Limite de transferência excedido: e agora? Veja as opções

Já teve que lidar com aquela mensagem “limite de transferência excedido”? Veja o que fazer e como ajustar o limite para não passar aperto.
3 minutos de leitura
3 minutos de leitura
Pessoa segurando símbolo de cifrão azul em frente a fundo amarelo

Por questões de segurança, é possível se deparar com a mensagem de limite de transferência excedido dependendo do horário ou do valor que se deseja movimentar entre contas bancárias.

Esse é um dispositivo implementado pelo Banco Central e pelas instituições financeiras e de pagamento autorizadas para evitar golpes, fraudes e proteger seus usuários.

Os limites variam conforme o tipo de transação, sendo que podem ser alterados mediante solicitação e aprovação.

Siga a leitura para entender por que existe limite de transferência excedido, como solucionar, quais são as regras para Pix, TED e o extinto DOC.

Limite de transferência excedido: por que isso acontece?

Ver o limite de transferência excedido ao tentar realizar uma movimentação bancária é inconveniente.

No entanto, imagine a dor de cabeça ao verificar no seu extrato que foi tirado dinheiro da sua conta sem sua autorização e conhecimento.

E como todos estão sujeitos a cair em algum golpe ou ser vítima de fraude, os bancos, carteiras digitais e outras instituições financeiras determinam um valor máximo ou mesmo uma quantidade de operações diárias para proteger seus clientes.

Quando esse teto é atingido, chega-se ao limite de transferência excedido e é preciso esperar o dia seguinte.

Para cada tipo de transação há limites diferentes, e alguns deles podem ser alterados.

Qual o limite de transferência para DOC e TED?

O Documento de Ordem de Crédito (DOC) e a Transferência Eletrônica Disponível (TED) eram, até pouco tempo, as formas mais comuns de enviar dinheiro para contas em outros bancos, até mesmo de outros titulares.

No entanto, possuem algumas restrições, como a de limite de transferência excedido.

O DOC foi descontinuado em 2024, sendo que suas últimas operações programadas foram realizadas em fevereiro.

Esse sistema tinha um limite de transferência de R$ 4.999,99 e funcionava por compensação bancária, levando pelo menos um dia útil para entrar na conta do destinatário.

Para valores acima de R$ 5 mil é necessário fazer uma TED que, por ser compensação eletrônica, pode entrar quase instantaneamente na conta destino, desde que respeitado o horário limite instituído pelo banco, geralmente às 17h e em dia útil.

Ou seja, embora você possa fazer transferências de qualquer valor com TED sem precisar ir ao banco, dependendo do horário e do dia que você quiser realizar a operação, ela não será automática e o destinatário deverá esperar a compensação.

O que fazer se exceder o limite de transferência do DOC e TED?

Como vimos, o DOC não é mais uma opção e, até pouco tempo, a TED era a alternativa para transferências quase instantâneas, porém com restrição de horário.

Desde novembro de 2020, há uma solução mais rápida e prática para usuários do serviço bancário online: o Pix.

Diferente dos demais, não há compensação bancária, exigência de ser dia útil ou o limite das 17h, o que permite que o valor transferido entre na conta destino em poucos segundos.

O serviço é gratuito para pessoas físicas, sendo que para a TED as instituições financeiras cobram taxas pelas transações, como cobravam pelo DOC.

Qual o limite de transferência do Pix?

Inicialmente o Banco Central, criador do Pix, não havia estipulado limites para a realização dessas transações, porém, o crescente número de golpes trouxe a necessidade de ajustes.

Assim, durante a noite (entre 20h ou 22h e 6h), se você tentar fazer um Pix acima de R$ 1 mil, verá a mensagem de limite de transferência excedido.

Porém, não há restrições quanto ao número de transações, desde que não passe do valor.

O seu banco pode estipular um limite diário de movimentação, mas que você pode alterar, tendo o cuidado para não ficar vulnerável a golpes.

É claro que você não pode ultrapassar o valor disponível em conta.

Ou seja, pode fazer um Pix de R$ 5 mil, desde que tenha essa quantia disponível na sua conta.

Como ajustar o limite do Pix?

Você pode aumentar seu limite de Pix na sua conta digital Neon em poucos passos, pelo aplicativo no seu celular.

Basta acessar a área Pix, clicar em limites Pix e escolher a opção de solicitar aumento do limite e digitar o valor que deseja autorizar. Seu pedido deve ser autorizado entre 24h e 48h.

Ao abrir uma conta na Neon, você pode fazer e receber Pix a qualquer dia, em qualquer hora: basta cadastrar sua chave no aplicativo!

O propósito da Neon é criar caminhos por uma vida financeira melhor para todos os brasileiros. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO