O prazo para a entrega do Imposto de Renda 2022 já começou!

Você tem de 7 de março até as 23h59 do dia 31 de maio de 2022 para fazer a sua declaração, então fique atento para cumprir o prazo e evitar pagar multa por atraso — que é de 1% do imposto devido por mês de atraso, com valor mínimo de R$ 165,74 e máximo de 20% do tributo devido.

Por isso, já comece a se planejar para fazer a sua declaração de Imposto de Renda!

Para te ajudar, selecionamos aqui 8 informações importantes que você precisa conhecer antes de fazer a sua declaração de IR.

Continue lendo!

1. Qual o prazo de entrega da declaração de Imposto de Renda 2022?

O período para fazer a declaração de Imposto de Renda 2022 começa às 8h do dia 7 de março e vai até 23h59 do dia 31 de maio, então programe-se! Você tem aproximadamente três meses para acertar as contas com o leão.

Normalmente, o sistema informa em 24 horas se você o contribuinte caiu na malha fina, então, caso isso aconteça, você terá tempo para identificar qual foi o erro, retificar o Imposto de Renda e até mesmo restituir nos primeiros lotes, caso você tenha valor a receber.

Veja aqui o que é malha fina e quais são os erros mais comuns que te fazem cair nela.

2. Quem precisa declarar o Imposto de Renda 2022?

Qualquer pessoa que se enquadrar em uma das obrigatoriedades abaixo precisa fazer a Declaração de Imposto de Renda 2022:

  • Recebeu mais de R$ 28.559,70 em renda tributável em 2021;
  • Ganhou mais de R$ 40 mil isentos, não tributáveis ou tributados direto na fonte no ano passado;
  • Lucrou com a venda de bens;
  • Comprou ou vendeu ações na bolsa de valores (qualquer valor);
  • Recebeu mais de R$ 142.798,50 em atividade rural ou tem prejuízo rural a ser compensado;
  • Era dono de bens no valor de mais de R$ 300 mil;
  • Passou a morar no Brasil em 2021 e ficou aqui até 31 de dezembro;
  • Vendeu imóvel e comprou outro em 180 dias, de modo que usou a isenção de Imposto de Renda.

Não precisa fazer a declaração a pessoa física que não se enquadrar em nenhum item acima, for dependente e constar na declaração de outra pessoa física, ou tiver propriedade de bens e direitos que forem bens comuns, já declarados pelo cônjuge, desde que o valor total dos seus bens privativos não exceda R$ 300 mil até o final do ano passado.

3. Como fazer a declaração de Imposto de Renda 2022?

Você pode declarar pelo computador, celular ou tablet. No computador, basta baixar o programa IRPF 2022 (ano-calendário 2021) no site da Receita Federal. Clique aqui para baixar.

No celular, baixe o aplicativo “Meu Imposto de Renda”. Clique aqui para baixar a versão para Android e aqui para baixar a versão para iOS.

Caso você tenha certificado digital, basta acessar o site da Receita Federal e declarar na área “Meu Imposto de Renda”. Clique aqui para acessar.

Dica: você pode começar a sua declaração em um dispositivo e terminar em outro, o importante é preencher tudo com atenção e conferir todas as informações antes de enviar a declaração.

Veja aqui um passo a passo sobre como declarar o Imposto de Renda 2022.

4. É possível preencher alguns campos automaticamente?

Uma das facilidades que o sistema da Receita Federal oferece é a declaração pré-preenchida. Optando por essa modalidade, é possível iniciar a declaração com inúmeros campos já preenchidos, pois os dados são importados da declaração do ano anterior.

Dessa forma, basta que o contribuinte confira os números e insira as informações que estiverem faltando. Isso porque o sistema identificará automaticamente qual foi a renda retida na fonte, atividades imobiliárias (como negociações de imóveis), gastos com educação e uso de serviços médicos, por exemplo.

Esse formato já existe desde 2014, mas apenas quem possuía certificado digital conseguia usá-lo. Entretanto, desde 2021 quem tem cadastro no site do Governo Federal também pode usufruir dessa facilidade.

Confira todas as informações no site do Governo Federal sobre a declaração pré-preenchida. 

5. É melhor escolher a declaração completa ou simplificada?

Com a declaração simplificada você pode deduzir automaticamente 20% no valor tributável, limitado a R$ 16.754,34.

Ou seja, ela é destinada principalmente para quem teve poucas despesas ao longo do ano passado, já que o contribuinte abre mão de fazer qualquer dedução de gastos com educação e saúde, por exemplo.

Já com a declaração completa você tem dois limites de dedução:

  • R$ 2.275,08 por dependente;
  • R$ 3.561,50 com despesas de educação.

Então avalie o que funciona melhor para você.

6. Qual o calendário de restituição do Imposto de Renda 2022?

O calendário de restituição do IR 2022 é:

Lote Data de pagamento da restituição
1º lote 31 de maio
2º lote 30 de junho
3º lote 29 de julho
4º lote 31 de agosto
5º lote 30 de setembro

Quanto antes você declarar, mais chances você tem de conseguir restituir o Imposto de Renda mais cedo, então organize-se!

Veja aqui tudo o que você precisa saber sobre a restituição do Imposto de Renda 2022.

E ah, boa notícia: caso você tenha imposto a restituir, você poderá recebê-lo via Pix, o que ajuda a reduzir erros na hora do preenchimento das contas bancárias. Porém, importante: segundo a Receita Federal, o pagamento com essa modalidade será feito apenas para chave Pix igual ao CPF do titular da declaração.

Então, caso queira receber via Pix, o pagamento será feito na conta em que a sua chave Pix CPF está cadastrada. Você pode aproveitar para conferir se o seu CPF está cadastrado na conta Neon e, se não, fazer a portabilidade da chave Pix para cá. 😉

As opções “conta bancária”, “conta poupança” e “conta de pagamento” continuam valendo normalmente.

7. Houve mudança na tabela de cobrança do Imposto de Renda?

Não e não há previsão para qualquer alteração ser feita — lembrando que a tabela é a mesma desde 2015.

A tabela permanece assim:

Faixa Base de cálculo (rendimento anual) Base de cálculo (rendimento mensal) Alíquota Parcela a deduzir do IRPF
1ª faixa Até R$ 22.847,76 Até R$ 1.903,98
2ª faixa De R$ 22.847,77 até R$ 33.919,80 De R$ 1.903,99 até R$ 2.826,65 7,5% R$ 1.713,58
3ª faixa De R$ 33.919,81 até R$ 45.012,60 De R$ 2.826,66 até R$ 3.751,05 15% R$ 4.257,57
4ª faixa De R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16 De R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 22,5% R$ 7.633,51
5ª faixa Acima de R$ 55.976,16 Acima de R$ 4.664,68 27,5% R$ 10.432,32

De qualquer forma, a alíquota é calculada automaticamente ao término do preenchimento da declaração.

Quer saber mais? Preparamos um guia com as respostas para as dúvidas frequentes em relação à declaração de Imposto de Renda. Confira.

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Conheça a Neon e todos os produtos que esperam por você aqui.