O que é CDB, como funciona, vantagens e passos para investir

Você sabe o que é CDB? Entenda os tipos, os benefícios, quanto rende, o passo a passo para investir e como escolher o melhor!
8 minutos de leitura
8 minutos de leitura
Mão colocando moeda em porquinho em cima de mesa de madeira

No mundo dos investimentos, é muito importante saber o que é CDB e como usá-lo para diversificar sua carteira de aplicações.

Afinal, o Certificado de Depósito Bancário (CDB) é uma modalidade de investimento em renda fixa muito popular por ser segura e de baixo risco de prejuízo. 

Banner retangular mencionando o CDB Neon que rende até o dobro da poupança

Confira a seguir o guia completo sobre aplicações em CDB: como funcionam, quanto rendem, como resgatar e várias dicas imperdíveis.

Pegue sua calculadora e vamos lá!

O que é CDB?

O Certificado de Depósito Bancário (CDB) é uma categoria de investimentos de renda fixa emitida somente por instituições bancárias.

Ou seja, sua contratação é feita sempre diretamente com um banco, que pode ser tanto tradicional quanto digital.

É uma modalidade de aplicação muito segura, já que conta com a proteção do Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

Como resultado, o CDB é uma opção popular tanto para investidores experientes quanto para quem é iniciante.

Banner com CTA para novo CDB Neon

Como funciona o CDB?

Primeiro, o cliente escolhe a melhor opção de CDB, com base no rendimento oferecido e no período de aplicação.

O investimento pode ser feito direto nas agências ou digitalmente nos aplicativos bancários. Os apps são mais vantajosos por permitirem um monitoramento diário dos valores investidos.

Com os recursos captados em CDB, os bancos realizam movimentações bancárias diversas, como pagamento de despesas operacionais e concessão de empréstimos.

Após o fim do período de aplicação, o valor aplicado retorna à conta corrente do investidor, com valor total acrescido de juros. 

Portanto, o CDB é um tipo de “empréstimo ao contrário”: o investidor é quem cede temporariamente uma quantia ao banco, com incidência de juros.

Vale ressaltar que o cliente não precisa esperar até o fim do período de contratação para resgatar o dinheiro.

Como o CDB possui liquidez diária, a aplicação pode ser recuperada a qualquer momento.

Quanto rende o CDB?

A resposta é: depende da opção oferecida pelo banco. Como veremos logo adiante, existem 3 tipos de rentabilidade de CDB: juros prefixado, pós-fixado e híbrido, uma versão que mescla as duas primeiras categorias.

Como cada banco pode escolher suas próprias ofertas, é natural que os valores médios de rendimento CDB oscilem.

Em agosto de 2023, as opções prefixadas possuíam taxa mínima de aproximadamente 11% ao ano.

Vale ressaltar que, para esse tipo de CDB, o rendimento fica definido no momento do investimento e não muda até o fim do prazo.

Por sua vez, os investimentos pós-fixados usam como referência um percentual do Certificado de Depósito Interbancário (CDI).

Portanto, para essa categoria, você verá o rendimento informado em termo de porcentagem do CDI.

Por exemplo, o CDB Neon rende até 113% do CDI, sendo uma das melhores opções do mercado.

Como calcular a rentabilidade do CDB?

Para calcular o rendimento bruto (sem descontos tributários), é preciso levar em conta o tipo de CDB escolhido e multiplicar o valor investido pelos respectivos juros

Além disso, é preciso também considerar que as contas envolvem juros compostos.

Assim, se você investir em um CDB prefixado de cinco anos que pague 17% ao ano, ao final do período você terá ganho bruto de 119,24% — não é só multiplicar 17% vezes cinco anos, OK?

Como sabemos que as contas podem ficar um pouco complicadas, colocamos à sua disposição o simulador de CDB Neon.

Basta informar o quanto você pretende investir e a plataforma informará na hora quais serão seus ganhos!

Muito mais prático do que ficar fazendo conta, não é mesmo?

Quais são os tipos de CDB?

Como já mencionamos, a principal diferença entre os tipos de CDB é a forma como os rendimentos são entregues aos investidores.

Confira tudo sobre cada modalidade e saiba qual é a melhor opção para seus investimentos.

CDB prefixado

Um CDB prefixado é aquele cujo rendimento é definido no momento da contratação do investimento. 

Assim, se você aplicou em um CDB de 10% ao ano com prazo de um ano, por exemplo, vai receber 10% do dinheiro que investiu.

Simples assim.

Essa é uma aplicação previsível e adequada para quem não se sente confortável com as oscilações da taxa básica de juros no país.

CDB pós-fixado

Também conhecido como CDB DI, o CDB pós-fixado é a opção cujo rendimento só pode ser calculado após a divulgação dos indicadores usados de referência, como o CDI.

O Certificado de Depósito Interbancário (CDI) é um indicador dos juros aplicados em transações financeiras entre instituições bancárias, sendo que o valor flutua diariamente.

Tem banco que oferece CDB a 70% do CDI, por exemplo. Então, se o CDI hoje é de 10%, você recebe 70% disso — que seria 7% de juros.

Já o CDB Neon, como mencionamos, começa rendendo 105% e chega a 113% do CDI!

Saiba mais sobre a diferença entre CDB e CDI.

CDB híbrido

Pelo nome já dá pra notar: o CDB híbrido é uma mistura de pré e pós-fixado

Nesse tipo de investimento, é oferecida uma taxa prefixada mais uma variável, geralmente o IPCA.

Assim como o CDB pós-fixado, esse título está sujeito a oscilações na rentabilidade, porém menores, já que existe também uma taxa fixa acordada.

Por exemplo, se você escolher um CDB que oferece 4% + IPCA, a rentabilidade, caso o IPCA seja de 6% ao ano, será de 10% de retorno anual sobre o valor investido. 

Rentabilidade e liquidez: o que são + diferenças entre eles.

Principais vantagens do CDB

A essa altura você já deve ter entendido o que é CDB, certo?

Mas quais são as vantagens?

Além de oferecer rentabilidade maior que a poupança, existem outros benefícios muito importantes também.

Por exemplo: é normal que a gente fique preocupado com o tempo que nosso dinheiro vai ficar “parado”.

Se o prazo para resgate é um problema para você, saiba que existe a possibilidade de contratar CDB de liquidez diária, ou seja, que permitem que você tenha acesso ao seu dinheiro quando quiser.

Dica: um CDB com liquidez diária é o investimento perfeito para reserva de emergência, pois ele fica disponível todo dia para você.

Na conta digital Neon, por exemplo, você transfere o valor investido no CDB para sua conta e pode usá-lo na hora.

Banner com CTA para novo CDB Neon

Saiba mais sobre o que é e como montar uma reserva de emergência.

Outra vantagem muito importante é a proteção do CDB pelo Fundo Garantidor de Crédito (FGC).

O FGC cobre até R$ 250 mil por CPF em caso de falência do banco que vendeu o CDB, desde que a quantia esteja na mesma instituição ou conglomerado financeiro.

Dessa forma, o CDB é um investimento bastante seguro e com baixo risco, uma opção ideal para quem está começando nesse universo.

Investimentos para iniciantes: o guia completo para começar.

CDB tem imposto de renda?

Assim como outros investimentos, o Certificado de Depósito Bancário não é isento do Imposto de Renda

Sobre ele incide a alíquota regressiva, o que significa que, quanto mais tempo seu dinheiro ficar investido, menor será a porcentagem a ser paga.  

Você não precisa se preocupar com o pagamento, uma vez que esse imposto é recolhido na fonte.

Assim, quando você decidir fazer o resgate, o banco já vai separar a parte do governo e você só receberá o valor líquido na sua conta.

A tributação do CDB é semelhante à maioria das aplicações de renda fixa

  • 22,5% sobre os rendimentos ocorridos até 180 dias após a aplicação;
  • 20% sobre os rendimentos ocorridos até 360 dias após a aplicação;
  • 17,5% sobre os rendimentos ocorridos até 720 dias após a aplicação;
  • 15% sobre os rendimentos ocorridos após 720 dias da aplicação.

E tem mais um imposto: o IOF também incide sobre ele se você resgatar seu investimento com menos de 30 dias.

Então, sempre vale a pena deixar o dinheiro investido pelo menos durante os primeiros 30 dias para fugir desse imposto.

É importante lembrar que tanto o IOF quanto o Imposto de Renda são calculados apenas sobre o rendimento e não pelo montante investido.

Assim, se você depositou R$ 1 mil e teve R$ 10 de rendimento, vai pagar impostos somente sobre os R$ 10.

Como declarar CDB no Imposto de Renda?

O primeiro passo para declarar os investimentos em CDB é solicitar ao banco o Informe de Rendimentos Anual

Com essa documentação em mãos, siga o passo a passo:

  • Acesse o programa da Receita Federal para a DIRPF;
  • Clique na aba “Bens e Direitos” e informe “grupo 04 — Aplicações e investimentos”;
  • Informe o código “02 — Títulos públicos e privados sujeitos à tributação”;
  • Clique em “Novo”;
  • Preencha os dados do investimento, como o CNPJ do banco e o saldo total de aplicações, conforme consta no Informe de Rendimentos;
  • Em seguida, entre na aba “Rendimentos Sujeitos à Tributação Exclusiva / Definitiva”;
  • Selecione o código “Rendimentos de aplicações financeiras”;
  • Inclua as informações solicitadas, como o valor total das aplicações.

Caso surja alguma dúvida, vale a pena consultar um contador especialista, OK?

Quanto dinheiro é preciso ter para investir em um CDB?

Existe CDB para todos os bolsos! Com a Neon, o investimento mínimo é de apenas R$ 1!

Convenhamos, não tem desculpa para não começar a investir no CDB, não é mesmo?

Depois que você montar sua reserva de emergência, o CDB pode ser usado para realizar um sonho, por exemplo.

Com o CDB Neon, você pode programar parcelas diárias ou mensais até alcançar o valor que deseja.

Aliás, uma ótima maneira de investir é tratar isso como uma “conta a pagar” — todo mês, haja o que houver, você tem que depositar aquela parcela como se fosse um boleto.

Outra maneira é fazer seu dinheiro crescer sem precisar de parcelas programadas, investindo quando e quanto quiser.

Quanto maior o valor de entrada, melhores são as taxas entregues aos investidores. E claro, tempo é dinheiro! Quanto mais tempo você deixar seu dinheiro investido, mais retorno ele terá.

Qual o melhor CDB para investir?

O melhor tipo de investimento — seja CDB ou não — é aquele que está alinhado às suas expectativas financeiras e ao seu perfil de investidor.

Além disso, é importante que a instituição bancária escolhida seja segura, confiável e que cuide muito bem do seu dinheiro.

É por isso que o novo CDB Neon é uma das melhores opções do mercado: proteção, baixo risco e alta rentabilidade para seu dinheiro render mais do que na poupança!

O seu investimento já começa rendendo alto, com 105% do CDI, e aumenta dois pontos percentuais a cada dois meses, até chegar a 113% do CDI.

E o melhor: você faz tudo pelo próprio aplicativo, até mesmo cadastrar aplicações recorrentes todos os meses.

Temos também o programa Viracrédito Neon, que permite que o mesmo valor investido em CDB seja convertido em limite de crédito: a cada R$ 10 aplicados, você aumenta o limite do cartão de crédito em R$ 10 também.

Banner com CTA para Viracrédito Neon

Como investir em CDB?

Investir em CDB é muito simples — confira o passo a passo completo a seguir.

Defina seu objetivo

Conhecer suas metas manterá você firme no propósito de guardar dinheiro todos os meses. 

Por exemplo, se o plano é guardar dinheiro para a aposentadoria dos seus sonhos, liquidez diária não é um ponto essencial. 

No entanto, se você quer comprar algum bem de valor ou manter uma quantia como reserva de emergência, é melhor que esse dinheiro esteja disponível a curto prazo, certo?  

Organize-se financeiramente

Crie um planejamento financeiro pessoal com base nos objetivos traçados.

Lembre-se de que para fazer o dinheiro trabalhar para você é preciso ter muita disciplina, perseverança e paciência, mas é de pouco em pouco que você começa a construir o seu patrimônio.

Escolha o melhor CDB

O próximo passo é efetivamente aplicar o seu dinheiro em um CDB!

No CDB Neon, tudo é feito em poucos cliques e em segurança. Viva o melhor dos dois mundos: proteja sua grana com segurança reforçada e o melhor rendimento do mercado.

E lembre-se de que, com a Neon, você pode acessar o seu dinheiro a qualquer hora — só não esqueça de não resgatar antes de 30 dias para evitar o pagamento do IOF, tá?

Chegou a hora de começar a investir no CDB Neon!

Fazer um bom investimento é uma forma real de garantir sua tranquilidade, cuidar bem do seu dinheiro e conquistar sua segurança financeira.

Basta um pouco de planejamento e comprometimento com a sua meta para ver o seu montante crescendo mês a mês.

O que achou das informações sobre o que é CDB, como funciona e como investir? 

Se você gostou do conteúdo, também poderá se interessar pelos artigos abaixo:

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO
Minutos
Segundos