Sabe o que é Registrato do Banco Central e como usar esse sistema para o seu benefício?

Essa plataforma deve ser acessada por todos os cidadãos, pois permite acompanhar seu relacionamento com instituições financeiras.

Em um único sistema, você pode verificar todas as contas abertas em seu nome, empréstimos e financiamentos realizados, chaves Pix registradas e muito mais.

Entenda a seguir o que é Registrato, como acessar e por que você deve ficar de olho nos relatórios sobre sua vida financeira.

O que é Registrato do Banco Central?

É simples entender o que é Registrato: um sistema do Banco Central que permite aos cidadãos consultarem informações sobre seu relacionamento com instituições financeiras ao longo da vida.

No site, é possível acessar relatórios sobre as contas abertas em bancos e instituições, operações de crédito como empréstimos e também operações de câmbio, além de alguns tipos de dívidas.

Todos os dados podem ser consultados online e o login no sistema é feito por meio da conta gov.br ou do login Sisbacen (Sistema de Informações Banco Central).

Veja aqui como criar conta no gov.br e por que fazer isso.

O sistema Registrato foi instituído por meio da Circular n° 3.728 de 17/11/2014.

Seu nome oficial é Extrato do Registro de Informações no Banco Central do Brasil e todas as informações contidas no sistema são fornecidas pelos bancos, caixas econômicas, fintechs e outras instituições financeiras ativas no país.

Dessa maneira, o cidadão pode consultar a qualquer momento e em poucos cliques informações importantes como contas abertas em seu CPF, empréstimos realizados e dívidas ativas com o governo.

Para que serve o Registrato?

O Registrato serve para disponibilizar informações financeiras importantes aos cidadãos de forma simples, rápida e segura.

Ele foi criado pelo Banco Central do Brasil (BCB) para garantir mais transparência e ajudar pessoas a consultarem dados sobre seu relacionamento com instituições financeiras.

Alguns exemplos de informações que podem ser consultadas são as contas bancárias abertas, cheques sem fundos, empréstimos e financiamentos, chaves Pix, etc.

Logo, é importante saber o que é Registrato e como usá-lo para acompanhar de perto o uso do seu CPF em instituições e produtos financeiros.

Dessa maneira, você evita fraudes com seu CPF, consegue identificar golpes e tem acesso a um status geral da sua vida financeira.

Leia também: Dicas para evitar golpes pela internet + 7 fraudes comuns

Quando fazer consulta no Registrato?

Se você quer saber em quais instituições possui conta, por exemplo, basta gerar um relatório de “Contas e Relacionamentos”, que mostra todas as contas que você abriu em instituições financeiras dentro de um período específico.

Outra situação é quando você quer saber quais empréstimos e financiamentos existem em seu nome.

Há ainda a possibilidade de checar se existem cheques devolvidos em seu nome, operações de câmbio, chaves Pix registradas e débitos com órgãos e entidades federais.

Uma função do Registrato que ficou famosa foi a consulta de Valores a Receber do Banco Central, que mostra se você tem dinheiro esquecido em contas antigas e permite que esses valores sejam transferidos para uma conta bancária.

No momento, esse serviço está suspenso, mas a consulta deve ser reaberta pelo BC em breve por meio deste sistema.

Como acessar o Registrato?

Agora que você sabe o que é Registrato, já pode acessar o sistema e verificar seus relatórios financeiros.

Para isso, você deverá usar sua conta gov.br, uma identificação digital que permite acessar diversos serviços públicos online em um único login.

Você pode criar uma conta gov.br pela página oficial ou pelo aplicativo disponível para Android e iOS.

Lembrando que todos os serviços são gratuitos e 100% digitais.

Como usar o Registrato?

Para usar o Registrato, é só fazer login e escolher um dos relatórios disponíveis na página inicial do sistema.

Para consultar um relatório, basta clicar em “Gerar relatório” e aceitar os termos de ciência e responsabilidade da plataforma. Você poderá visualizar o relatório na tela e também fazer o download do arquivo em PDF para o seu computador.

Lembrando que todos os relatórios gerados ficarão disponíveis no sistema para consultas futuras.

Você também pode verificar seus dados cadastrais e enviar ofícios ao Banco Central por meio da opção “Protocolo Digital”.

Relatórios disponíveis

Confira os relatórios disponíveis para consulta no Registrato:

  • Cheques sem fundos: mostra se existem cheques devolvidos por falta de fundos em seu nome;
  • Empréstimos e Financiamentos: relatório do Sistema de Informações de Crédito (SCR) que mostra todos os empréstimos e financiamentos feitos em seu nome, com detalhamento de valores dentro de um período selecionado (até 5 anos);
  • Contas e Relacionamentos em Bancos: relatório do Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro (CCS) que detalha todas as contas abertas em instituições, incluindo ativas e encerradas, em todo o seu histórico financeiro;
  • Relatório de Dívidas Inscritas no Cadin Federal: relatório do Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal que revela se existe inscrição do CPF em dívida ativa com órgãos públicos;
  • Chaves Pix: mostra quais são as chaves Pix ativas no sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central;
  • Câmbio e Transferências Internacionais: relatório que contém todas as operações de câmbio e remessas internacionais realizadas no período selecionado.

Entendeu o que é Registrato e como usar esse sistema? Continue de olho nos nossos conteúdos para controlar melhor sua vida financeira.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui