Qual a melhor chave para o Pix para não cair em golpes?

Escolher qual a melhor chave para o Pix depende do tipo de transação que você irá fazer, mas é preciso saber o que considerar para evitar golpes.
8 minutos de leitura
8 minutos de leitura
Exclamação amarela sobre fundo azul

Você já se perguntou qual a melhor chave para o Pix e quando utilizar cada uma delas? Hoje podemos utilizar o CPF ou CNPJ, número do celular, e-mail e chave aleatória.

Todas as opções são seguras, no sentido de que você receberá os valores em sua conta corretamente e sem interceptações.

No entanto, é preciso escolher a chave certa para cada situação, pensando principalmente na segurança e privacidade dos seus dados pessoais.

Continue lendo e garanta sua segurança.

Traga sua chave Pix para a Neon!

Cadastre sua chave Pix de CPF, e-mail ou celular na Neon para começar a aproveitar todos os benefícios da conta digital! Aqui você encontra cartão de crédito, empréstimo pessoal, cashback, CDB e muito mais.

Qual a melhor chave para o Pix e como escolher?

Se você está em dúvida sobre qual chave Pix escolher para fazer suas transações, acompanhe nossas dicas a seguir.

Mudanças no Pix 2023: o que mudou e quais as novas regras?

Conheça as opções de chave Pix

Para definir qual a melhor chave Pix para cada situação, vamos começar conhecendo as opções oferecidas pelo sistema de pagamentos instantâneos do Banco Central:

  • CPF ou CNPJ: permite utilizar o Cadastro de Pessoa Física (CPF) do indivíduo ou o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da empresa como chave;
  • E-mail: qualquer endereço de e-mail pode ser cadastrado como uma chave Pix e ser associado à sua conta bancária;
  • Número de celular: da mesma forma, é possível utilizar um número de celular com DDD como chave Pix;
  • Chave aleatória: é uma sequência alfanumérica aleatória e única, criada automaticamente pelo sistema do Pix e vinculada à conta bancária.

Veja também nosso passo a passo para cadastrar suas chaves Pix na Neon.

Banner Com Cta Para Pix Neon

Confira agora os prós e contras de cada uma das opções!

CPF ou CNPJ

Para pessoas físicas, a utilização do CPF é uma opção prática, pois se trata de uma informação normalmente já memorizada.

Além disso, a unicidade de registro garante que não exista duas numerações iguais no país.

O mesmo se aplica ao CNPJ, que também possui a vantagem de transmitir maior segurança aos clientes que irão pagar por Pix por alguma compra realizada no estabelecimento.

No entanto, vale ressaltar o risco de se utilizar o CPF/CNPJ: ambos os números de identificação podem ser utilizados indevidamente por criminosos em golpes de falsificação ideológica.

Golpe do Pix: o que fazer caso você caia? Veja como proceder.

E-mail

A modalidade de e-mail também oferece praticidade para o cadastro. Desde que seja respeitado o limite máximo de chaves cadastradas, é possível registrar diversos endereços eletrônicos.

No entanto, é importante estar sempre atento a quaisquer alterações nos e-mails utilizados. Caso você perca o acesso de algum endereço, lembre-se de excluir a respectiva chave Pix cadastrada!

Número de celular

Segundo dados divulgados pelo Banco Central (Bacen), 20,98% de todas as chaves Pix estão cadastradas com o número de celular. Ou seja, trata-se de uma das opções mais utilizadas pelos brasileiros.

Contudo, vale a pena lembrar que, assim como acontece com o e-mail, é preciso sempre estar atento às atualizações do número de celular.  

Chave Pix aleatória

Como vimos, a chave aleatória é gerada automaticamente pelo sistema Pix, sendo composta por uma sequência de letras e números que a tornam extremamente segura.

Essa é a opção que garante mais privacidade de dados, uma vez que não há compartilhamento das informações pessoais do recebedor.

Trata-se da escolha mais indicada para quem recebe pagamentos via Pix de desconhecidos.

QR Code

Apesar de não ser considerado uma chave, o QR Code é uma modalidade de cobrança associada ao Pix que faz muito sucesso. Por meio dos próprios aplicativos bancários, é possível emitir um QR Code para que você receba o pagamento.

É uma opção muito utilizada principalmente por quem possui empreendimentos. Ao fazer a leitura do código exposto em algum lugar bem visível do estabelecimento, o aplicativo bancário do cliente já reconhecerá o recebedor do pagamento.

Por conta da agilidade, trata-se de uma das modalidades de usar o Pix que mais facilitam a vida dos consumidores.

Considere a melhor chave para cada situação

Não existe uma chave Pix melhor ou pior, mas sim a mais adequada para cada situação.

De forma geral, o CPF é considerado a chave mais segura no sentido de que é impossível alguém cadastrar seu documento em outra conta bancária.

