veja alguns exemplos:

  • Solicitação de empréstimo ou financiamento
  • Aluguel de imóvel em uma imobiliária
  • Abertura de conta bancária, em alguns casos
  • Inscrição para bolsas de estudos, como no caso do Prouni ou programas próprios de universidades
  • Inscrição em programas sociais como o Bolsa Família
  • Inscrição para cotas sociais em universidades federais pelo SiSU.

O que serve como comprovante de renda?

Vários documentos podem ser utilizados como comprovante de renda, de acordo com o tipo de ocupação da pessoa.

O caso mais fácil é o do assalariado do regime CLT, que pode apresentar seu holerite (contracheque) para comprovar seus rendimentos.

Nesse documento, fornecido pela empresa, são detalhados o salário bruto, salário líquido e descontos obrigatórios e opcionais do profissional.

Além disso, o empregado privado também tem a opção de apresentar sua carteira de trabalho.

Da mesma maneira, o funcionário público pode apresentar seu demonstrativo de pagamento emitido pelo órgão do governo para o qual trabalha.

No entanto, a comprovação de renda fica mais difícil para autônomos, empresários e outros grupos que não têm um holerite.

Veja quais documentos podem ser utilizados nesses casos.

Comprovante de renda para autônomo

O trabalhador autônomo, ou seja, que não tem vínculo empregatício, pode comprovar sua renda com os seguintes documentos:

  • Recibo de Pagamento a Autônomo (RPA) — é um documento com valor fiscal que substitui a nota fiscal na comprovação do pagamento a autônomos, após uma prestação de serviços
  • Declaração do Imposto de Renda da Pessoa Física (DIRPF) — é aceita na maioria das situações por detalhar os rendimentos fixos e variáveis, além de bens e aplicações
  • Extrato bancário — nem sempre é aceito, mas é válido para comprovar as movimentações financeiras.

Leia mais: quais as diferenças entre autônomo, MEI e profissional liberal?

Comprovante de renda para MEI

O Microempreendedor Individual (MEI) pode apresentar os seguintes documentos para comprovar sua renda:

  • Declaração Anual de Faturamento do MEI (DASN SIMEI) — esse documento, enviado para a Receita Federal, mostra o rendimento anual do MEI
  • Contratos de serviços — são os contratos firmados com os clientes do MEI
  • Declaração Comprobatória de Percepção de Rendimentos (Decore) — esse documento é emitido por contadores e pode comprovar os rendimentos do MEI com ampla aceitação no mercado.

Além disso, o MEI também pode utilizar a declaração do IR e os extratos bancários, dependendo das exigências.

Comprovante de renda para empresário

O empresário que não é MEI pode apresentar os seguintes comprovantes de renda:

  • Decore, que vimos anteriormente
  • Contrato Social e/ou Declaração de firma individual.

Além disso, será necessário apresentar o cartão CNPJ com o Quadro Societário (QSA).

Comprovante de renda para aposentado

Para o aposentado ou pensionista do INSS, os principais comprovantes de renda são:

  • Extrato trimestral ou anual do INSS — documento que mostra todos os benefícios recebidos
  • Recibos de pensão dos últimos três meses
  • Cópia do cartão de benefício do INSS
  • Extratos bancários e declaração do IR, se aplicável.

O que é comprovante de renda familiar?

O comprovante de renda familiar é um conjunto de documentos que comprovam a renda de uma família.

No caso de um casal que solicita um financiamento imobiliário, por exemplo, é necessário comprovar que a soma dos rendimentos de ambos é suficiente para arcar com as parcelas do crédito.

Nesse caso, o comprovante de renda familiar poderia ser composto pelo holerite e extratos bancários de ambos, caso sejam trabalhadores registrados.

Outro exemplo é a necessidade de comprovar um limite de renda para participar de um programa social.

Nessa situação, basta apresentar comprovantes de renda (ou de ausência de renda) de todos os membros da família, como as carteiras de trabalho dos assalariados e declarações de Imposto de Renda.

Existe comprovante de renda para quem não trabalha?

Sim, uma pessoa pode comprovar sua renda mesmo que não trabalhe com ou sem vínculo empregatício.

Por exemplo, alguém que não trabalha, mas tem bens em seu nome e vive de rendimentos de aplicações financeiras, deve apresentar sua declaração do Imposto de Renda, onde todo o patrimônio estará detalhado — incluindo a renda passiva de investimentos.

Outro exemplo é um indivíduo que tem vários imóveis e vive de aluguéis.

Nesse caso, a renda das locações também estará detalhada na declaração do IR, e ainda é possível apresentar contratos de locação.

Os extratos bancários também são fontes confiáveis para avaliar a movimentação financeira de uma pessoa, independentemente de sua ocupação.

Entendeu o que é comprovante de renda e para que serve?

Aproveite e abra uma conta digital Neon para cuidar melhor do seu dinheiro!

Conta digital completa na palma da sua mão

A Neon é uma conta digital com tudo o que você precisa: cartão de crédito, investimento, empréstimos, cashback, Pix, cartão virtual, recargas e muito mais. Abra sua conta agora mesmo!

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO
Minutos
Segundos