Saiba qual a diferença entre conta corrente e poupança

Quer abrir conta em banco e está na dúvida sobre a diferença entre conta corrente e poupança? Descubra agora e veja dicas para seu dinheiro
6 minutos de leitura
6 minutos de leitura
Mão segurando moeda de um real em frente a porquinho

Entender a diferença entre conta corrente e poupança ajuda você a decidir qual conta abrir em um banco. As duas modalidades têm particularidades quanto a objetivos, taxas cobradas e existência ou não de rendimento automático.

Precisa iniciar um relacionamento com uma instituição financeira ou trocar de banco? Não abra sua conta antes de ler este texto até o final.

Além da diferença entre conta corrente e poupança, vamos explicar quando escolher cada uma dessas opções.

Qual a diferença entre conta corrente e poupança?

A principal diferença entre conta corrente e poupança é que a conta corrente pode ser usada para movimentação diária de valores, enquanto a poupança serve para reserva de dinheiro.

O que é conta corrente?

A tradicional conta bancária possui diferentes opções de pacotes de serviços com funções específicas e taxas diferenciadas.

Entre os itens mais comuns, estão:

  • Sacar ou depositar dinheiro;
  • Usar cartão para saque, débito ou crédito;
  • Pagar contas;
  • Fazer aplicações financeiras;
  • Realizar transferências bancárias.

Mensalmente, os bancos cobram uma taxa de manutenção da conta corrente, que varia justamente de acordo com os serviços contratados pelo correntista, como é chamado o titular.

Para que serve a conta corrente?

Como explicamos antes, a diferença entre conta corrente e poupança é que a primeira serve para fazer movimentações financeiras no dia a dia.

Isso pode acontecer de diferentes formas.

Por exemplo, quando você:

  • Almoça no self-service perto do trabalho e faz o pagamento via débito na maquininha;
  • Devolve o dinheiro que pegou emprestado com um amigo transferindo para ele via Pix;
  • Compra um pacote de streaming para assistir à série do momento e escolhe pagar com débito automático;
  • Paga mensalmente a conta de luz da sua casa por boleto bancário.

Todas essas movimentações financeiras podem ser acompanhadas pelo extrato da sua conta corrente, pois é de lá que sai o dinheiro para realizar os pagamentos.

O que é poupança?

A poupança é um tipo de conta bancária feita para quem quer guardar dinheiro, seja para uma reserva de emergência ou qualquer outro objetivo.

Nessa modalidade de aplicação de renda fixa, o dinheiro fica “parado” por tempo indeterminado, rendendo de acordo com a Selic, taxa de juros básica do Brasil.

Diferentemente da conta corrente, na poupança não há cobrança de taxa para sua manutenção.

Para que serve a poupança?

Muitas pessoas utilizam a poupança como uma forma acessível de guardar dinheiro para a realização de sonhos e metas, já que a abertura de uma conta nessa modalidade é 100% gratuita e não há taxas.

Essa é uma das principais diferenças entre conta corrente e poupança.

Veja alguns usos comuns para esse tipo de conta:

Banner retangular mencionando o CDB Neon que rende até o dobro da poupança

Quando usar a conta corrente e quando usar a poupança?

Ao observar os exemplos citados ao explicar para que servem conta corrente e poupança, você já tem uma ideia de quando usar cada uma das modalidades. Para não restar dúvidas, vamos imaginar que você queira, por exemplo, fazer uma viagem.

Seu salário é de R$ 4 mil, que caem diretamente na sua conta corrente, e você pretende poupar 20% dele para realizar seu sonho.

Todos os meses, então, você direciona R$ 800 para a conta poupança — é nela que o dinheiro será guardado como uma reserva de emergência para a viagem.

Até chegar o dia de embarcar, você segue usando sua conta corrente normalmente, para pagamento de contas e movimentações financeiras do dia a dia, comer em restaurante, comprar pão na padaria, fazer supermercado, sair com amigos, etc.

Para manter o foco no objetivo, você acompanha o rendimento dos valores mensalmente.

Os rendimentos na poupança consideram as “datas de aniversário” de cada depósito, ou seja, os dias em que você realiza cada aporte.

Isso significa que, se você depositou R$ 800 na poupança no dia 5 de janeiro, o rendimento será contabilizado apenas no dia 5 de fevereiro, e assim sucessivamente.

Caso o dinheiro seja retirado da poupança antes da “data de aniversário”, você perde o rendimento daquela aplicação.

Com disciplina e planejamento, você segue aplicando na poupança e movimentando dinheiro na conta corrente.

Observe como é possível utilizar as duas modalidades ao mesmo tempo. Inclusive, durante a viagem, os gastos que você fizer no cartão de débito serão descontados justamente da conta corrente.

Como transferir dinheiro da conta corrente para a poupança?

