Do vale-refeição ao desconto mensal na academia, a política de benefícios é o conjunto de auxílios oferecidos pelas empresas aos funcionários.

Entre as alternativas de benefícios opcionais, destacam-se as modalidades mais criativas e diferenciadas que valorizam as empresas e promovem ambientes de trabalho mais acolhedores e motivantes.

Continue lendo para saber tudo sobre o assunto: o que é uma política de benefícios corporativos, como elaborar e quais são os impactos positivos.

O que é política de benefícios?

No contexto de gestão de recursos humanos, a política de benefícios é o conjunto de diretrizes referentes aos auxílios corporativos obrigatórios e adicionais.

Os direitos sociais e benefícios do trabalhador são assegurados pelo artigo 7 da Constituição Federal, que inclui:

Os benefícios que não são explicitamente mencionados na Constituição ou na Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) são categorizados como adicionais, sendo que o contratante pode optar ou não por concedê-los aos colaboradores.

O artigo 458 da CLT cita alguns dos serviços opcionais:

  • Convênio médico e plano odontológico
  • Previdência privada
  • Seguro de vida
  • Vale-cultura
  • Apoio educacional.

Vale mencionar também que o mercado nacional segue a tendência de ampliar e diversificar as modalidades adicionais, para garantir maior qualidade de vida para os funcionários e elevar o nível de produtividade.

Continue lendo para ficar por dentro de outros impactos positivos de benefícios bem mapeados.

Qual a importância da política de benefícios de uma empresa?

Com uma política de benefícios corporativos atrativa e alinhada às demandas específicas, as empresas estão investindo na satisfação profissional de suas equipes de trabalho

Afinal, o acesso a auxílios e serviços diferenciados motiva os colaboradores, ao mesmo tempo que zela por sua saúde e bem-estar.

Segundo uma pesquisa da consultoria Robert Half, 89% das empresas afirmam que as políticas de cuidado com os colaboradores aumentam a motivação e impactam positivamente nos seus resultados.

Veja a seguir algumas das principais vantagens de benefícios corporativos adicionais:

  • Promoção de ambientes de trabalho mais responsáveis, seguros e saudáveis
  • Retenção de talentos e redução de turnover
  • Atração de profissionais altamente qualificados
  • Fortalecimento da reputação da empresa
  • Consolidação da competitividade corporativa
  • Estímulo à produtividade.

Para garantir esses pontos positivos, a empresa precisa elaborar políticas de benefícios que sejam adequadas ao perfil dos funcionários.

Oferecer serviços aleatórios e incompatíveis com as pessoas não surtirá efeito.

Como criar uma política de benefícios?

Em geral, a política corporativa costuma ser oficializada pelas empresas por meio de documentações específicas que passam a integrar até mesmo os contratos de trabalho.

Por questões regulatórias, os empregadores devem observar os requisitos jurídicos e seguir à risca os auxílios considerados obrigatórios, além de registrar adequadamente os serviços adicionais.

Deve-se ressaltar também que, uma vez concedido o benefício opcional, o empregador não conseguirá retirá-lo facilmente, uma vez que a prática pode ser vista juridicamente como lesiva aos trabalhadores.

Nesses casos, normalmente é feito o remanejamento para outro serviço similar ou equivalente.

Como escolher os melhores benefícios?

A escolha dos auxílios que compõem a política de benefícios deve ser feita de maneira estratégica e muito bem planejada.

Basicamente, o mapeamento das melhores opções envolve:

  • Estudo do perfil dos funcionários
  • Elaboração de questionários para identificar as preferências das equipes
  • Solicitação de orçamentos com diferentes fornecedores parceiros
  • Contratação da empresa que oferece o melhor custo-benefício.

Exemplos de benefícios diferenciados

Veja a seguir alguns dos benefícios que mais têm feito sucesso no mercado de trabalho

  1. Vale-cultura, como entradas gratuitas ou descontos em ingressos para apresentações, peças de teatro, exposições e até mesmo sessões de cinema
  2. Vale-horta, incluindo cestas de produtos orgânicos de produtos locais
  3. Convênio com redes de academias para estimular a saúde física e emocional, muitas vezes fazendo uso de plataformas de assinatura como o Gympass
  4. Parceria para atendimento psicológico presencial ou mesmo online em plataformas como Vittude e Zenklub.

Além disso, cada vez mais empregadores passam a oferecer aconselhamento financeiro gratuito.

No próximo tópico, veremos como é importante cuidar do bem-estar financeiro dos trabalhadores.

Bem-estar financeiro do colaborador na política de benefícios

As preocupações com dívidas e urgências financeiras são devastadoras: segundo o relatório anual da Salary Finance (em inglês), problemas com dinheiro aumentam em 10 vezes as chances de os colaboradores não entregarem suas tarefas em tempo.

Por isso, muitos contratantes estão aderindo à inclusão de aconselhamento financeiro em sua política de benefícios para mitigar os impactos no bem-estar de seus funcionários.

A consultoria financeira da Neon garante que seus colaboradores recebam amparo e direcionamento a respeito de assuntos importantes, como:

Viu como a Neon pode ser sua grande parceira para elaborar boas políticas de benefícios?

Então conheça de perto a nossa consultoria empresarial, além dos demais benefícios que ajudamos a sua empresa a implementar!

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.