CDB é seguro? Entenda se o investimento vale a pena

Quer saber se investimento em CDB é seguro? Veja como funciona, qual a garantia, a previsibilidade de retorno e quando é indicado fazer.
4 minutos de leitura
4 minutos de leitura
Mão colocando moedas em pilha de outras moedas

Será que o CDB é seguro como forma de investimento? Diante da popularização dos títulos de renda fixa, é normal surgir este questionamento.

Já adiantamos: no contexto da busca por carteiras de investimentos rentáveis, o CDB destaca-se como opção muito tradicional e segura.

Por se tratar de aplicação assegurada pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC), investir em CDB é uma das práticas preferidas de quem deseja diversificar os investimentos com segurança.

Vamos entender melhor como funciona o CDB? Saiba tudo sobre a rentabilidade e quando escolher esse tipo de aplicação lendo este texto até o final.

Investir em CDB é seguro?

Sim, os investimentos em CDB são considerados seguros do ponto de vista das possibilidades de prejuízo.

Os Certificados de Depósito Bancário (CDB) são títulos privados de renda fixa protegidos pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Isso significa que, caso a instituição na qual você investiu decrete falência, o FGC irá devolver seu dinheiro aplicado.

Criado em 1995 para garantir estabilidade ao mercado financeiro do país, o FGC garante o retorno de 100% dos investimentos de até R$ 250 mil por CPF ou instituição.

O limite máximo é de R$ 1 milhão a cada 4 anos.

Atenção: o fato de o FGC devolver seu dinheiro não diminui a responsabilidade de avaliar a confiabilidade da instituição na qual você quer investir.

Antes de fazer qualquer investimento, pesquise sobre o banco e seu status financeiro.

Assim, você evita aplicar em uma instituição que pode quebrar a qualquer momento.

Banner Com Cta Para Novo Cdb Neon

Como funciona o CDB?

O CDB funciona como um empréstimo “ao contrário”, pois é o cliente que empresta aos bancos e as instituições utilizam o dinheiro investido para financiar suas atividades.

A aplicação é realizada por um período predeterminado, ao fim do qual o banco deverá retornar o valor acrescido dos juros combinados no momento da negociação.

No entanto, existem tipos de CDB que oferecem a opção de liquidez diária, permitindo o resgate do dinheiro em qualquer dia, antes do prazo final.

Porém, os bancos costumam autorizar a retirada do investimento após um período mínimo, como 90 dias.

Por isso, é extremamente importante que você avalie a proposta de tempo mínimo para o saque, para assim não comprometer seu planejamento financeiro.

O valor das taxas e os períodos de investimentos são definidos pelas próprias instituições, sendo que há opção de rentabilidade com juros prefixados, pós-fixados ou sistema híbrido.

Vamos entender melhor a rentabilidade do CDB?

Em relação à rentabilidade, CDB é seguro?

As instituições financeiras oferecem 3 tipos de rentabilidade vinculadas ao CDB, com características de segurança específicas:

Investimentos com juros prefixados

Neste caso, como o nome diz, o valor dos juros aplicados é fixo, definido pelo próprio banco na oferta de investimento.

Assim, um CDB contratado com juros pré-fixados a 11% significa que o cliente receberá o “valor investido + 11%” ao final do prazo do título.

Esta é uma opção considerada segura, pois o investidor já sabe o valor que irá receber.

A aplicação é previsível e adequada a quem não quer se preocupar com a oscilação da taxa básica de juros do país.

Investimentos com juros pós-fixados

Esta opção de rentabilidade considera os juros proporcionais a um indicador financeiro, como o Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Dessa forma, o cliente faz a contratação do título com a porcentagem fixa de um indicador que varia periodicamente.

Devido à oscilação da taxa, ao contratar este tipo de CDB, o cliente não saberá exatamente quanto irá receber de retorno, baseando-se apenas nas projeções dos indicadores.

Os indicadores financeiros tendem a acompanhar a taxa Selic, ou seja, os juros básicos definidos pelo Banco Central a cada 45 dias para controlar as oscilações econômicas no país.

Portanto, esta é uma opção levemente mais arriscada do que os juros prefixados, devido às constantes oscilações do valor total dos juros.

Entenda a diferença entre CDB e CDI.

Investimentos híbridos

Esta é uma opção que mescla características dos outros dois tipos de rentabilidade, indicada para quem deseja proteção de patrimônio.

Parte do investimento fica associado aos juros prefixados, enquanto o restante fica condicionado aos indicadores financeiros escolhidos. 

Assim, é uma opção segura que também garante bom potencial de rentabilidade.

Estudar as características das aplicações é essencial para a escolha estar alinhada às expectativas financeiras do cliente, garantindo um bom investimento.

Quando o CDB é um bom investimento?

O CDB faz parte dos investimentos em renda fixa, a categoria de aplicações cujas regras de rentabilidade são definidas na contratação do serviço.

Desta maneira, o CDB está comumente associado a investidores de perfil mais conservador, por envolver menos riscos financeiros.

Trata-se de uma boa opção para quem está começando a aplicar dinheiro e prefere uma carteira de investimentos mais estável.

Devido aos períodos de baixa rentabilidade da poupança, diversos clientes também transferem o dinheiro guardado para o CDB.

Muitos investidores optam pela liquidez diária, garantindo que a aplicação funcione como uma reserva de emergência.

Por envolver um limite de tempo mínimo de saque, recomenda-se destinar ao CDB investimentos de médio a longo prazo

Até porque os valores de juros para aplicações de prazos estendidos tendem a ser mais interessantes, mas tenha cuidado: certifique-se que você não precisará do dinheiro antes do tempo mínimo para saque.

Investimento no CDB Neon vira crédito no cartão

Está em busca de investimentos seguros e rentáveis? Pois bem: com a Neon, você garante rendimentos seguros e estáveis associados a facilidades imperdíveis!

Com a conta Neon, você pode investir no CDB Neon em poucos clientes e ter uma rentabilidade que vai de 100% a 113% do CDI (muito mais do que a poupança).

Além disso, ao investir no CDB Neon, você ainda pode participar do programa Viracrédito Neon. Com essa funcionalidade, suas aplicações pode ser convertidas em aumento limite de crédito.

Isso mesmo: a cada R$ 10 reais investidos, você pode ampliar em R$ 10 o limite do seu cartão de crédito Neon!

O Viracrédito pode ser acionado com aplicações a partir de R$ 30, permitindo que você crie sua carteira de investimentos de acordo com sua realidade financeira, seja ela qual for.

Assim, seu dinheiro rende muito mais do que se estivesse parado na poupança e você ainda pode ganhar crédito.

Agora que você sabe que CDB é seguro, não perca mais tempo: venha para a Neon e garanta o melhor rendimento para o seu dinheiro.

Se você gostou do conteúdo, também poderá se interessar pelos artigos abaixo:

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.2 / 5. Número de votos: 21

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO