Empréstimo para autônomo: entenda as vantagens e como pedir

O empréstimo para autônomo é uma linha de crédito especial para profissionais que trabalham de forma independente. Veja como pedir!
5 minutos de leitura
5 minutos de leitura
Homem sorrindo com o dedo indicador apontando para a testa

Obter um empréstimo para autônomo pode ser interessante em alguns momentos da vida profissional, como diante de oportunidades de crescimento.

Afinal, tomar crédito é uma forma simples de adquirir ferramentas, máquinas e produtos indispensáveis ao trabalho, permitindo a ampliação da carteira de clientes ou o atendimento a grandes pedidos.

Contudo, é preciso considerar os juros, o valor e a quantidade de parcelas para que você não comprometa o fluxo de caixa — ou seja, fique sem o dinheiro necessário para bancar as despesas do dia a dia de trabalho.

A chave para o sucesso está no planejamento financeiro, como vamos ver ao longo do artigo.

Siga em frente para tirar dúvidas e escolher o empréstimo mais adequado para o seu caso.

O que é empréstimo para autônomo?

Empréstimo para autônomo é uma linha de crédito pensada para profissionais que trabalham de forma independente.

Ou seja, é um empréstimo para quem não tem vínculo empregatício e trabalha vendendo produtos ou serviços diretamente para outras pessoas, ou mesmo para empresas.

Diferentemente do profissional liberal, o autônomo não possui uma formação específica, como faculdade ou pós-graduação, nem filiação obrigatória ao sindicato de sua categoria.

Cabeleireiros, fotógrafos, escritores, tradutores, eletricistas, encanadores e professores particulares são exemplos de profissionais que podem atuar como autônomos.

Como conseguir empréstimo sendo autônomo?

Por terem receita variável, muitas vezes os autônomos encontram dificuldades para acessar produtos e serviços financeiros como o empréstimo.

Isso porque diversas instituições financeiras exigem comprovação de renda para emprestar dinheiro.

Tradicionalmente, a renda dos trabalhadores com carteira assinada ou servidores públicos é comprovada por meio do holerite.

Como o autônomo não tem esse documento, restam alternativas como a declaração do Imposto de Renda e os extratos bancários.

Embora seja uma documentação válida, não tem a mesma previsibilidade de renda de um contracheque.

A boa notícia é que esse cenário está mudando com o surgimento de fintechs como a Neon e a aceitação de outros tipos de garantia para as linhas de crédito.

Tipos de empréstimo para autônomo

Veja a seguir os principais empréstimos para autônomo disponíveis no mercado:

  • Crédito pessoal: se destaca por dispensar a burocracia de outras modalidades e poder ser utilizado para qualquer finalidade. Para acessar o crédito pessoal, o autônomo passa por uma análise de crédito, em que são considerados fatores como seu perfil e score
  • Empréstimo com garantia: como o nome indica, essa linha de crédito pede um bem como garantia de pagamento. Carros e casas são os bens comumente usados para negociar as taxas de juros e número de parcelas
  • Penhor: é semelhante ao empréstimo com garantia — nesse caso, porém, o bem fica indisponível até a quitação do valor devido.

Qual a vantagem do empréstimo para autônomo?

O principal benefício de escolher um empréstimo destinado ao profissional autônomo está nas condições mais vantajosas, ainda que não haja documentos tradicionalmente usados para comprovar renda.

Afinal, nessa modalidade de crédito, a instituição financeira considera outros tipos de garantia, incluindo até mesmo extratos bancários ou a declaração de Imposto de Renda do último ano.

Ou seja, o autônomo não precisa passar por processos burocráticos e demorados para ter acesso ao valor de que precisa rapidamente e com taxas de juros reduzidas.

Dessa forma, ele pode obter o crédito necessário para investir no negócio e crescer. Afinal, é preciso ter capital para evoluir do trabalho autônomo para uma empresa.

Com dinheiro em caixa, é possível adquirir equipamentos para otimizar o trabalho, contratar pessoas, manter um capital de giro saudável, ampliar o ponto de venda, adquirir veículos, fazer cursos, entre outros investimentos essenciais para expandir as operações e os lucros.

Contudo, esses e outros benefícios dependem de resultados da análise de crédito e facilidades oferecidas pela instituição financeira.

Daí a importância de pesquisar e comparar as opções antes de assinar o contrato.

Como fazer empréstimo para autônomo?

A dinâmica para obter empréstimo pode ser diferente conforme a política da instituição credora e a modalidade de linha de crédito.

Porém, há exigências comuns, como a apresentação de documentos e assinatura de um contrato, que comentaremos a seguir.

Veja também dicas para assumir o empréstimo com sabedoria.

Tenha um objetivo claro

Antes de buscar um empréstimo, saiba o motivo para contratar esse produto.

Afinal, você terá de pagar juros e parcelas mensais.

Calcule o montante necessário para o seu projeto com antecedência e evite acrescentar valores desnecessários à linha de crédito.

Planeje os pagamentos

Depois de conhecer o porquê e o valor do empréstimo, avalie a situação da sua vida profissional para determinar o limite de cada parcela.

Assim, dá para garantir que os pagamentos serão feitos em dia, sem comprometer seu fluxo de caixa.

Pesquise as alternativas no mercado

Nada de aceitar a primeira proposta que aparecer na sua frente!

Existem diferentes credores disponíveis para fazer o seu empréstimo.

Portanto, avalie as opções, comparando taxas, formas de pagamento e penalidades em caso de atraso.

Verifique a reputação da instituição credora

Encontrou uma oferta interessante?

Ótimo.

Só não se esqueça de conferir a reputação da empresa credora para não cair em armadilhas.

Desconfie de instituições que pedem um depósito para liberar o empréstimo, pois isso costuma ser golpe.

Propostas tentadoras demais, com taxas de juros muito baixas e sem garantia também devem acender a luz de alerta para possíveis fraudes.

Busque sempre por avaliações do credor na internet, em órgãos de defesa do consumidor e em sites como o Reclame Aqui.

Negocie taxas e parcelas

Se estiver tudo certo com o credor, avance para a negociação da taxa de juros, quantidade e valor das parcelas.

Às vezes, é possível conseguir bons descontos.

Entregue a documentação necessária

Finalizada a negociação, leia o contrato com atenção e peça orientações sobre os próximos passos.

Você terá de apresentar documentos como extratos bancários, declaração do imposto de renda, CPF, entre outros.

Vale a pena para o autônomo pedir um empréstimo?

Depende da sua necessidade atual e das receitas esperadas para os próximos meses.

Caso esteja enfrentando momentos difíceis diante de imprevistos como doenças ou perda de clientes, essa pode ser uma alternativa viável para sair do sufoco e se reerguer.

Porém, tenha em mente que você compromete parte do orçamento por meses ou até anos, e o não pagamento das parcelas até o vencimento pode virar uma bola de neve, pois são aplicadas penalidades como multas por atraso.

Por isso, se não tiver urgência para receber o dinheiro, estude outras formas de aumentar as receitas, como fazer renda extra ou ampliar a carteira de clientes.

Alternativas ao empréstimo para autônomo

Em vez de pedir um empréstimo para autônomo, você também pode procurar alternativas para ganhar um dinheiro extra e levantar fundos.

Veja algumas ideias:

  • Alugar um espaço da sua empresa, como um galpão ou parte do escritório
  • Buscar investidores interessados em fazer aportes em soluções desenvolvidas pelo seu negócio
  • Começar a vender seus produtos ou serviços pela internet para ampliar o faturamento
  • Criar um infoproduto, como um curso online da sua área de atuação, e vender em plataformas especializadas como a Hotmart
  • Vender equipamentos, móveis, eletrodomésticos e outros itens que você não usa mais na sua empresa ou na sua casa.

Leia também: Renda extra: confira 12 ideias para ganhar dinheiro.

Qual banco faz empréstimo para autônomo online?

Decidiu que tomar crédito é uma boa pedida neste momento? Então, venha conhecer o empréstimo pessoal Neon! Em poucos cliques, você abre sua conta digital, simula e faz uma proposta.

Depois de uma análise rápida, o dinheiro fica disponível na sua conta! É fácil e sem burocracia.

Você pode simular qualquer valor entre R$ 500 e R$ 15 mil, podendo dividir o pagamento em até 24 parcelas.

Já a taxa de juros é competitiva e calculada de forma totalmente personalizada, de acordo com o seu perfil.

E o melhor: você tem total controle sobre os pagamentos na área “Empréstimos” do app Neon.

Dá para acompanhar todas as parcelas, valores, taxas, datas de vencimento e adiantar pagamentos para ganhar descontos.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 3

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.
NEON LOGO