Em relação à instituição financeira, não há diferença entre conta corrente e poupança. Em ambos os casos, basta solicitar a abertura da conta conforme o perfil escolhido.

Se a poupança ativa for do mesmo banco da conta corrente, a transferência de valores é extremamente simples.

Basta acessar o aplicativo e seguir o passo a passo — o dinheiro entra na mesma hora.

Quando a poupança é de um banco diferente da conta corrente, é necessário realizar uma transferência por Pix, TED ou DOC.

Enquanto o Pix entra na mesma hora, nos outros casos, o valor será contabilizado dentro dos prazos estabelecidos pela instituição financeira.

Vale a pena guardar dinheiro na poupança?

Guardar dinheiro pode ser útil por diferentes razões, como vimos até aqui. Vale a pena para alcançar pequenas metas financeiras e para desenvolver o hábito de poupar.

No entanto, ver esse tipo de conta como investimento pode não ser o ideal, dependendo dos seus objetivos.

A poupança é um tipo de aplicação de baixo risco e com alta liquidez, ou seja, você pode sacar os valores a qualquer momento.

Contudo, seu rendimento mensal é muito pequeno se comparado a outros produtos financeiros, inclusive de renda fixa, como o CDB (Certificado de Depósito Bancário).

Acontece que muitas pessoas mantêm suas reservas financeiras na poupança por medo de perder dinheiro, mas todos os investimentos em renda fixa são cobertos pelo FGC (Fundo Garantidor de Créditos), um mecanismo que serve para proteger os investidores.

Quais as melhores alternativas à poupança?

Agora que você sabe a diferença entre conta corrente e poupança e entende que ela não oferece uma rentabilidade muito atrativa, deve ter percebido que não faltam motivos para buscar uma alternativa.

Então, chegou a hora de conhecer outras formas de investimento mais rentáveis e igualmente seguras:

  • CDB: você empresta o seu dinheiro para o banco para que ele possa funcionar normalmente e, em troca, a instituição financeira devolve esse valor corrigido com juros;
  • Tesouro Direto: é possível comprar títulos públicos do governo federal, podendo o rendimento considerar juros fixos (prefixado), atrelado à Selic (pós-fixado) ou combinando a variação da inflação com taxa de juros prefixada (Tesouro IPCA);
  • Fundos de investimento: você compra cotas de uma carteira de investimentos pronta e tem direito à rentabilidade alcançada (proporcional ao valor aplicado).

Com todo esse conhecimento, chegou a hora de usar a criatividade para mudar sua vida financeira, poupar dinheiro e alcançar as metas estabelecidas.

Uma dica é dividir seus objetivos por trimestre, fixando valores mensais a serem cumpridos. Outro ponto a ser considerado antes de investir o seu dinheiro é a necessidade de ter uma reserva de emergência.

Ela serve para resguardar você em momentos de incerteza financeira (perda da fonte de renda, gastos inesperados com carro ou casa, entre outros).

São muitas opções de investimento, não é mesmo?

Vale lembrar que suas escolhas devem estar alinhadas ao seu perfil de investidor, atentando também para o quão seguro e confiável é o banco envolvido.

Se a sua intenção é garantir boa rentabilidade com aplicações protegidas, vale a pena conferir as vantagens do CDB Neon! 

Conheça o CDB Neon

É simples assim: com o próprio aplicativo da conta digital Neon, você realiza investimentos seguros e confiáveis em CDB com retorno de até 113% do CDI

Você não precisa investir grandes quantias, pois o valor mínimo é de apenas R$ 1.

Além disso, a vantagem é que a liquidez é diária, o que significa que você pode resgatar seu dinheiro a qualquer momento.

E vale lembrar que suas aplicações no CDB Neon também podem ser feitas por meio do Viracrédito Neon. Com o Viracrédito, você amplia seu limite de crédito no mesmo valor do investimento.

Ou seja, a cada R$ 10 aplicado, você aumenta R$ 10 no seu limite do cartão!

Banner com CTA para Viracrédito Neon

Viu só? A conta digital Neon é fácil de usar e garante muitos benefícios para suas finanças pessoais.

Venha para a Neon e garanta o melhor rendimento para o seu dinheiro!

O propósito da Neon é diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante. A educação financeira é um dos principais pilares para fazer isso acontecer, por isso estamos aqui para te acompanhar em sua jornada com as finanças.

Este artigo foi útil?

Dê sua nota e comente abaixo

Média da classificação 4.4 / 5. Número de votos: 15

Seja o primeiro a avaliar este post.

Tags:
Time Neon
Time Neon
Um time de pessoas dedicadas a diminuir desigualdades, mostrando caminhos financeiros mais simples e justos, porque todos merecem um futuro brilhante.

Você também pode se interessar

NEON LOGO
Minutos
Segundos