Logo, é mais garantido que as transferências feitas pelo número do CPF cairão na sua conta corretamente, sem risco de fraude ou erro no momento da transação.

Por outro lado, há várias situações em que não é seguro expor seu CPF, principalmente quando você precisa informar uma chave Pix a desconhecidos.

Para esses momentos, vale mais a pena usar a chave aleatória, que é uma combinação de 32 caracteres, entre números, letras e símbolos gerada automaticamente.

O problema é que é praticamente impossível memorizar essa sequência, tornando essa chave útil apenas em ocasiões pontuais.

Há ainda as opções do e-mail e telefone, menos seguras devido à possibilidade de cadastramento em outras contas, mas bastante utilizadas para receber dinheiro da empresa, de amigos e familiares, entre outras transações que se repetem.

Pix chave aleatória ou CPF?

A dúvida mais comum dos usuários costuma ser entre o Pix chave aleatória ou CPF.

Como mencionamos anteriormente, há muitas situações em que não é interessante expor o CPF, visto que esse documento pode ser usado por golpistas quando associado a outros dados fáceis de descobrir hoje em dia, como nome completo e filiação.

Na internet, é comum ver até “pegadinhas” em que os usuários de redes sociais que deixam vazar suas chaves Pix de CPF são cadastrados como mesários voluntários em eleições sem saber, ou associados a partidos políticos ou clubes de futebol.

São exemplos de consequências leves, mas que deixam claro o alerta de possíveis fraudes com seu documento.

Por isso, se você passar uma chave Pix para um desconhecido ou uma empresa que acabou de conhecer, é melhor optar pela chave aleatória, uma vez que, muito provavelmente, será uma transação pontual.

Agora, se você precisa de uma chave para receber o salário da empresa na qual trabalha, por exemplo, tudo bem dar seu CPF, já que o RH tem todos os seus dados.

Isso vale para recebimento de valores de instituições financeiras nas quais você tem conta, de empresas com boa reputação e de amigos e familiares confiáveis.

Leia também: Pix Saque e Pix Troco: aprenda como sacar o dinheiro do Pix

Quantas chaves Pix posso ter?

O número total de chaves Pix depende da categoria do cliente:

  • Para pessoas físicas, é possível cadastrar até 5 chaves Pix por conta bancária;
  • Para pessoas jurídicas, é possível cadastrar até 20 chaves Pix por conta PJ.

É preciso lembrar, porém, que o mesmo e-mail ou número de celular só pode ser cadastrado uma vez, mesmo que você tente fazer o registro em outra instituição financeira.

Ou seja: se você quiser cadastrar mais de um e-mail ou celular, será preciso informar um novo endereço eletrônico e numeração, respectivamente.

Pix com cartão de crédito: como fazer + dicas para usar.

Como consultar a chave Pix?

Manter o controle das chaves Pix é essencial para as boas práticas de gestão financeira. Afinal, o monitoramento constante permite identificar rapidamente se alguém cadastrou alguma chave em seu nome.

Caso você queira consultar as chaves de algum banco ou fintech em específico, é possível acessar as informações pelo próprio aplicativo.

Por exemplo, no app da Neon, ao clicar em “Pix” e depois “Registrar Pix”, você será direcionado à tela de todas as chaves cadastradas!

Por outro lado, se você pretende realizar o mapeamento em todas as instituições financeiras, recomenda-se utilizar a ferramenta online Registrato, disponibilizada pelo Banco Central.

Acessando a opção “consultar chave Pix”, você receberá a listagem de todos os cadastros feitos previamente.

Vale ressaltar que o Registrato também permite a consulta de inúmeras informações relacionadas à situação financeira do indivíduo, como empréstimos ativos em seu CPF.

Pix Garantido: o que é e para que vai servir?

Como apagar chave Pix?

As chaves Pix podem ser excluídas diretamente no aplicativo bancário. Cada instituição financeira tem um fluxo de navegação específico.

De maneira geral, é possível acessar a opção de gerenciamento das chaves Pix e solicitar a exclusão de alguma em específico.

Por exemplo, no aplicativo da Neon, basta você clicar nos 3 pontinhos do lado da chave cadastrada e selecionar a opção de deletar.

Fácil, não é mesmo?

Não se esqueça também que as chaves são automaticamente excluídas quando uma conta bancária é encerrada.

Pix parcelado tem juros? Veja vantagens e desvantagens.

Usar chave Pix é seguro?

Sim, usar chave Pix é seguro desde que você tome algumas medidas de precaução básicas como as que mencionamos.

Para garantir sua segurança, é recomendado criar obrigatoriamente a chave Pix do CPF, de modo que seu documento pessoal fique vinculado à sua conta bancária mais utilizada.

Também é interessante criar chaves do seu e-mail principal e do seu celular utilizado no momento, de modo que ninguém mais possa utilizar essas informações em outras contas.

Aproveite e confira o que é e como fazer a portabilidade das chaves Pix.

Atenção ao compartilhar sua chave Pix

Na hora de compartilhar sua chave Pix, verifique sempre se não há nenhum perigo em revelar a informação escolhida para o destinatário (CPF, e-mail ou telefone).

Hoje, a privacidade dos dados pessoais é uma questão central no mercado, após sucessivos vazamentos de dados e um crescimento assustador dos golpes pela internet.

Existem muitos criminosos que só precisam de alguns dados seus para criar as mais diversas fraudes, desde o roubo de senhas e invasão de contas até a clonagem de cartões de crédito, tomada de empréstimos e compras fraudulentas em seu nome.

Por isso, se você quiser se garantir e não expor nenhum dado pessoal, mesmo que seja um simples endereço de e-mail, a dica é usar a chave aleatória.

O único problema dessa chave, realmente, é que ela não é muito prática, visto que é de difícil memorização e não serve para pagamentos recorrentes.

Sempre que você acreditar que não deve compartilhar seus dados com um pagador, porém, vale a pena usá-la.

E não custa reforçar: nunca, em hipótese alguma, publique suas chaves Pix em locais públicos como redes sociais, caixas de comentários e fóruns.

Leia também: Medidas de segurança do Pix estabelecidas pelo Banco Central

5 cuidados para não cair em golpes do Pix

A partir de agora, vamos listar 5 dicas bem práticas para evitar problemas com o Pix.

1. Nunca faça transferências para estranhos

O golpe mais tradicional do Pix envolve um pedido desesperado de transferência vindo de algum amigo e parente que teve sua conta clonada no WhatsApp.

Além desse clássico, os golpistas também enganam vítimas solicitando transferências de valores para liberar algum tipo de prêmio ou entrega de produtos.

Por isso, a regra máxima é jamais fazer um Pix para um estranho, pois esse dinheiro nunca mais voltará para a sua conta e nada poderá ser feito a respeito.

O WhatsApp é seguro? Veja como se proteger de golpes.

2. Fuja de links desconhecidos

O Pix tem sido muito usado para aplicar golpes de phishing e smishing, expressões em inglês que consistem em “fisgar” vítimas com links fraudulentos enviados por e-mail, SMS e redes sociais, visando roubar seus dados pessoais e invadir suas contas.

No caso, os golpistas atraem as pessoas com falsas ofertas e prêmios, oportunidades de quitação de dívidas, descontos bons demais para serem verdade e outras artimanhas, quase sempre envolvendo a transferência de algum valor via Pix.

Por isso, fique atento a qualquer link recebido de desconhecidos, principalmente em mensagens vindas de uma suposta autoridade, como um banco ou a própria Receita Federal, por exemplo.

3. Coloque o app do banco em uma pasta oculta

Após a alta dos crimes conhecidos como “sequestros do Pix”, em que criminosos sequestram vítimas para fazer transferências por meio de seus celulares, tornou-se fundamental proteger o app do seu banco de acesso indevido.

Para aumentar sua segurança, você pode colocar o aplicativo em uma pasta oculta do aparelho, além de ativar a necessidade de senha para qualquer operação.

4. Ative a autenticação de dois fatores

A autenticação de dois fatores, também chamada “Autenticação/verificação em duas etapas”, é um recurso de segurança utilizado por serviços online que acrescenta uma camada extra de proteção ao seu processo de login.

Na hora de fazer o login no sistema e se autenticar, você deverá usar dois tipos de informação:

  • Algo que você sabe: a clássica senha ou PIN;
  • Algo que você tem: smartphone para receber um código de verificação (via SMS, ligação ou WhatsApp), cartão bancário, token, chave de acesso, pendrive, aplicativo autenticador de terceiros, etc.

No caso, para se proteger de golpes do Pix, é importante ter esse recurso ativado no app da sua conta bancária e nunca compartilhar seu código de verificação com ninguém.

A Neon, por exemplo, oferece tokens para validação no app e autenticação por selfie e por digital — um dos sistemas mais seguros do mercado!

Veja como abrir a conta Neon no celular e ficar protegido.

5. Confira os dados do Pix

Se estiver fazendo uma transferência ou pagamento via Pix, lembre-se de conferir com muita atenção os dados do recebedor na tela do seu celular.

Essa simples medida pode evitar muitas dores de cabeça com transferências equivocadas e fraudes em lojas online, por exemplo.

Agora você já sabe como escolher a melhor chave Pix para suas transações e se proteger de golpes!

Quer saber mais? Descubra se é possível cancelar um Pix.

Traga sua chave Pix para a Neon!

Cadastre sua chave Pix de CPF, e-mail ou celular na Neon para começar a aproveitar todos os benefícios da conta digital! Aqui você encontra cartão de crédito, empréstimo pessoal, cashback, CDB e muito mais.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.7 / 5. Número de votos: 22

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Picture of Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO